Porto Velho (RO) segunda-feira, 27 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

‘Saga Beradera’ encerra temporada com teatro lotado



No início desta semana, a “Saga Beradera” – da Beradera Companhia de Teatro - foi apresentada no auditório Paulo Freire do campus da Universidade Federal de Rondônia (Unir), em Porto Velho, encerrando uma temporada que percorreu escolas públicas, comunidades ribeirinhas, teatros e, também, o ambiente acadêmico, contando a emocionante saga dos moradores do Distrito de Nazaré, no Baixo Madeira, para manter viva a sua história, cultura e costumes após a localidade ser devastada pela cheia histórica do Rio Madeira em 2014.‘Saga Beradera’ encerra temporada com teatro lotado  - Gente de Opinião

Na última sexta-feira (11) a peça foi apresentada no Teatro Guaporé lotado, como convidada do Festival Palco Giratório do Sesc.

Foram cerca de 10 apresentações, entre Porto Velho, a própria comunidade que inspirou o espetáculo e Candeias do Jamari, levando aos mais diversos públicos um pouco dos costumes e da cultura de Nazaré, sob a perspectiva de quem nasceu e foi criado na região, e também do olhar preconceituoso de “‘quem vem de fora” e não conhece a realidade local. Fruto de um trabalho de pesquisa e imersão no universo ribeirinho, o espetáculo emocionou o público por onde passou.

“O espetáculo Saga Beradera vem para quebrar o paradigma preconceituoso, principalmente, de quem vive na cidade com relação ao nosso povo beradero. Deixa o espaço para reflexão de todas as classe sociais e, também, das autoridades”, diz Timaia Nunes, morador da comunidade e importante fomentador da cultura no local, junto com sua família.

Para Rodrigo Vrech, autor e diretor do espetáculo, se inserir no universo da comunidade e levar essa história ao público em geral trouxe um grande aprendizado a companhia de teatro. “Que a gente possa, de fato, contribuir com a comunidade, com o Instituto Minhas Raízes e com a valorização da identidade ribeirinha”, diz o diretor.

Em Saga Beradera, Neto (Cláudio Zarco), que nasceu em Nazaré, mas vive em São Paulo com esposa paulista Urbana (Andressa Silva), retorna ao distrito na tentativa de levar o avô dali, seu Arigó (Elizeu Braga), após ficar dois meses sem conseguir contato com ele devido à cheia histórica de 2014.

Urbana traz o olhar preconceituoso sobre o ribeirinho, já Neto se vê dividido entre o encantamento pela agitação e grandiosidade de São Paulo e a tranquilidade e simplicidade do local onde nasceu, enquanto seu Arigó, um nato contador de histórias, está decidido a ser enterrado no lugar que o acolheu a maior parte da vida.

Além dos atores, o elenco também é composto pelos músicos do grupo Minhas Raízes, responsável pela trilha sonora do espetáculo: Tailene Martins, Tanisson Passos, Thaís Passos e Thalysson Passos.

Saga Beradera foi contemplada com o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2014, do Ministério da Cultura, e teve todas as suas apresentações gratuitas.

Fonte: Folk Produções / Foto: Luana Lopes

 

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio