Domingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Abate de bovinos aumenta 5,5% e interrompe sequência de quedas


 
Thaís Leitão 
Agência Brasil
 

O abate de bovinos aumentou 5,5% no segundo trimestre deste ano em relação ao trimestre anterior. O resultado interrompe uma sequência de quedas observadas desde o terceiro trimestre do ano passado. Ao todo foram abatidos, entre os meses de abril e junho de 2009, 6,844 milhões de cabeças de gado. Na comparação com o mesmo trimestre de 2008, no entanto, houve queda de 10,2%.

Os dados fazem parte da Pesquisa Trimestral do Abate de Animais, divulgada hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O levantamento aponta que a melhora no desempenho de abate de bovinos pode representar o início de uma reversão de ritmo de baixa, mas destaca que “os grandes frigoríficos ainda estão tendo que equilibrar seus custos à nova realidade, ajustando suas escalas de produção, que trabalham num cenário ainda de baixa, impossibilitando a recuperação das recentes demissões ocorridas no setor”.

O estado de Mato Grosso continua sendo apontado como principal produtor nacional, respondendo por 13,6% de todo o abate no país. Em seguida, aparecem São Paulo (13,3%), Mato Grosso do Sul (12,2%) e Goiás (9,2%).

A exportação de carne bovina no segundo trimestre do ano teve expansão de 22,1% em volume e de 31,2% em faturamento na comparação com o trimestre anterior. De acordo com o estudo, o resultado foi suavizado pela “brusca queda da taxa de câmbio durante o período que variou em seus extremos cerca de 15%”. Já em relação ao mesmo período de 2008, houve queda de 7,2% no volume comercializado e de 24,2% no faturamento.

Ainda segundo o documento divulgado pelo IBGE, o abate de frangos caiu 2,4% no segundo trimestre se comparado ao trimestre anterior. Em relação ao período que vai de abril a junho de 2008, houve elevação de 3,8%. No primeiro trimestre deste ano, foram abatidas 1,168 bilhão de unidades de frango.

A atividade teve maior expressão na Região Sul (60,1%): o Paraná foi o estado que respondeu pelo maior volume de abate (26,5%).

As exportações de carne de frango tiveram aumento de 16,1% em volume e de 28,0% em faturamento quando comparadas ao trimestre anterior.

O estudo revela, ainda, que o abate de suínos teve variações positivas tanto entre os dois primeiros trimestres (4,6%), como na comparação com o trimestre anterior (3,6%), totalizando 7,588 milhões de unidades.

A atividade ficou concentrada na Região Sul (67,4%), principalmente em Santa Catarina (27,9%). A comercialização externa de carne suína aumentou 20,9% em volume, em relação ao primeiro trimestre do ano, e de 14,6% no faturamento.

Os dados relativos à captação e industrialização do leite revelam que os estabelecimentos industriais adquiriram 4,285 bilhões de litros no segundo trimestre de 2009. Esse resultado mostra queda de 8,7% em relação ao mesmo período de 2008, e de 13,6% em relação ao trimestre anterior. Minas Gerais foi o estado com maior volume de aquisição (26,4% do total).

A produção de ovos de galinha somou 580,832 milhões de dúzias. Houve aumento de 2,2% em relação ao mesmo período do ano passado e estabilidade na comparação com o trimestre anterior. São Paulo se mantém na liderança da produção nacional, tendo sido responsável por 31,3% do total.

Por último, o estudo revela que houve queda de 18,5% na aquisição do couro cru bovino na comparação com o mesmo período de 2008. Já em relação ao trimestre imediatamente anterior foi registrado aumento de 5,7%. A atividade totalizou 8,139 milhões de unidades entre os meses de abril e junho. São Paulo liderou o ranking nacional de comprador de couro, ficando com 19,9% do total.

Gente de OpiniãoDomingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Domingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)