Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

28º Congresso Nacional de Laticínios tem presença de RO



Teve início, na terça-feira, 12, a programação que integra o 28º Congresso Nacional de Laticínios (CNL) em Juiz de Fora. A abertura do Congresso Científico, realizada na parte da manhã, no Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT) da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) contou com as presenças do secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento. Este ano, os congressistas discutem o tema “Qualificação: fator determinante para o sucesso do setor laticinista”, com participação do público em 15 palestras e seis minicursos. São cerca de 300 participantes, entre pesquisadores, professores e estudantes de universidades e de cursos técnicos, além de profissionais das indústrias do setor lácteo. O secretário Elmiro Nascimento e o presidente da EPAMIG, empresa de pesquisa do Estado, Antônio Lima Bandeira, também participaram da abertura do Fórum das Américas: leite e derivados, organizado pela Embrapa, que pelo terceiro ano integra a programação do CNL. O presidente da EPAMIG moderou o painel “situação atual e perspectivas da produção de leite na China e no Brasil” que contou com a participação de missão de 21 chineses.

Eventos no Expominas

A 28ª edição do Congresso Nacional de Laticínios está sendo realizada no Expominas Juiz de Fora e nas dependências do ILCT até quinta-feira, 14. O evento é tradicional no setor de laticínios e considerado o maior do Brasil em difusão de tecnologias sobre leite e derivados, além de referência na América Latina como fórum para apresentação de pesquisas e desenvolvimento de lácteos. O Congresso reúne os principais especialistas do Brasil e do exterior, grandes e pequenos laticínios do país e abre espaço para o lançamento de novos produtos e tecnologias ao mercado consumidor.  A 39ª Exposição de Máquinas, Equipamentos, Embalagens e Insumos para a Indústria Laticinista (Expomaq) e a 38ª Exposição de Produtos Lácteos (Expolac) também foram abertas ontem, no Expominas Juiz de Fora. Participam 124 empresas do Brasil e do exterior. Dentre as novidades, os visitantes podem conhecer equipamento que verifica fraudes no leite por adição de água e/ou uso de reconstituintes. O equipamento explora o monitoramento de propriedades físicas alternativas. É portátil, leve e de simples utilização. A Expomaq apresenta também diversas tecnologias em embalagens, envase, fabricação em pequena escala. De acordo com o coordenador da Expomaq, Mairon Mesquita, a expectativa é superar o público registrado em 2010, de 16 mil pessoas, e também o volume de negócios gerados, que na edição anterior foram R$ 140 milhões.

Na Expolac, as indústrias antecipam as novidades que serão apresentadas ao mercado consumidor, através de produtos inovadores. Este ano, estão expostos cerca de 800 produtos lácteos, entre queijos, doces, manteigas, iogurtes e bebidas lácteas.  Também nessa terça-feira, os 30 juízes do 38º Concurso Nacional de Produtos Lácteos iniciaram as atividades. Das onze categorias inscritas, foram avaliados Destaque especial, Parmesão, Requeijão, Reino e Provolone. Participam 63 laticínios dos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rondônia, Pernambuco, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Bahia, Pará e Rio de Janeiro, além de Minas Gerais. Na manhã desta quarta-feira no ILCT, os juízes irão avaliar as categorias Minas padrão, Manteiga, Gorgonzola, Gouda, Prato e Doce de leite. Os vencedores serão anunciados no dia 14, durante o encerramento do Congresso.

Participam dos eventos os deputados estaduais Luiz Cláudio Alves Pereira, Lorival Amorim, o adjunto da Emater, Francisco Mendes de Sá Barreto Coutinho, o Chiquinho, bem como o coordenador da cadeia de leite da Embrapa, Paulo Moreira, o criador e tesoureiro da Fecomércio/RO, José Ramalho, Pedro Petterli, industrial de Lacticinios e representante da Fiero e inúmeros outros empresários e criadores de todo o Estado apoiados pelo técnico do Sebrae do setor, Alberto Ferreira Saavedra, que organizou a caravana para participação ativa do Estado. Durante a tarde de 13 de julho seis membros participaram de uma rodada de negócios para estabelecer contato com a delegação chinesa e abrir a possibilidade de uma cooperação técnica com Rondônia.

Fonté: Sílvio Persivo
 

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)