Porto Velho (RO) terça-feira, 23 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Cultura

Guajará-Mirim: As novas personagens do Flor do Campo



O boi vermelho do bairro Tamandaré acredita nas mudanças para recuperar o título 

Guajará-Mirim: As novas personagens do Flor do Campo  - Gente de Opinião



O Boi-Bumbá Flor do Campo um dos protagonistas do “Duelo da Fronteira”, que acontece todos os anos durante o Festival Folclórico de Guajará-Mirim, também conhecido como Fefopem, promoveu uma mudança radical em seu quadro de personagens. Das rainhas da Maruja a Cunha Poranga, passando pelo levantador de toada e até por alguns setores de sua diretoria, praticamente todas foram substituídas. De acordo com a presidente do bumbá vermelho do bairro Tamandaré, as mudanças foram necessárias, uma vez que o grupo não alcançou seus objetivos em suas últimas apresentações no Festival Folclórico. “Não mudamos por mudar e sim por necessidade. Se o time estivesse ganhando, com certeza não aconteceriam mudanças”, disse dona Georgina. 

Para defender o tema “Rondônia, Mitos e Lendas” nos dias 7, 8 e 9 de agosto, o Flor do Campo vai contar as novas personagens eleitas durante evento que aconteceu no mês passado. 

A novas personagens do bumbá da dona Georgina e do seu Mário são: Cunhã Poranga Polyana Lataliza, Porta Estandarte Rayla Mota, Sinhazinha da Fazenda Ana Paula, Levantador de Toadas Sandro Menacho, Pajé (que é o mesmo do Diamante Negro de Porto Velho). Desde o festival passado o Mestre da Marajuda é o Celestino e o apresentador o Ricardo. 

“A Rainha do folclore será escolhida numa festa que vamos realizar no próximo sábado dia 30 de maio”, disse o apresentador Ricardo. 

“Outra conquista do novo Flor do Campo foi a o ingresso do casal Silvio e Rosângela que vieram do boi contrário somar no nosso grupo” confirmou Georgina. 

O artesão Edinard e sua equipe Kaçawerê foi novamente contratado, para criar e confeccionar os cenários do tema “Rondônia, Mitos e Lendas” enquanto o ex-levantador de toadas Beto do Cavaco permanece no grupo apenas como compositor das toadas. “A toada tema é de minha autoria”, garante Beto do Cavaco. 

De acordo com a presidente do grupo folclorista Georgina. “No ano de inauguração do bumbódromo de guajará vamos em busca do título que vai entrar para a história do festival”, finalizou. 

Fonte: Sílvio Santos

Mais Sobre Cultura

Wankabuki lança campanha de financiamento coletivo

Wankabuki lança campanha de financiamento coletivo

O Grupo de Teatro Wankabuki, sediado no município de Vilhena (RO), lançou através da plataforma Catarse, uma nova campanha de financiamento coletivo p

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

Wankabuki apresenta peça “À Margem” em três cidades de Rondônia

O Grupo de Teatro Wankabuki, de Vilhena (RO), realizará entre os dias 17 e 26 de outubro uma série de apresentações da peça “À Margem” nos municípios