Porto Velho (RO) sábado, 5 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Seresta volta com marchinha do centenário


Seresta volta com marchinha do centenário - Gente de Opinião

O projeto Seresta Cultural depois de merecidas férias, volta a ser apresentado nesta quinta feira 20, no Mercado Cultural de Porto Velho a partir das 20 horas.

Segundo o coordenador do projeto percussionista Heitor Almeida, foi firmado parceria com a Funcultural no sentido de reabrimos a Seresta com a apresentação do interprete Silvio José Santos – Silvinho e do compositor Silvio M. Santos vencedores do concurso de Marchinha “Carnaval dos Carnavais – Centenário de Porto Velho”, que aconteceu sábado passado dia 15, durante o Baile Municipal. “A presidente da Funcultural Jória Lima argumentou que a Marchinha ‘Porto Velho pra Cima da Divisória’, pelo conteúdo histórico da sua letra, merece ser conhecida pelo maior número de pessoas possível”, disse Heitor Almeida.

A Seresta Cultural começa às 20h00, com a participação de músicos e cantores consagrados de nossa cidade. Veja a letra da Marchinha vencedora do concurso da prefeitura de Porto Velho.

Seresta volta com marchinha do centenário - Gente de Opinião

 

PORTO VELHO - PRA CIMA DA DIVISÓRIA

Letra e Musica de: Silvio M. Santos

Interprete: Silvio José Santos

Depois que o trem apitou

Guapindaia chegou

E tudo foi acontecendo              [b i s]

Porto velho município

Pra cima da divisória

Foi se desenvolvendo

         Nesse burburinho do progresso

         Porto Velho faz sucesso

         Não consegue mais parar

         Foi da borracha, foi do ouro

         Foi do trem

         Porto Velho hoje tem

         Energia pra exportar

Vem, vem, vem morena

Vem lorinha

Festejar no carnaval

Centenário que alegria               [refrão]

Porto Velho na folia

Não tem mazela

Que derrube meu astral


Lenha na Fogueira

Seresta volta com marchinha do centenário - Gente de Opinião

Apesar da cheia do Rio Madeira e suas vítimas, as agremiações carnavalescas continuam trabalhando a todo vapor, ou será a todo ‘motor’ de popa.

*******

Depois da coluna de ontem a Fesec chamou os carnavalescos para uma conversa na sala do Carlinhos Maracanã na Casa da Cultura Ivan Marrocos na manhã de ontem, quando solicitou e foi atendida no sentido de todas as escolas de samba aderir à campanha de arrecadação de mantimentos para as vítimas das enchentes do Rio Madeira.

*******

Agora, além do Asfaltão e dos Acadêmicos da Zona Leste todas as agremiações filiadas à Fesec estão recebendo mantimentos, cada uma em suas quadras de ensaios.

*******

O Bloco “Até Que a Noite Vire Dia” montou o QG de arrecadação, no Centro do Menor ao lado da igreja de Nossa Senhora de Fátima no bairro do Areal. “Nossa arrecadação será doada as vítimas da enchente do Canal Santa Bárbara no bairro Mocambo e Baixa da União”.

********

O Galo da Meia Noite juntamente com a escola de samba Asfaltão estão com posto de arrecadação na Casa da Cultura Ivan Marrocos.

********

Por falar nisso, a turma das escolas de samba não está gostando da maneira que estão sendo tratados pela presidente da Funcultural.

********

Os dirigentes das escolas de samba e principalmente os da Fesec, reclamam que a presidente não está respeitando o Regulamento que foi discutido e aprovado pelas agremiações, e ta metendo “bedelho” onde não lhe cabe.

********

Por exemplo: Já interferiu na divisão dos subsídios e anda querendo dizer onde a escola de samba deve investir o que recebeu como subsídio.

*******

Esquece, dizem os carnavalescos, que a atual gestão municipal, na realidade, não contribuiu com nenhum tostão do subsídio que foi repassado as escolas de samba no valor de R$ 350 Mil. “Esse recurso é aquele que o Roberto deixou para a realização do carnaval do ano passado”, disse o presidente Cabeleira.

********

Reclamam os carnavalescos do autoritarismo da presidente. “Ela não nos ouve” reclamam!

*******

Existe inclusive, ameaça das escolas de não participarem do concurso. Vai ser igual o Flor do Maracujá, quando os grupos apenas se apresentaram sem concorrer a nada. Existe esse pensamento no meio das escolas de samba.

*******

Tudo vai depender da Comissão que vai selecionar os jurados para julgarem os desfiles das escolas de samba.

*******

Seresta volta com marchinha do centenário - Gente de Opinião

O negócio passou a ‘feder’ a chifre queimado, em virtude da presidente da Funcultural não ter disponibilizado ingressos do Baile Municipal para a FESEC distribuir entre suas filiadas.

********

Gente de OpiniãoLembram os carnavalescos que a Associação Arco Iris é apenas uma ponte de repasse dos subsídios. No desfile das escolas de samba quem manda é a FESEC. Estão certos os carnavalescos.

********

Vale lembrar que a Funcultural através da Arco Iris, está contratando um espetáculo e que esse espetáculo, quem dirige é a Federação.

*******

Já pensou se um grupo de teatro, só porque foi premiado com subsídios de uma determinada empresa, tiver que ver suas apresentações tendo que sofrer interferência da empresa, só porque a mesma está patrocinando? Ia ser uma merda!

********

 A mesma coisa acontece com os desfiles das escolas de samba e blocos. A Arco Iris está apenas contratando essas agremiações para apresentarem seus espetáculos (desfile), para o público, que comparecer na passarela do samba nos dias 7 e 8 de março.

*********

Seresta volta com marchinha do centenário - Gente de Opinião

Só sei que as camisas da Banda do Vai Quem Quer estão acabando!

********

Quanto aos demais assuntos: O bicho ta pegando!
 


Seresta volta com marchinha do centenário - Gente de OpiniãoFesec promove oficina para jurados de carnaval

A Federação das Escolas de Samba de Rondônia – Fesec, promove  no próximo sábado dia 22, na Casa da Cultura Ivan Marrocos com inicio às 09h00 a Oficina sobre como julgar os quesitos dos desfiles das escolas de samba. Vários carnavalescos, historiadores, figurinista, compositores e artesãos estarão ministrando palestra aos participantes.

As inscrições podem ser solicitadas através do e-mail [email protected]ou direto na Casa da Cultura a rua Carlos Gomes com a Rogério Weber no bairro Caiari no horário comercial. “Se por acaso a pessoa não conseguir efetuar a inscrição através do e-mail acima, pode ir direto para a Ivan Marrocos no sábado que providenciaremos a inscrição na hora.

Segundo o presidente Antônio Chagas Campos - Cabeleira entre os palestrantes encontramos, o historiador Francisco Matias, carnavalescos Flávio Daniel, Hiran Brito Mendes, Silvio Santos e Oscar Dias Knightz. “A presidente da Funcultural Jória Lima será convidada para proferir uma das palestras” finalizou Cabeleira.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o Prêmio Grão de Música

Lenha na Fogueira com o Prêmio Grão de Música

Lenha na Fogueira Foi muito bacana a cerimônia de premiação do Prêmio “Grão de Música” que aconteceu, como se diz, “Na boca da noite” de ontem, dia 3

Lenha na Fogueira  com o Edital Aluízio Batista Guedes, com governo prejudicando os artista e a revitalização da EFMM

Lenha na Fogueira com o Edital Aluízio Batista Guedes, com governo prejudicando os artista e a revitalização da EFMM

Lenha na Fogueira A prefeitura municipal de Porto Velho por meio da Fundação Cultural – Funcultural publicou a relação final dos Projetos Habilitados

Lenha na Fogueira com a Lei Aldir Blanc e o Último Cabaré Ruante Virtual

Lenha na Fogueira com a Lei Aldir Blanc e o Último Cabaré Ruante Virtual

Lenha na Fogueira Rondônia pode ser o estado da Região Norte, responsável pelo maior índice de devolução dos recursos   da Lei Aldir Blanc.**********A

Lenha na Fogueira com a reeleição de Hildon Chaves e o Cineamazônia 17ª Edição

Lenha na Fogueira com a reeleição de Hildon Chaves e o Cineamazônia 17ª Edição

Lenha na Fogueira A fumacinha branca saiu pela chaminé da política, avisando que Porto Velho já tem prefeito para os próximos quatro anos.***********N