Porto Velho (RO) sábado, 28 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Viviane Paes

Desejos para o ano do Cavalo



A partir de 31 de janeiro de 2014, segundo o calendário Chinês terá início o ano do Cavalo que segue até 18 de fevereiro de 2015. O cavalo traz um ano de muita ação, de grandes avanços tecnológicos, medicinais, da evolução nas artes, da política internacional e da mídia. Os chineses acreditam que os anos regidos por este animal favorecem na vida individual a atitude, tomada de decisão e a busca pela independência profissional e financeira.

Anteriormente foram os anos do Dragão e da Serpente, respectivamente trouxeram fortunas e desastres principalmente na natureza – quem não lembra no Brasil a trágica virada de ano de 2009 em Angra dos Reis?! Em 2011 foram 302 desastres naturais no mundo que provocaram mais de 29 mil mortos e US$ 366 bilhões de prejuízos.

O calendário Chinês é considerado o mais antigo registro cronológico da históriaatual. É um calendário que se utiliza tanto do Sol quanto da Lua.Cada ano possui doze lunações acarretando em um total de 354 dias. Para não se perder a sincronia com o ciclo solar (de 365,25 dias) é acrescentado a cada oito anos, noventa dias ao calendário, ou, aproximadamente duas lunações. Desta forma não se perde a sincronia nem com o ciclo solar, nem com o lunar. Por isso, considera-se que o calendário chinês é lunissolar.

Se formos relembrar os últimos anos do Brasil segundo a lógica oriental - e lá do outro lado do mundo eles levam realmente muito a sério o horoscopo e o calendário baseados um pouco no temperamento dos animais e nos fatos que ocorreram anteriormente nestes ciclos, podemos ser otimistas.

Ação, avanços em todas as áreas: política internacional, tecnológica, artes, esportes mídia é tudo que precisamos no ano da Copa e nas próximas eleições para presidente, senadores e deputados federais. Sem os cinco tópicos citados acima não será possível otimizar e até fazer milagres, afinal Deus é brasileiro não é mesmo?! – para concluir as reformas e construção de estádios, estradas e acomodações para o público mundial do grandioso evento.

O chato é lembrar, os anos do Dragão e da Serpente proporcionaram além dos desastres da natureza, a boa fortuna, a boa sorte que para o Brasil vieram com a viabilização e posterior construção dos empreendimentos da Copa das Confederações e da Copa.  Agora para variar, por motivos super conhecidos, as reformas, obras e tudo mais que garantiria um evento inesquecível na primeira Copa no País do Futebol, não estão obedecendo ao cronograma da FIFA... Vamos dizer que é o Coelho – responsável pelo ano de 2015 antecipando seus serviços, já que ele tem fama de ser um pouco lento... Ai, ai esta não cola, no calendário e horoscopo Chinês, o dito orelhudo é juiz de caráter, detecta as falsidades e as fraudes.

Pronto. Sê – apesar de ser utilizado mais no teatro, fosse possível gostaria de desejar que 2014 deixe de ser o ano do Cavalo e passa ao do Coelho, desta maneira todos nós brasileiros honestos e dignos que ficamos emocionados com a letra do Hino Nacional, no final desta Copa sairemos com a cabeça erguida, sendo exemplo para todos os países do mundo, não por ganharmos e conseguirmos finalmente o Hexacampeonato – o que seria fantástico, mas por vencermos nossas principais chagas morais! É isto. Feliz 2014!

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Viviane Paes

Caminhando e... Estressando?! Então reiniciamos as caminhadas

Caminhando e... Estressando?! Então reiniciamos as caminhadas

Então reiniciamos as caminhadas ao livre, pois segundo os especialistas em saúde, os coaches do bem estar, os profissionais de educação física essa

Paralímpiadas de Tóquio: 253 atletas brasileiros competindo

Paralímpiadas de Tóquio: 253 atletas brasileiros competindo

Praticar esportes é superar o limite de seu próprio corpo diariamente. Competir é superar a si mesmo e os adversários. Fazer tudo isso sendo portado

27 de julho: Todo dia deveria ser Dia de prevenção aos acidentes de trabalho

27 de julho: Todo dia deveria ser Dia de prevenção aos acidentes de trabalho

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) colocou o Brasil em quarto lugar no ranking mundial de acidentes fatais ocorridos no ambiente de traba

Você já pensou como será o mundo pós-Covid19?

Você já pensou como será o mundo pós-Covid19?

Nos primeiros meses de 2021, pequenas e  medias empresas geravam mais de 60 por cento dos empregos na América Latina e delas dependem milhões de pess