Porto Velho (RO) sexta-feira, 1 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Zekatraca - Lenha na Fogueira 12/10/10


FESTCINEAMAZÔNIA

Zezé Motta recebe mapinguari

A organização do Festival Latino Americano de Cinema e Vídeo Ambiental da Amazônia - Fest Cineamazônia®já tem a confirmação da presença da atriz e cantora Zezé Motta como homenageada. Outros que também estarão recebendo o troféu Mapinguari como homenageados são os cineastas Orlando Senna e Silvio Tendler. O festival será realizado em Porto Velho de 9 a 13Zekatraca - Lenha na Fogueira 12/10/10 - Gente de Opinião de novembro de 2010. Neste ano, além da mostra competitiva de cinema e vídeo, o evento terá atrações musicais.

Zezé Motta começou a carreira de atriz em 1967, estrelando a peça Roda-viva, de Chico Buarque. Em 1969, atuou em Fígaro, fígaro, Arena canta Zumbi e A vida escrachada de Joana Martini e Baby Stompanato. Em 1972, participou de Orfeu negro e, em 1974, atuou em Godspell. A carreira de cantora teve início em 1971, e de 1975 a 1979, lançou três LPs. Nos anos 1980, lançou mais três discos.

Participou de filmes como Vai trabalhar, vagabundo (1973), Ouro Sangrento, Anjos da Noite, Tieta do Agreste, Xica da Silva (1976) e que a consagrou internacionalmente, e Orfeu. Em 1994 gravou a canção o ciclo da vida,abertura do filme o rei leão (1994). Atuou na telenovela Xica da Silva em 1996, vinte anos depois de protagonizar o filme, e onde fez a mãe de Xica, no início, e Xica na maturidade, no final. Na televisão atuou em diversas novelas e seriados.

O cineasta carioca Sílvio Tendler estudou cinema na França. De volta ao Brasil, dirigiu o documentário Os Anos JK, Uma Trajetória Política (1980). Entre tantas direções e produções destacam: O Mundo Mágico dos Trapalhões (1981), Jango (1984), Castro Alves (1999), Glauber, O Filme – Labirinto do Brasil (2004),Milton Santos ou O mundo global visto de cá, Utopia e barbárie (2010), Verger por Verger e Ter 18 anos em 1968 – este último, um projeto em parceira com a editora Garamond e que envolve, além do filme, um livro. Tandler tem projeto para um documentário sobre Tancredo Neves, que faz centenário em 2010.

O cineasta Orlando Senna começou a produzir cinema nos anos de 1960, época em que também era jornalista. Dirigiu os documentários: Imagem da Terra e do Povo (produzido por Glauber Rocha), Lenda Africana na Bahia e outros. É autor do roteiro e co-diretor do premiado filme Iracema, de 1974, Gitirana e Diamante Bruto (com roteiro e direção). Trabalhou nos roteiros dos filmes O Rei da Noite", Coronel Delmiro Gouveia, Abrigo Nuclear, Ópera do Malandro (com Chico Buarque) e Quincas Berro d´água (adaptação). Atualmente é presidente da TAL – Televisão América Latina, uma rede de comunicação formada entre canais educativos, produtores independentes e instituições culturais de toda a América Latina.

O Festicineamazônia® tem patrocíconio do Ministério da Cultura do Brasil, Secretaria do Audiovisual, Fundo Nacional de Cultura, Oi e Oi Futuro, e apoio da Prefeitura de Porto Velho, Semed - Secretaria Municipal de Educação, Fundação Iaripuna, Iphan e Fórum dos Festivais.

 




BANZEIRANDO
 

Uma jornada teatral
pelos rios da Amazônia

O grupo o Imaginário será o responsável pela produção das atividades

Banzeirando é uma jornada teatral pelos rios da Amazônia que reunirá 4 grupos de teatro: Manjericão – Rio Grande do Sul, Tancredo Silva, do Acre, Cia de Dell`Arte de Comédia, do Estado do Amazonas e O Imaginário, do Estado de Rondônia. O Projeto é uma ação que consiste de apresentações de espetáculos e atividades artísticas e serão desenvolvidas ao longo do Rio Madeira e o Amazonas, com início no dia 22 de Novembro, saindo de Porto Velho (RO) e com término no dia 22 de Dezembro de 2010, em Manaus (AM). Percorremos 07 rios, 05 cidades, 06 distritos, 80 localidades. Serão oferecidos: espetáculos, debates, vivências, cursos/oficinas, rodas de memórias, documentários, registros fotográficos e filmagem, divulgação em rede social e mídias. Este projeto foi contemplado pelo Prêmio Funarte Myriam Muniz de fomento ao teatro de 2010 e é uma iniciativa idealizada pela Associação Cultural O Imaginário, de Porto Velho/Rondônia.

Durante a jornada, serão apresentados os seguintes espetáculos: O Velho Justino e suas poesias matutas; O Dilema do Paciente; Guadalupe de Monteserrat; As aventuras de um Dorminhoco; Elas à Deriva; O Limpador de Placas; Eu mando... Você obedece; Os olhos verdes da neurose. ; Cena aberta e Show de variedades.

 




O show Prisma Luminoso cujo protagonista principal é o cantor Bubu. Peraí, vamos começar tudo de novo.

*******

O ESPETÁCULO musical Prisma Luminoso que tem como principal atração o cantor Bubu Johnson, é realmente muito bom.

*******

Sábado apesar da chuva que caiu a boca da noite, o Mercado Cultural recebeu seleta platéia que aplaudiu e até pediu mais, quando o show terminou.

*******

O espetáculo começou com o grupo de chorinho “Prisma Luminoso”, integrado pelo cavaquinista Genésio Papai, violão de sete cordas Nicodemos, violão de seis cordas Norman Júnior e bateria Telêmaco que preparou o ambiente executando obras primas do chorinho brasileiro com o solo do cavaquinho do Genésio.

******

Devagarzinho chega Bubu e começa a cantar: “Mas que prosa a serraria das onze horas...”

******

Dada o autor da música, ao lado da sua chinesa, chama o Zizi e pede mais uma geladinha.

******

Quando Bubu começa a interpretar o samba do Bainha “Tempo Bom” mais conhecido como “Sou da Sete de Setembro”.

******

É a vez do Chicão Santos convocar o Sergio Ramos e o Quintela para brindar saboreando mais uma geladinha da silva.

******

Ana Aranda não se continha de alegria vendo o maridão sendo calorosamente aplaudido.

******

A chuva insistia em não passar e o Bubu insistir a nos passar o que temos de melhor em samba e lá se vai Noel Rosa, Chico Buarque, Paulinho da Viola, Elton Medeiros, Wilson Batista e tantos outros.

******

A minha Ana correu pra registrar tudo na câmera fotográfica do Sergio Ramos.

******

Heitor Almeida ao tempo que aplaudia Bubu saia de mesa em mesa convidando o público para a Seresta Cultural que acontece toda quinta feira no Mercado Cultural.

******

Uma turma do 6º período de jornalismo da Uniron chegou, ocupou três mesas e animados aplaudiram nosso grande sambista Bubu Johnson

*******

É isso aí amigo Tatá e toda turma da Iaripuna. Valeu pelo projeto e em especial pelo espetáculo musical “Prisma Luminoso”.

******

Lucio Albuquerque presidente da Academia de Letras de Rondônia escreve:

******

Pagar em dia é obrigação e não favor!

******

Candidato, ou administrador público, que usa em campanha citações de que "vai pagar em dia o servidor", ou que em sua administração "sempre pagou em dia" está, em meu entendimento, cometendo um pecado grave: pagar suas obrigações em dia é dever de quem tem essa obrigação, e não favor ou benevolência que se queira alegar que vai fazer ou que já fez.

******

É o caso de perguntar a ele mesmo se gosta quando lhe atrasam um pagamento qualquer. Duvido. Quem presta serviço, ou vende um produto qualquer, quer receber o valor devido a tempo, porque no mercado do dinheiro você recebe de um lado e já repassa a quem lhe prestou serviço o que deve, e busca, se houver troco, o que cada dia é mais difícil, adquirir outros bens dentro daquele princípio da busca da felicidade.

******

Pra quem será que o Lúcio escreveu essa crônica?

******

Para encerrar.

******

Hoje a festa é na minha São Carlos do Madeira.

******

Vamos lá comer peixe frito e apreciar as belezas da “boca do Jamari”.

******

A tarde participar da procissão de Nossa Senhora Aparecida.

*******

Em São Carlos a padroeira do Brasil é festejada com duas procissões;

******

Uma fluvial e outra terrestre. As duas se encontram no barranco e seguem até a igreja.

******

Depois da missa solene tem quermesse com leilão de galinha, porco, bolo, e muitos outros prêmios.

******

Vamos passar o dia de Nossa Senhora Aparecida em São Carlos morena!

 




Lenha de todos os dias

Por: Beto Ramos (*)

Viajando no imaginário de nossa população, consegui encontrar o significado dos teus cabelos brancos.

Então vai o menino barrigudo, olhos atentos, desejo dentro de sua criatividade ao encontro.

Encontrar não significa possuir.

Cinqüenta anos de história não se escreve em algumas linhas.

Então, ele vai ao encontro.

Encontrar?

O encontro satisfaz o que os nossos olhos desejam ver.

E o menino desce a ladeira com a lenha no brilho dos seus olhos.

O pequeno saqueiro cresceu e faz queimar a fogueira com sua lenha de criatividade, de sonhos que foram plantados num Porto Velho que ele viu crescer.

Sua vida já foi uma ladeira.

Seus sonhos já foram versos etílicos do fim da rua.

Mas, o saqueiro voltou, e trouxe no seu peito um coração cheio de vitórias.

Nunca existiram derrotas.

O que sempre existiu foi o sambista de Porto Velho.

Hoje, a semente do saqueiro brotou em voz alta.

O saqueirinho da criatividade, o Silvinho, trás orgulho ao beradeiro de São Carlos.

O nosso orgulho é podermos chamá-lo de amigo.

O saqueiro hoje vende sonhos.

Grita com sua alma.

Olha a notícia.

E todos já ficam esperando a novidade.

Essa é a vida de quem escreve sua história pelas próprias mãos.

Lágrimas.

Sem lágrimas não existiriam as inspirações de meio século de criatividade.

Porto, velho porto.

Ceará de Iracema.

Zekatraka.

Sílvio.

O filho do Buchudo já está puxando a lenha pra fogueira do Zé.

Claro!

Esta fogueira não é de vaidades.

Esta fogueira é para o crescimento de nossa cultura.

Vai saqueiro, desce a ladeira, sobe a ladeira.

Hoje, do ponto mais alto da nossa cultura beiradeira, você faz a diferença.

Quero um suco de maracujá, diz o saqueiro.

Que satisfação ver que o saqueiro cresceu, e nos traz orgulho.

Estes teus cabelos brancos são canções que encantam nossas vidas.

Diz a lenda.

(*) o autor é fotografo restaurador de fotografias, colunista cultural e músico
 

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



 Fonte: Sílvio Santos - [email protected]  
 
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube  / Turismo   /  Imagens da História

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

A Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer), realiza neste sábado (16), o ensaio para a gravação do filme em linguagem teatral "O Pecado de Pau

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Entrega da obra do Museu Casa Rondon, em Vilhena.  A finalidade do Museu é proporcionar e desenvolver o interesse dos moradores pela rica história

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Hoje os católicos celebram o Dia de Nossa Senhora Aparecida a padroeira do Brasil. Em Porto Velho as celebrações vão acontecer no Santuário de Apareci

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Tenho uma maneira própria de medir a audiência de um programa de rádio. É o seguinte: quando o programa ecoa na rua por onde você está passando, dando