Porto Velho (RO) domingo, 20 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Surgimento da Banda do Só Vai Quem Quer – III


Surgimento da Banda do Só Vai Quem Quer – III - Gente de Opinião

Criada a Banda do Só Vai Quem Quer

Manoel Mendonça é o presidente

 

O DIA DA CRIAÇÃO DA BANDA 

Muito se tem falado e contado histórias sobre a Banda do Só Vai Quem Quer, porém, jamais se ouviu falar na data daquela farra que começou na noite de sexta feira dia 23 e terminou no sábado dia 24 de janeiro, de 1981.

Então decidimos que a data da fundação ficaria o DIA 24 DE JANEIRO DE 1981 Feriado da Instalação do Município de Porto Velho. Feriado Municipal. Por isso, nossa farra começou na sexta à noite e amanheceu o sábado.

 

DOMINGO NO SÍTIO

Depois daquela reunião no Chopão, voltamos (eu, Emilzinho, Narciso Freire e Manelão) a nos encontrar, no domingo dia 25, no sítio do Manelão na Colônia Três Buritis (ou Viçosa) na Estrada do Japonês, com as famílias presentes, assim como a Eliana, Lika  e seu Cláudio Carvalho. Foi o dia todo de muita brincadeira, música ao vivo com Jorge Andrade ao violão, banho de igarapé e galinha caipira no almoço.

O interessante, foi que durante o dia todo, ninguém comentou sobre a reunião de sábado, quando foi criada a Banda do Só Vai Quem Quer, portanto, Manelão não ficou sabendo que tinha sido eleito presidente do Bloco.

 

MANCHETE DO JORNAL O GUAPORÉ

 

Terça feira 27 de janeiro, na hora do almoço, fui até o Chaveiro Gold que ficava na Galeria do Ferroviário e assim que entrei, Manelão com o Jornal O Guaporé na mão perguntou:

“Que história é essa de ser presidente dessa Banda que vocês criaram? ”.

Acontece que o Evamar Mesquita que participou da reunião de criação da Banda, era o Editor Chefe do O Guaporé e na edição de terça feira, estampou a seguinte manchete na capa do jornal:

Criada a Banda do Só Vai Quem Quer - Empresário Manoel Mendonça – Manelão foi eleito Presidente.

 

Bom, diante da surpresa do Manelão respondi: É isso mesmo, você foi eleito por unanimidade, presidente da Banda do Só Vai Quem Quer e entre a gente ficou acertado, que não aceitaríamos sua renúncia, o que quer dizer meu amigo, que queira ou não, você agora é o Presidente da Banda!



Surgimento da Banda do Só Vai Quem Quer – III - Gente de Opinião

MANELÃO O VAIDOSO

Diante de minhas explicações, Manelão admitiu assumir a presidência do Bloco e segundo ele, seu nome como empresário e da sua empresa, a partir daquela Manchete do jornal O Guaporé, ficaram expostos, ele teria que fazer alguma coisa, para não cair em descrédito perante a sociedade portovelhense.

Pegou o telefone e ligou para a Empresa Gold em São Paulo da qual era freguês e na qual havia aprendido o oficio de Abridor de Cofre e Chaveiro e solicitou à sua direção, que localizasse uma empresa que trabalhasse com confecção de CAMISETA com ESTAMPA específica. A resposta veio após três dias. Só pediram para enviar o layout da estampa.

J. PINTO – AUTOR DA ESTAMPA DA 1ª CAMISETA

João Otávio Pinto arquiteto respeitadíssimo e carnavalesco por excelência, inclusive, era o responsável pelas alegorias da Escola de Samba Os Pobres do Caiari, foi procurado por Manelão para criar a Estampa da CAMISETA e aceitou.

Pinto desenhou numa Base Amarela, UMA TUBA da qual saiam MULHERES peladas brincando carnaval. Quer dizer, a Banda já nasceu irreverente, pelo menos no que diz respeito a Estampa da Camiseta.

HINO DA BANDA

Naquele tempo eu trabalhava no Cartório de Imóveis que ficava na Galeria Central. Meu chefe era nada mais, nada menos, que o Narciso Freire.

Segunda feira dia 26 janeiro de 1981, assim que cheguei no Cartório ele em voz alta, para todos ouvirem falou: “Silvio sua missão na Banda do Só Vai Quem Quer é fazer (compor) a marchinha HINO”. Nesse interim o Gilson Macêdo Dias que trabalhava com a gente, virou e disse: “Narciso, essa música não vai ser feita, pois, a CACHAÇA já comeu o cérebro do Sílvio em consequência, ele não tem mais condição de compor nada”.

Aquelas palavras soaram como uma avalanche de decepção, fiquei realmente chateado com o Gilson, mas, não disse nada, apenas prometi pra mim mesmo, que iria provar que ainda era capaz de compor uma música. Resultado, sexta feira daquela semana, no final do expediente, convidei o Gilson para uma reuniãozinha na mesa do Narciso e cantei a marchinha Hino da Banda: Chegou a Banda a Banda a Banda; A Banda do Vai Quem Quer. Nós não temos preconceito, Na brincadeira entra quem quiser... a turma aplaudiu e eu virei pro Gilson e falei: Tenho ou não condição de compor uma música?

 

No próximo capítulo – O primeiro desfile da Banda do Só Vai Quem Quer

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o novo Decreto e os trabalhos da SETUR

Lenha na Fogueira com o novo Decreto e os trabalhos da SETUR

Lenha na Fogueira O novo Decreto sobre as restrições contra a Covid 19, baixado pelo governador Marcos Rocha está causando o maior ‘rebuliço’, não só

Lenha na Fogueira com a morte do diretor de carnaval Laíla e Cachoeiras de Teotônio por Angella Schilling

Lenha na Fogueira com a morte do diretor de carnaval Laíla e Cachoeiras de Teotônio por Angella Schilling

Lenha na Fogueira O diretor de carnaval Luiz Fernando Ribeiro do Carmo, conhecido como Laíla, morreu de Covid nesta sexta-feira (18), aos 78 anos. ***

Lenha na Fogueira com Projeto de Lei em homenagem ao ator Paulo Gustavo

Lenha na Fogueira com Projeto de Lei em homenagem ao ator Paulo Gustavo

Lenha na Fogueira Olha só que notícia boa:*********O vereador Aleks Palitot se reuniu com o presidente da Funcultural, Márcio Miranda, Secretário da S

Lenha na Fogueira com o Vai La Sabido e  Mauricio de Sousa

Lenha na Fogueira com o Vai La Sabido e Mauricio de Sousa

Lenha na Fogueira Vai La Sabido foi reconhecido nacionalmente.**********Até que enfim o humorista Djalma foi reconhecido com seu programa “Vai Lá Sabi