Porto Velho (RO) quinta-feira, 12 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Flor do Maracujá movimenta Porto Velho; governador destaca resgate da festa voltada à população


Atrações deram um show na primeira noite do evento - Gente de Opinião
Atrações deram um show na primeira noite do evento

O Governo do Estado de Rondônia, por meio da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), com apoio da Prefeitura de Porto Velho, está em dias de festa com o 38ª Arraial Flor do Maracujá, em Porto Velho. A maior festa junina da Região Norte reuniu no primeiro dia (sexta-feira, 26) cerca de oito mil festejantes.

O Arraial tem o principal objetivo de fomentar a cultura local e regional, através de apresentações artísticas, como quadrilhas e bois-bumbás e oferecer ampla gastronomia, gerando fonte de renda direta e indireta para os portovelhenses e visitantes.

Nesse ano, a festa popular foi possível com fomento por meio de emendas parlamentares, como a conquista da deputada estadual Mariana Carvalho (R$ 200 mil), investimento através do gabinete do deputado estadual Eyder Brasil (R$ 160 mil) e apoio do deputado estadual Jhony Paixão.

A primeira edição do arraial aconteceu em 1983 e até hoje mantém a tradição da festa folclórica junina com apresentações de grupos da região. A festa, que antes acontecia nas escolas, praças, ruas, quintais e outros locais menores, desde 2015 acontece no Parque dos Tanques, na capital.

O abertura do grande festejo contou com a participação do governador do Estado, coronel Marcos Rocha, e sua família, que juntamente com sua equipe circularam pela festa, conhecendo as barracas e conversando com o público. A ocasião ainda permitiu um momento de homenagens aos fomentadores da cultura rondoniense, que receberam certificados e estatuetas de um potrinho, confeccionadas por uma artesã de Pimenta Bueno.

Durante a cerimônia de abertura na arena de apresentações do Flor do Maracujá, o governador e todos os parceiros do evento manifestaram alegria e gratidão pela realização e resgate da grande festa folclórica, com a possibilidade de promover a cultura popular fiel à comunidade. “Durante a campanha eu falava que seria um governo voltado para o povo, temos buscado isso todos os dias, apesar das dificuldades. Precisamos fazer com que o Flor do Maracujá, e outras festas folclóricas do nosso Estado, sejam de verdade acessíveis à população. Todos estão trabalhando, ganhando seu dinheiro justo, e sem precisar explorar a nossa população. Que haja somente festa, nesse momento declaro aberta a 38ª edição da nossa festa, Arraial Flor do Maracujá”.

O superintendente da Sejucel, Jobson Bandeira, destacou a apresentação de abertura com a banda amazonense Canto da Mata, uma das atrações que fazem parte da programação diferenciada para os 10 dias de festa.  “Uma das nossas ações é dar uma nova cara ao Flor do Maracujá, com atrações diferentes. Com a nova gestão, o que temos pra falar é que a festa é de vocês. Vamos trabalhar para que todas as festas culturais de Rondônia sejam para a população”, agradeceu também na oportunidade aos parceiros que permitem o crescimento da cultura.

O trabalho da Sejucel foi ressaltado pelo deputado estadual Eyder Brasil, que parabenizou Marcos Rocha e toda a estrutura governamental. “Quem ganha com isso é a cultura de Rondônia, fico muito honrado de fazer parte desse momento histórico de mudança”, disse.

O deputado estadual Léo Moraes falou sobre os desafios para alcançar a maturidade de um evento tão grandioso, com o objetivo de acontecer dentro do calendário junino, “para que a gente consiga segurar sempre recursos pra expressão máxima da nossa identidade, do nosso pertencimento, das raízes dessa terra. O flor do Maracujá é a maior festa de São João da região Norte do nosso Brasil”.

Banda Canto da Mata foi a primeira grande atração do maior arraial da Região Norte. - Gente de Opinião
Banda Canto da Mata foi a primeira grande atração do maior arraial da Região Norte.

Mais Sobre Cultura

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio

Alunos do 4° ano da escola Ensina-me a Viver visitam exposição interativa na Fundação Cultural de Vilhena

Alunos do 4° ano da escola Ensina-me a Viver visitam exposição interativa na Fundação Cultural de Vilhena

Os alunos da escola Ensina-me a Viver tiveram uma manhã bem diferente na última quinta-feira, na Fundação Cultural de Vilhena (FCV). Curiosos, os pequ

Sandra Castiel lança novo livro

Sandra Castiel lança novo livro

A professora Sandra Castiel, que é membro da Academia de Letras de Rondônia (Acler), lança mais uma obra literária de sua lavra: Amor e Dor – contos

Em trabalho inédito, Fundação Cultural inicia visita em todas as aldeias indígenas de Vilhena para registro fotográfico da Arte e Cultura de povos locais

Em trabalho inédito, Fundação Cultural inicia visita em todas as aldeias indígenas de Vilhena para registro fotográfico da Arte e Cultura de povos locais

Pela primeira vez a Prefeitura de Vilhena irá percorrer todas as aldeias indígenas de Vilhena com o intuito de registrar a produção de Arte e Cultura