Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Viriato Moura

ANATOMIA DA INCOMPETÊNCIA


 

A falta de conhecimento, de aptidão, de habilidade são características que dominam os atos dos incompetentes.

Há as incompetências pontuais, fugazes, transitórias que, em si, não definem o incompetente nato. A esses deslizes atribuam-se os descontos permitidos à condição de ser gente. Afinal, errar é humano.ANATOMIA DA INCOMPETÊNCIA - Gente de Opinião

O visceralmente incompetente, o incompetente de verdade, não se move em direção à aptidão. A incompetência que contamina seus atos pode ser diagnosticada como uma deficiência crônica, refratária à solução.

Ao incompetente, como se não bastasse suas limitações intelectuais, acrescente-se desvios de caráter. “Não faça de sua incompetência motivo para agredir quem não tem culpa de nada”, admoesta Fernando Marckertt.

Não dos deixemos convencer por currículos recheados de títulos, inclusive universitários. Essa condição não avaliza competência. Ter conhecimento não significa saber fazer uso dele. O índice de incompetentes travestidos de “doutores’ é muito maior do que parece. Esses tais, sem dúvida, mais perigosos do que os desprovidos dessa carapaça de saber enganosa.

A incompetência anda de mãos dadas com a irresponsabilidade, o descompromisso, a falta de brio e a arrogância. Para que essas distorções se exteriorizem ainda mais, basta dar poder ao incompetente. A história da humanidade nos mostra, de modo traumático, os danos provocados por incompetentes poderosos. Quando maior o poder, maior o estrago.

O ser estigmatizado pela incompetência, por achar que sabe o que não sabe, desdenha da capacidade alheia e, assim, atesta definitivamente sua incompetência.

O incompetente prepotente, para se proteger, tem índole ditatorial. Reage com veemência – por vezes, com violência – diante do contraditório. É avesso à contestação. Contestado, perde o controle. Porque é incompetente, não sabe se explicar de modo convincente. Mas há também os que se escondem por trás do servilismo quando não podem submeter. Ao serem flagrados fazendo algo vergonhoso não raro esquivam-se dizendo que outrem lhes mandou fazer, que estão cumprindo ordens.

Lamentavelmente a incompetência é um mal que atinge muitas pessoas. Mais do que parece. Por isso não estamos livres de ter nossos interesses sob a decisão desse tipo de gente.

O incompetente tem aversão ao convívio com competentes. Porque logo será descoberto, desmascarado. Seus álibis frágeis, logo sucumbirão ao raciocínio dos competentes. Sua praia é a ignorância.

O dia das eleições está chegando. O meio político, como se não bastasse os outros vícios, transborda de incompetência (a qualificação não faz parte do critério de escolha nas convenções partidárias). Eis porque precisamos de uma lupa para selecionar quem merece nosso voto.

Do contrário, o preço a pagar será alto. Porque o rastro da incompetência é o dano, o prejuízo.

Olho vivo, portanto! 


 

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião

 

Fonte: Viriato Moura - viriatomoura@globo.com   
 Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /  YouTube /  Turismo   /  Imagens da História


 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Viriato Moura