Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Cultura

Estudantes indígenas de 25 etnias do Estado participam da Mostra Cultural, nos dias 18 e 19 de abril


Em 2024, 98 estudantes de 25 etnias, matriculados em escolas da Rede Estadual  de Ensino se inscreveram para se apresentar na Mostra Estudantil  - Gente de Opinião
Em 2024, 98 estudantes de 25 etnias, matriculados em escolas da Rede Estadual de Ensino se inscreveram para se apresentar na Mostra Estudantil

Com o objetivo difundir as artes no contexto escolar, proporcionando o intercâmbio entre alunos e artistas indígenas da Rede Pública Estadual de Ensino, nas diversas linguagens da área. O Governo de Rondônia realiza nos dias 18 e 19 de abril, a Mostra Estudantil de Arte e Cultura Indígena (Maloca), no Teatro Guaporé, em Porto Velho.

A ação, executada pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) está aberta ao público e vai contar com apresentações artísticas nos segmentos de música; dança, fotografia, cinema e exposição de artes visuais. Neste ano, 98 estudantes matriculados em escolas da rede estadual se inscreveram para o evento. Os estudantes inscritos pertencem a 25 etnias, sendo Aikanã, Amondawa, Arara, Arikapu, Cinta Larga, Gavião, Jaboti, Massaca, Kampé, Karitiana, Kaxarari, Kwazá, Kwazá Aikanã, Latundê, Makurap, Mamaindê, Oro Eo, Oro Mon, Oro Nao, Oro Waram, Oro Waram Xjein, Puruborá, Sabane, Suruí e Tupari.

MALOCA ESTUDANTIL

Apresentações artísticas nos segmentos de música, dança, fotografia, cinema e exposição de artes visuais - Gente de Opinião
Apresentações artísticas nos segmentos de música, dança, fotografia, cinema e exposição de artes visuais

A Mostra é fundamentada na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9394/96), na Lei nº 4.239 de 27/03/18 e Lei nº 11.645 de 10/03/2008.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o Maloca é uma forma de reconhecimento da cultura indígena e sua valorização no ambiente escolar. Promove a diversidade cultural e proporciona aos estudantes, experiências enriquecedoras no campo das artes.

De acordo com a secretária da Seduc, Ana Pacini, o projeto também fortalece o diálogo intercultural e amplia o conhecimento sobre as tradições indígenas, contribuindo para a formação integral dos alunos.

PROGRAMAÇÃO

DIA 18/4
8h30 às 8h45 – Memorial Rondon: Momento Espaço Cultural Indígena (apresentações)
Educação Patrimonial – Professor João Herbety Peixoto dos Reis;
14h – Cerimônia de abertura oficial no Teatro Guaporé;
14h50 – Orquestra Sinfônica Brasileira: Arte e Cultura dos Povos Originários Regionais e Educação;
15h45 – Palestra: Grafismo – ‘Como expressão Cultural e Resistência’;
16h às 16h45: Momento Espaço Cultural Indígena (apresentações).

DIA 19/4
7h30 às 9h30 – Tour Cultural;
10h – Roda de conversa para professores, no Teatro Guaporé;
10h às 11h45- Oficina de Teatro para estudantes;
14h às 15h –Exibições de cinema;
15h30 às 16h20 – Oficina audiovisual;
16h30 às 17h – Mostra cultural: artesanato, exposição, fotografia e pintura.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Cia de Artes Evolução participa de mais uma edição do projeto ‘Sesc 52’

Cia de Artes Evolução participa de mais uma edição do projeto ‘Sesc 52’

A Cia de Artes Evolução encerrou, na última sexta-feira, mais uma participação no projeto Sesc 52. Esta é a 2ª vez que a Cia participa do projeto, c

Lançamento Oficial da 40ª edição do Arraial Flor do Maracujá acontece no dia 31

Lançamento Oficial da 40ª edição do Arraial Flor do Maracujá acontece no dia 31

No dia 31 de maio, o governo de Rondônia promove o lançamento oficial da 40ª edição do Arraial Flor do Maracujá. O evento vai acontecer às 19h, em u

Livro de contos desafia a imaginação entre realidade e subjetividade

Livro de contos desafia a imaginação entre realidade e subjetividade

Mergulhar nas profundezas da existência e refletir a dualidade entre realidade e subjetividade. Essa é a experiência literária que a poeta e escrito

Padre Júlio Lancellotti

Padre Júlio Lancellotti

Escrita pelo multipremiado escritor paulistano Luiz Eduardo de Carvalho e apresentada com linguagem objetiva, predominantemente jornalística, salpic

Gente de Opinião Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)