Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Flor do Maracujá movimenta Porto Velho; governador destaca resgate da festa voltada à população


Atrações deram um show na primeira noite do evento - Gente de Opinião
Atrações deram um show na primeira noite do evento

O Governo do Estado de Rondônia, por meio da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), com apoio da Prefeitura de Porto Velho, está em dias de festa com o 38ª Arraial Flor do Maracujá, em Porto Velho. A maior festa junina da Região Norte reuniu no primeiro dia (sexta-feira, 26) cerca de oito mil festejantes.

O Arraial tem o principal objetivo de fomentar a cultura local e regional, através de apresentações artísticas, como quadrilhas e bois-bumbás e oferecer ampla gastronomia, gerando fonte de renda direta e indireta para os portovelhenses e visitantes.

Nesse ano, a festa popular foi possível com fomento por meio de emendas parlamentares, como a conquista da deputada estadual Mariana Carvalho (R$ 200 mil), investimento através do gabinete do deputado estadual Eyder Brasil (R$ 160 mil) e apoio do deputado estadual Jhony Paixão.

A primeira edição do arraial aconteceu em 1983 e até hoje mantém a tradição da festa folclórica junina com apresentações de grupos da região. A festa, que antes acontecia nas escolas, praças, ruas, quintais e outros locais menores, desde 2015 acontece no Parque dos Tanques, na capital.

O abertura do grande festejo contou com a participação do governador do Estado, coronel Marcos Rocha, e sua família, que juntamente com sua equipe circularam pela festa, conhecendo as barracas e conversando com o público. A ocasião ainda permitiu um momento de homenagens aos fomentadores da cultura rondoniense, que receberam certificados e estatuetas de um potrinho, confeccionadas por uma artesã de Pimenta Bueno.

Durante a cerimônia de abertura na arena de apresentações do Flor do Maracujá, o governador e todos os parceiros do evento manifestaram alegria e gratidão pela realização e resgate da grande festa folclórica, com a possibilidade de promover a cultura popular fiel à comunidade. “Durante a campanha eu falava que seria um governo voltado para o povo, temos buscado isso todos os dias, apesar das dificuldades. Precisamos fazer com que o Flor do Maracujá, e outras festas folclóricas do nosso Estado, sejam de verdade acessíveis à população. Todos estão trabalhando, ganhando seu dinheiro justo, e sem precisar explorar a nossa população. Que haja somente festa, nesse momento declaro aberta a 38ª edição da nossa festa, Arraial Flor do Maracujá”.

O superintendente da Sejucel, Jobson Bandeira, destacou a apresentação de abertura com a banda amazonense Canto da Mata, uma das atrações que fazem parte da programação diferenciada para os 10 dias de festa.  “Uma das nossas ações é dar uma nova cara ao Flor do Maracujá, com atrações diferentes. Com a nova gestão, o que temos pra falar é que a festa é de vocês. Vamos trabalhar para que todas as festas culturais de Rondônia sejam para a população”, agradeceu também na oportunidade aos parceiros que permitem o crescimento da cultura.

O trabalho da Sejucel foi ressaltado pelo deputado estadual Eyder Brasil, que parabenizou Marcos Rocha e toda a estrutura governamental. “Quem ganha com isso é a cultura de Rondônia, fico muito honrado de fazer parte desse momento histórico de mudança”, disse.

O deputado estadual Léo Moraes falou sobre os desafios para alcançar a maturidade de um evento tão grandioso, com o objetivo de acontecer dentro do calendário junino, “para que a gente consiga segurar sempre recursos pra expressão máxima da nossa identidade, do nosso pertencimento, das raízes dessa terra. O flor do Maracujá é a maior festa de São João da região Norte do nosso Brasil”.

Banda Canto da Mata foi a primeira grande atração do maior arraial da Região Norte. - Gente de Opinião
Banda Canto da Mata foi a primeira grande atração do maior arraial da Região Norte.

Mais Sobre Cultura

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

Liga sai em defesa dos blocos carnavalescos de trio elétrico de Porto Velho

O presidente da Liga dos Blocos Carnavalescos de Porto Velho Mavignier Ferro falou na manhã desta quarta-feira sobre a intenção de alguns ativistas cu

Mado apresenta a poesia do poeta Dadá no Mercado Cultural

Mado apresenta a poesia do poeta Dadá no Mercado Cultural

O poeta e ator Carlos Macedo, o Mado, apresentará, numa livre interpretação, poesias do livro ‘Sobra das Noites’ do poeta Adaides Batista, o Dadá. O e

Cia de Artes Evolução participa do projeto  Nossa Energia

Cia de Artes Evolução participa do projeto Nossa Energia

A Cia de Artes Evolução, uma das mais atuantes companhias de teatro do estado de Rondônia, participa do projeto “Nossa Energia”, desenvolvido pela E

Cirurgião de Rondônia relata sua trajetória em livro

Cirurgião de Rondônia relata sua trajetória em livro

O médico cirurgião Paulo Gondim acaba de publicar o livro Ser Cirurgião – Missão de Vida, onde relata sua trajetória profissional ao longo de quase