Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Jaqueline Cassol e Amado Rahal debatem Medicina e Trânsito na São Lucas


Com as palestras sobre Residência Médica em Rondônia, pelos médicos Sandro Silva e Renato Roriz, Relato de Caso com o médico cirurgião Milton Moreira, e palestra especial com os Doutores da Alegria a Faculdade São Lucas encerrou na última sexta-feira a II Semana Acadêmica do Curso de Medicina da instituição.

Na última quinta-feira a diretora geral do Detran Jaqueline Cassol de Souza e diretor geral do Hospital de Base, médico Amado Rahal participaram do evento abordando através de palestra e mesa redonda, questões relativas ao tema Medicina e Trânsito, suas conseqüências e custo hospitalar para o Sistema Único de Saúde.

Na oportunidade a diretora do Detran explicou aos alunos e profissionais o trabalho desenvolvido pela Coordenadoria de Educação de Trânsito do Detran ao longo dos últimos anos no intuito de contribuir para redução dos acidentes no Estado através de palestras educativas em todos os municípios na semana dos pais, Semana Nacional de Trânsito, Semana das Crianças e Natal.

Jaqueline Cassol destacou que há três anos o Departamento não dispõem do processo de publicidade, o que impede o órgão de desenvolver um trabalho mais amplo por meio dos veículos de comunicação de massa atingindo assim um universo muito maior de pessoas. "Mas o Detran vem fazendo a sua parte através de um trabalho de corpo a corpo através de palestras onde até agora atingimos mais de 194 mil pessoas", informou Jaqueline Cassol. Na palestra foram mostrados diversos vídeos de acidentes de trânsito e relatos de pessoas que ficaram com seqüelas para o resto da vida.

Em Porto Velho somente no primeiro semestre foram 58 pessoas mortas vítimas de acidentes de trânsito contra 90 no ano passado e 80 no ano de 2004.

O diretor do Hospital de Base, Amado Rahal ressaltou que a irresponsabilidade no trânsito acaba com muitos sonhos e projetos de vida. Em Rondônia, segundo Rahal os veículos sobre duas rodas, motos e bicicletas são a maioria que aliadoa imprudência e ao pouco investimento do governo federal e do próprio município na manutenção das BRs e avenidas contribuem para os altos índices de acidentes no trânsito.

Amado Rahal informou que 20 a 25 pessoas são hospitalizadas diariamente vítimas de acidentes de trânsito, enquanto dez necessitam de cirurgias. Este é um dos setores que mais investimentos recebem do governo do Estado. "São 250 cirurgias por mês equivalente a 8 cirurgias por dia, de segunda a segunda no Hospital de Base", concluiu o diretor ao salientar os altos custos para o Estado com afastamento do acidentado do trabalho, INSS, entre outros.

Mais Sobre Cultura

Forte Príncipe da Beira está entre as 18 fortificações brasileiras candidatas a patrimônio da humanidade reconhecido pela Unesco

Forte Príncipe da Beira está entre as 18 fortificações brasileiras candidatas a patrimônio da humanidade reconhecido pela Unesco

 Nos dias 9 e 10 de julho uma equipe técnica do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Brasília fará uma visita ao Forte Pr

O ZÉ E O SALÁRIO MÍNIMO - Por Humberto Pinho da Silva

Não sei se já vos falei do Zé. Conheci-o desde menino, dos bancos do liceu.

Escritora lança livro que conta a história dos bairros de Porto Velho

Escritora lança livro que conta a história dos bairros de Porto Velho

O lançamento do livro contou com o apoio da Prefeitura

Funcultural realiza o Som Livre

Funcultural realiza o Som Livre

De acordo com o presidente da Funcultural, Fernando Ocampo, o Som Livre será realizado quinzenalmente, de forma itinerante, em vários espaços da cidad