Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Uma história carnavalesca sobre o 4 de janeiro


            Uma história carnavalesca sobre o 4 de janeiro     - Gente de Opinião

Os desfiles das escolas de samba no carnaval de 1982, a pedido o então governador Jorge Teixeira de Oliveira foi uma homenagem ao Território Federal de Rondônia que chegava ao fim e ao Estado de Rondônia recém criado e instalado. Teixeirão convocou ao seu gabinete, a professora Marise Castiel responsável pela escola de samba Pobres do Caiari e o Leônidas O’Carol Chester responsável pela escola de samba Os Diplomatas e sugeriu, que as duas agremiações carnavalescas, desenvolvessem seus enredos sobre os dois acontecimentos. A professora Marise Castiel tradicionalista por excelência, disse de cara, que a Pobre do Caiari apresentaria na avenida um tema sobre o Território Federal de Rondônia e em conseqüência, a Diplomatas do Samba exploraria a criação do Estado.

Ao reunir a diretoria da escola de samba Pobres do Caiari dona Marise falou sobre a reunião com o governador, inclusive passou a boa nova, de que o Governador Jorge Teixeira havia dito que as despesas com fantasias e alegorias, seriam por conta do Estado e então, colocou para apreciação, o enredo que ela intitulou de “Adeus, Meu Território, Adeus”, que foi aprovado por unanimidade, então a carnavalesca virou-se para o compositor Silvio Santos e disse: “Amanhã vá até minha casa para conversarmos sobre o samba enredo”.

Apesar do pedido “ordem”, Silvio só apareceu na residência da dona Marise quase uma semana depois, mesmo assim, foi muito bem recebido e durante a conversa que durou toda uma manhã, com dona Marise passando a idéia de como seria montado o enredo “Adeus, Meu Território, Adeus”. “Ela não escreveu a sinopse do enredo, apenas falou como gostaria que o samba fosse feito”, confirma Silvio. Após toda a conversa ela vai até seu escritório e retorna com um papel dizendo, fiz estes versos, vê se você consegue aproveitar.

Acontece que como sabemos, ela era pianista e com isso o verso que ela passou, veio acompanhado de uma melodia, muito bonita. Resultado o compositor não só aproveitou a estrofe musicada como dali partiu para a conclusão da letra e da melodia do samba enredo. A estrofe que dona Marise escreveu diz: “Adeus, meu Território, Adeus/Foste um grande baluarte/Que o novo estado concebeu/Doaste um passado de trabalho/De coração a esse filho teu/Rondônia.Uma história carnavalesca sobre o 4 de janeiro     - Gente de Opinião

Apesar da escola de samba “Pobres do Caiari”, não ter vencido o carnaval, o samba enredo de autoria de Marise Castiel e Silvio Santos ganhou o troféu de melhor do ano de 1982. Acompanhe a letra na íntegra.

Adeus,
Meu Território,
Adeus

 

De: Marise Castiel e
Silvio M. Santos

Adeus, meu território, adeus!

Foste um grande baluarte

Que o novo estado recebeu

Doaste um passado de trabalho

De coração, a esse filho teu!

Rondônia!

Estado nascendo gigante

De um território importante

Que Getúlio Vargas criou

Teu nome é homenagem ao bandeirante

Que nesse Brasil a fora

A distância eliminou

Na sua flora

Há grandeza em seringal

Tem café,

Tem madeira pra exportar      (Refrão)

E plantação de cacau

No subsolo sua riqueza é imensa

E o ouro surge com imponência no cenário mundial

Abrem-se estradas, o migrante a explorar

A agricultura é a estrutura

Da nova estrela

Começando a brilhar!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

A Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer), realiza neste sábado (16), o ensaio para a gravação do filme em linguagem teatral "O Pecado de Pau

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Entrega da obra do Museu Casa Rondon, em Vilhena.  A finalidade do Museu é proporcionar e desenvolver o interesse dos moradores pela rica história

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Hoje os católicos celebram o Dia de Nossa Senhora Aparecida a padroeira do Brasil. Em Porto Velho as celebrações vão acontecer no Santuário de Apareci

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Tenho uma maneira própria de medir a audiência de um programa de rádio. É o seguinte: quando o programa ecoa na rua por onde você está passando, dando