Porto Velho (RO) quinta-feira, 28 de maio de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Competência humanizada é tema de palestra na São Lucas


A qualificação profissional é importante, sendo necessário que os alunos sejam orientados para que desenvolvam suas atividades de forma humana, principalmente porque a formação humana é o grande diferencial para o sucesso profissional. O alerta foi feito pela psicóloga Renata Campana em palestra sobre “Metacompetência”, ministrada na abertura da Semana Pedagógica da Faculdade São Lucas. Segundo ela, a formação humana é atualmente um dos fatores primordiais em termos de mercado porque permite ao profissional lidar de modo especial com as demais pessoas.

Renata Campana lembrou o consultor Luiz Carlos Cabrera que classifica competência como “qualidade que o indivíduo tem e que é percebida pelos outros”. Acrescentando que os profissionais devem ser formados para atuar como diferencial no mercado, a psicóloga salientou que para ter sucesso é preciso potencializar características. “A competência humana é uma qualidade profissional indispensável para o sucesso no mercado de trabalho. É preciso humanizar a competência para que saibamos lidar com as outras pessoas”, ponderou.

Em sua palestra, Renata Campanha, que atua junto ao Departamento de Talentos Humanos da Faculdade São Lucas, destacou a importância do trabalho com entusiasmo, com base na ética, na motivação e na flexibilidade, usando sempre a intuição como fator de transformação. Segundo a psicóloga, também é fundamental aprimorar a capacidade de comunicação, manter o controle emocional, valorizar a auto-estima, desenvolver sempre o relacionamento com as outras pessoas, respeitando as características individuais. “É preciso formar pessoas e não apenas informá-las”, complementou.

Fonte: Chagas Pereira

Mais Sobre Cultura

Prefeitura realiza cadastramento de agentes da cultura

Prefeitura realiza cadastramento de agentes da cultura

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Fundação Cultural e em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), projeto Mesa Brasil d

Mãe cabocla, mãe brigadeira

Mãe cabocla, mãe brigadeira

Minha mãe era cabocla, era beiradeira,Não estudou, não teve tempo nem oportunidade para isso.Mas foi perfeita!Foi disparada a melhor mãe do mundo, sel

MÃE

MÃE

Ah, mãe! Palavra tão pequenina, mas de significado infinito....

Um artista de Rondônia está entre os contemplados no Arte como respiro

Um artista de Rondônia está entre os contemplados no Arte como respiro

O Itaú Cultural acaba de divulgar em seu site (www.itaucultural.org.br) os selecionados para o primeiro edital da série Arte como respiro: múltiplos e