Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Jaqueline Cassol e Amado Rahal debatem Medicina e Trânsito na São Lucas


Com as palestras sobre Residência Médica em Rondônia, pelos médicos Sandro Silva e Renato Roriz, Relato de Caso com o médico cirurgião Milton Moreira, e palestra especial com os Doutores da Alegria a Faculdade São Lucas encerrou na última sexta-feira a II Semana Acadêmica do Curso de Medicina da instituição.

Na última quinta-feira a diretora geral do Detran Jaqueline Cassol de Souza e diretor geral do Hospital de Base, médico Amado Rahal participaram do evento abordando através de palestra e mesa redonda, questões relativas ao tema Medicina e Trânsito, suas conseqüências e custo hospitalar para o Sistema Único de Saúde.

Na oportunidade a diretora do Detran explicou aos alunos e profissionais o trabalho desenvolvido pela Coordenadoria de Educação de Trânsito do Detran ao longo dos últimos anos no intuito de contribuir para redução dos acidentes no Estado através de palestras educativas em todos os municípios na semana dos pais, Semana Nacional de Trânsito, Semana das Crianças e Natal.

Jaqueline Cassol destacou que há três anos o Departamento não dispõem do processo de publicidade, o que impede o órgão de desenvolver um trabalho mais amplo por meio dos veículos de comunicação de massa atingindo assim um universo muito maior de pessoas. "Mas o Detran vem fazendo a sua parte através de um trabalho de corpo a corpo através de palestras onde até agora atingimos mais de 194 mil pessoas", informou Jaqueline Cassol. Na palestra foram mostrados diversos vídeos de acidentes de trânsito e relatos de pessoas que ficaram com seqüelas para o resto da vida.

Em Porto Velho somente no primeiro semestre foram 58 pessoas mortas vítimas de acidentes de trânsito contra 90 no ano passado e 80 no ano de 2004.

O diretor do Hospital de Base, Amado Rahal ressaltou que a irresponsabilidade no trânsito acaba com muitos sonhos e projetos de vida. Em Rondônia, segundo Rahal os veículos sobre duas rodas, motos e bicicletas são a maioria que aliadoa imprudência e ao pouco investimento do governo federal e do próprio município na manutenção das BRs e avenidas contribuem para os altos índices de acidentes no trânsito.

Amado Rahal informou que 20 a 25 pessoas são hospitalizadas diariamente vítimas de acidentes de trânsito, enquanto dez necessitam de cirurgias. Este é um dos setores que mais investimentos recebem do governo do Estado. "São 250 cirurgias por mês equivalente a 8 cirurgias por dia, de segunda a segunda no Hospital de Base", concluiu o diretor ao salientar os altos custos para o Estado com afastamento do acidentado do trabalho, INSS, entre outros.

Mais Sobre Cultura

Escola Municipal Jorge Andrade promove Mostra de Música no teatro Banzeiros

Escola Municipal Jorge Andrade promove Mostra de Música no teatro Banzeiros

Última apresentação será na noite desta quarta-feira, 14, com a participação de mais de 300 alunosA Escola Municipal Jorge Andrade encerra nesta qu

A atividade busca despertar nas crianças a criatividade e senso crítico

A atividade busca despertar nas crianças a criatividade e senso crítico

A arte tem papel fundamental na educação, e por isso vem sendo trabalhada desde cedo em toda a rede municipal de Porto Velho, através de diversos pr

Construção de personagens é debatida no Festival da Arte e Cultura da Uni

Construção de personagens é debatida no Festival da Arte e Cultura da Uni

O evento se realizará no Espaço Urucum, no campus da Universidade Federal de Rondônia