Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

A classe média vai à Bovespa


Patrica Eloy - Agência O Globo RIO - Nos últimos meses, a Bolsa de Valores, ganhou status de mais novo símbolo da estabilização conquistada no rastro do Plano Real. Com a queda no rendimento das aplicações conservadoras e ancoradas na taxa de juros, a classe média brasileira busca cada vez mais as ações como alternativa para ganhar dinheiro. Nunca se viu tanto investidor pessoa física na Bovespa. Existem hoje 243 mil investidores pessoa física na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), um salto de 56% em relação ao começo do ano de 2006. No mesmo período, os juros básicos da economia caíram de 17,25% para os atuais 12,5% ao ano. Nesse período, surgiram 87,9 mil novos investidores da Bolsa, o que equivale a dizer que o mercado ganha cerca de 180 novos acionistas por dia. Cada um deles movimenta em média $ 8,4 mil em cada negócio de compra e venda de ações, de acordo com Ricardo Pinto Nogueira, superintendente da Bovespa. No fim de 2002, o total de aplicadores na Bolsa somava 85,24 mil. O número de investidores praticamente triplicou nos últimos quatro anos e meio. E, segundo analistas, este volume só tende a crescer, embora, em níveis globais, o Brasil ainda ostente o título de país com a maior taxa real de juros (descontada a inflação), em torno de 8%.

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de