Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Curso de Terapia Ocupacional



A Terapia Ocupacional, profissão da aréa de saúde, regulamentada em nível superior, trabalha com atividades humanas, planeja e organiza o quotidiano (dia-a-dia), possibilitando melhor qualidade de vida. Seu interesse está relacionado ao desenvolvimento, educação, emoções, desejos, habilidades, organização de tempo, conhecimento do corpo em atividade, utilização de recursos tecnológicos e equipamentos urbanos, ambiência, facilitação e economia de energia nas atividades cotidianas e laborais (trabalho), objetivando o maior grau de autonomia e independência possível.Curso de Terapia Ocupacional - Gente de Opinião

O terapeuta se ocupa da realização de atividades, desde as mais simples, como escovar os dentes ou levar alimentos à boca, às mais complexas, como dirigir um automóvel ou dirigir uma empresa, promovendo, prevenindo, desenvolvendo, tratando, recuperando pessoas ou grupos de pessoas que apresentam qualquer alteração na realização de atividades de autocuidado ou interação social, melhorando o desempenho funcional e reduzindo desvantagens.

O curso

O curso é composto de disciplinas da área de saúde, como anatomia, fisiologia, biologia e pediatria, e das ciências humanas e sociais, como ética e psicologia. Na parte profissionalizante, o aluno tem contato com disciplinas como a de terapia ocupacional nas áreas de psiquiatria e deficiência mental e física. O objetivo é fazer com que o estudante conheça a estrutura do corpo humano. Algumas graduações preparam o aluno para, ao se formar, realizar o processo terapêutico por meio da expressão artística. A formação do terapeuta inclui disciplinas práticas a partir do segundo ano e o estágio obrigatório em comunidades, hospitais, centros de saúde, asilos e centros de reabilitação no último ano

 

Duração média: quatro anos.

O que você pode fazer

Atendimento

Com recém-nascidos, estimular o desenvolvimento por meio de metodologias próprias para bebês. Com indivíduos adultos, atuar na reintegração de desempregados no mercado de trabalho.

Educação

Acompanhar o desenvolvimento de crianças com problemas psicomotores ou de aprendizagem.

Educação

Acompanhar o desenvolvimento de crianças com problemas psicomotores ou de aprendizagem. Promover a inclusão de crianças com deficiência nas escolas de ensino regular.

Gerontologia

Atuar na reabilitação e na reintegração social de idosos.

Psiquiatria e Saúde Mental

Tratar de portadores de distúrbios psíquicos, com o objetivo de promover a inclusão social e ocupacional.

Reabilitação funcional e profissional

Promover o restabelecimento de vítimas de acidentes ou de doenças do trabalho e prestar assistência a portadores de deficiência física. Promover o restabelecimento de vítimas de acidentes ou de doenças do trabalho e prestar assistência a portadores de deficiência física.

Reintegração social

Ajudar na reintegração de viciados em drogas, menores infratores e carentes à sociedade.

 

FIMCA:

 

I - Proporcionar graduação em Terapia Ocupacional a:
a) egressos do ensino médio regular;
b) profissionais responsáveis pelos diversos setores da economia, sem formação específica em nível superior, visando sua qualificação e a melhoria de seu desempenho profissional;
II - oferecer à região de influência das Faculdades Integradas “Aparício Carvalho” maiores condições de desenvolvimento sócio-econômico, a partir das potencialidades existentes, através da melhoria das condições de saúde;
III - contribuir para melhorar as condições de vida na região;
IV - oferecer às empresas oportunidades de parceria, em projetos voltados para o desenvolvimento da área da saúde, visando beneficiar a mão-de-obra local através da melhoria do setor;
V - proporcionar mais uma alternativa para os egressos do ensino médio, tendo em vista as enormes dificuldades que a maioria tem para se deslocar para outros centros;
VI - suprir o mercado local e regional com profissionais mais qualificados, generalistas, aptos a atuarem nos vários segmentos onde se necessita a sua presença;
VII - fornecer aos alunos e à comunidade uma visão dos atuais problemas brasileiros para que eles se tornem aptos a aderir e participar das mudanças;
VIII - preparar cidadãos conscientes para o exercício pleno da cidadania.

 Fonte: Sergio Mello

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio