Porto Velho (RO) sábado, 14 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

ROTAS TURÍSTICAS: Turismo é lançado com pacotes de ações estratégicas - Radio Farol e Rosa Divina Atrações no Flor de Cacto


Foto: Ana Célia Santos - Gente de Opinião
Foto: Ana Célia Santos

Lenha na Fogueira

 

O negócio que já não andava muito bom entre a Sejucel e a Federon, em relação à realização do Arraial Flor do Maracujá.

***********

Piorou após a entrevista do superintendente da Sejucel, ao jornalista e apresentador Léo Ladeia na noite da última terça feira 28, na RedeTV-RO.

***********

Acontece que na reunião que aconteceu segunda feira entre Sejucel, ALE, Federon e PGE, ficou praticamente tudo resolvido quanto à produção do Arraial que de inicio está marcado para começar no dia 28 de junho.

************

A dúvida é se a Federon vai poder assumir a organização das barracas, leia-se receber algum valor pelos espaços cedidos aos barraqueiros.

**********

Por sugestão do Procurador a Comissão vai consultar o MP para saber sobre o assunto. Caso o responsável pelo segmento cultural no MP responder que não tem problema, as coisas estarão resolvidas. Palavras do Procurador do Estado responsável pelo segmento cultural.

************

Tudo certinho. Aí o superintendente respondendo a perguntas do Ladeia embaralhou tudo de novo.

***********

Talvez por falta de experiência ou até querendo mostrar, quem realmente é responsável pela realização do Flor do Maracujá este ano, saiu-se com essa:

***********

O Flor do Maracujá não é da Federon, não é de Porto Velho, não é da Sejucel ele é um evento do estado de Rondônia.

***********

Assim sendo, caso os grupos filiados à Federon não aceitem se apresentar, vamos convidar grupos de quadrilhas do Colégios, convidar os Bois de Guajará Mirim e até grupos de Humaitá.

***********

O que entendemos é que o superintendente está querendo preservar a realização da nossa maior festa folclórica o Arraial Flor do Maracujá.

***********

Os grupos cujos dirigentes estavam ligadaços na entrevista, não gostaram quando ouviram que podem ser alijados do Flor do Maracujá.

**********

Foi então que o watts app dos grupos ficou congestionado de desabafo contra a declaração do Jobson de que vai convidar grupos folclóricos até de outro estado para se apresentar no Flor do Maracujá.

***********

De imediato a sugestão que mais rolou no watts é de que a Federon deve realizar seu próprio evento ou seja, o Arraial da Federon no qual serão eleitos os melhores grupos folclóricos de Porto Velho em 2019.

***********

Esse concurso é necessário para que nossos quadrilheiros possam participar dos concursos coordenados pela Confebraq em nível nacional.

************

Esse entrevero pode prejudicar a festa de abertura do Flor do Maracujá programada para acontecer no próximo domingo dia 2 de junho no Centro de Atendimento ao Turista – SETUR no Porto Velho Shopping.

**********

Exemplo a Sejucel convidou os grupos que venceram o Maracujá do ano passado. A direção do bumbá Diamante Negro não aceitou o convite, assim como outros convidados.

**********

A turma também está contestando o convite que pode ser feito aos bois de Guajará. A Sejucel alega que a Federon não pode realizar o Flor do Maracujá na realidade receber recursos do governo. E como é que vão contratar (pagando cachê) aos bois de Guajará, estes sim mais enrolados no TCE do qualquer outra entidade cultural?

***********

Bom, na realidade a realização do Arraial Flor do Maracujá este ano se transformou realmente num a incógnita.

**********

To me pegando com tudo quanto é santo, para que nosso Arraial Flor do Maracujá não se transforme em mais um evento que já “TEVE” em Porto Velho.

**********

Assim como o governo fez com a Expovel, carnaval das escolas de samba e outros eventos.

**********

Ainda dar tempo de se reverter essa situação, basta as partes se sentarem e conversar com mais respeito.

***********

O que não podemos admitir é que nossa maior festa folclórica fique sem a participação dos nossos melhores grupos.


Radio Farol e Rosa Divina

Atrações no Flor de Cacto

 

A coordenação da 22ª edição do Arraial Flor de Cacto convida o público amante da dança de quadrilha a prestigiarem na noite desta quinta feira 30, as apresentações da juninas Rádio Farol Mirim e Rosa Divina adulta.

O Flor de Cacto está acontecendo no Campo 1º de Maio no bairro Caladinho Zona Sul de Porto Velho, desde a ultima sexta feira dia 24 e vai até o próximo domingo dia 2 com a premiação dos vencedores do Festival.

A Rádio Farol Mirim começa sua apresentação às 21 horas enquanto a Rosa Divina adulta pisa na arena as 22h30. Logo após as apresentações folclóricas uma banda de forró anima os presentes até às duas horas da Madrugada.

DESTAQUE DA 5ª NOITE


O público aplaudiu na noite da última terça feira no Arraial Flor de Cacto as apresentações das quadrilhas: junina Matutos do Socialista e junina Tradição. A direção da Matutos do Socialista minutos antes do inicio de sua apresentação, protocolou documento desistindo da participação no Concurso, porém solicitou que os jurados avaliasse a apresentação que era para a diretoria corrigir as falhas anotadas pelo júri.

Com a desistência da Socialista a única que se apresentou concorrendo ao prêmio (em dinheiro) de melhor quadrilha da 22º Arraial Flor de Cacto foi a junina Tradição. Assim que o mestre cerimônia Jardesson Araújo anunciou o inicio da apresentação do grupo da Zona Sul o apresentador Glaucimar Rodrigues

 envolveu os presentes com uma performance de primeira, cantando e marcando sua quadrilha com perfeição.

Além do Glaucimar destacamos na apresentação da junina Tradição os itens Casal de Noivos, Guarda, Padre e Sacristão, Rainha, Caçador e Seringueiro e o Casal de Velhos. “Posso dizer que a Tradição está no páreo com forte candidata ao título do Flor de Cacto 2019”, disse o presidente Clodoaldo Negaça.


 

Cerimonia de lançamento do programa Investe Turismo


 

   FOTO – Roberto Castro/Mtur

 

  

ROTAS TURÍSTICAS

Investe Turismo é lançado com pacotes de ações estratégicas 

 

Um grupo composto por cento e cinquenta e oito municípios brasileiros será o primeiro contemplado com um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços voltados para o setor de Turismo. Trata-se do Programa Investe Turismo.

A iniciativa, desenvolvida conjuntamente pelo Ministério do Turismo, o Sebrae e a Embratur, tem por meta unir setor público e iniciativa privada para preparar e promover a competitividade de 30 rotas turísticas estratégicas em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. O investimento inicial será de R$ 200 milhões.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o Investe Turismo muda a lógica de atuação no setor. “Se sozinhos temos um orçamento enxuto, quando unimos forças temos um mundo de oportunidades. Vamos provocar uma transformação na gestão do turismo nessas rotas estratégicas, ampliando o fluxo de turistas nesses destinos e a geração de negócios, empregos e renda por meio do turismo”, ressalta o ministro.

As rotas turísticas selecionadas receberão um pacote de ações organizadas em quatro linhas de trabalho que vão desde o fortalecimento da governança, por meio de uma agenda estratégica entre setor público e privado; a melhoria dos serviços e atrativos turísticos, com foco especial nas micro e pequenas empresas; marketing e apoio à comercialização, por meio de campanhas, produção de inteligência mercadológica e participação em eventos estratégicos; e a atração de investimentos e o apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento.  

Além disso, o programa também possibilitará a entrega de um Plano Integrado de Posicionamento de Imagem do Brasil, um Plano Nacional de Atração de Investimentos e a implantação de um Mapa do Turismo Inteligente. Prevista no Plano Nacional de Turismo 2018/2022, a primeira ação tem como foco identificar e definir um novo posicionamento do Brasil como destino turístico. Por meio de uma plataforma online, o mapa vai identificar e georreferenciar iniciativas inovadoras de empresas, instituições e órgãos públicos do setor de turismo nas 27 UFs.

 

Porto Velho e Guajará Mirim

 

Dezoito municípios do Norte do país serão contemplados pelo programa Investe Turismo. EM Rondônia os selecionados foram os municípios de Porto Velho e Guajará Mirim.

A iniciativa vai levar um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços voltados para 12 regiões turísticas dos sete estados nortistas.

 

POLOS

 

Regiões como o Polo Amazônico (AM), Encantos do Jalapão (TO), Marajó e Alter do Chão (PA), Savana Amazônica e Extremo Norte (RR) e Gaujará-Mirim (RO) serão beneficiados pelos investimentos, que serão de R$ 200 milhões para todo o país. A ideia é que os projetos a serem implementados aumentem a qualidade da oferta turística das rotas selecionadas na região Norte.  

 “O Norte do Brasil tem destinos que oferecem natureza exuberante, aventura em plena selva amazônica, cultura e gastronomia com sotaque e ingredientes indígenas, uma singularidade que precisa ganhar o mundo. É hora de converter nosso potencial turístico em negócios, empregos e renda”, destaca o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

O diretor-presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, o programa é uma excelente oportunidade para fortalecer o produto turístico Amazônia. “O Norte é a tradução de uma região singular no mundo pela sua cultura e a riqueza que a floresta representa. O turismo é um dos segmentos da economia que tem na sustentabilidade um dos seus principais ativos e a Região Norte é o ícone desse valor. Este é um relevante diferencial para o mercado”, ressalta. 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Viaja Mais Servidor + Cantatas e espetáculos de dança na inauguração da iluminação do Museu da Memória Rondoniense

Viaja Mais Servidor + Cantatas e espetáculos de dança na inauguração da iluminação do Museu da Memória Rondoniense

Ei meu ‘tio’! A programação natalina este ano em Porto Velho está nota mil.***********Assim fui abordado na noite de sexta feira, no Calçadão Manelão

O Movimento de Homero Santos + Estão abertas as inscrições para a ArtRio 2020 + Lenha na Fogueira

O Movimento de Homero Santos + Estão abertas as inscrições para a ArtRio 2020 + Lenha na Fogueira

Lenha na Fogueira Depois de alguns meses de expectativa, os mais de 52 mil servidores do estado de Rondônia, conhecerão na manhã desta sexta feira 13,

Empreendedorismo de Turismo Receptivo + Cantata de Natal no Museu da Memória Rondoniense + Lenha na Fogueira

Empreendedorismo de Turismo Receptivo + Cantata de Natal no Museu da Memória Rondoniense + Lenha na Fogueira

Lenha na Fogueira Pois é, ele pode até não ter sido considerado bom prefeito de Porto Velho, porém, como deputado federal, descarregou no pessoal da A

Edgley Acústico e as homenagens da ACRM + Parque Circuito recebe programação gratuita de Natal

Edgley Acústico e as homenagens da ACRM + Parque Circuito recebe programação gratuita de Natal

 A Superintendência Estadual de Turismo – SETUR em parceria com o SEBRAE realiza, na tarde desta quarta feira 11, a partir das 14 horas, no Salão Nobr