Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Programa Viaja Mais Servidor + De Manicoré para Porto Velho Forró da Luzia


Programa Viaja Mais Servidor + De Manicoré para Porto Velho  Forró da Luzia  - Gente de Opinião

 

Vamos começar divulgando a programação deste final de semana, do Arraial Floresta na Roça, que está montado no campo de futebol do bairro Floresta (antigo Areal da Floresta), na rua Três e Meio.

************

Quem inicia as apresentações de grupos folclóricos na noite deste sábado 17, é a Junina A Roça é Nossa Mirim seguida da Junina Rosas de Ouro e Mocidade Junina.

**********

Amanhã domingo 18, último dia do Arraial, quem vai se apresentar, é a Junina Rosas de Ouro Mirim; Matutos do Socialista e Junina A Roça é Nossa. Depois só em 2020.

**********

Outro evento é a Mostra de Cultura Popular que está acontecendo na Associação Santiago Maior ali na rua Mané Garrincha - Vila Nazaré no bairro Socialista. Hoje tem a queima do Alho e amanhã o Boi no Rolete. É o Arraial do Padre Enzo que há 25 anos faz sucesso. 

***********

Por falar em Arraial me lembrei de alguns comentários que o pessoal postou nas redes sociais, sobre o resultado do Flor do Maracujá deste ano.

**********

Um dos que mais esta dando o que falar, principalmente nos bastidores dos arraiais que estão acontecendo, pós Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás do Flor do Maracujá é o seguinte:

*********

Falam que mesmo sem acontecer o Duelo na Fronteira, os Bois de Guajará Malhadinho X Flor do Campo continuam duelando.

*********

Não satisfeitos com a suspensão da festa da Pérola do Mamoré o famoso FEFOPEM, trouxeram a disputa para Porto Velho.

*********

Mesmo sem a presença física de Flor do Campo e Malhadinho os guajaramirenses continuam torcendo pelos seus grupos,

**********

Aí o desavisado, pergunta torcendo como? É levar a disputa para os ateliês de fantasias e indumentárias que você vai ver que o Duelo na Fronteira continua acontecendo,

*********

De uma maneira inusitada, pois nem sempre as cores representam, ou dizem respeito, aos bois de Guajará Mirim.

*********

A brincadeira entre os “Bois Bumbazeiros”, é que o FLOR DO CAMPO este ano perdeu mais uma vez pro MALHADINHO.

**********

A explicação é a seguinte: O Boi Marronzinho de Porto Velho desde o ano passado vem contando com a participação direta, de artesãos e dirigentes do Boi da Dona Georgina o chamado Boi Vermelho da Pérola do Mamoré.

**********

Enquanto há alguns anos, o Cleiton Lopes que foi presidente do MALHADINHO e até hoje, é considerado como o melhor PAJÉ que já se apresentou no Duelo na Fronteira.

**********

É, junto com dona Branca o estilista (artesão) do bumbá Corre Campeão de Porto Velho que foi campeão do último Flor do Maracujá.

***********

Aliás, o Cleiton também ganhou o troféu de Melhor Pajé do Flor do Maracujá 2019, além de no quesito fantasia, o Corre Campo ter ganho também a nota DEZ.

**********

Daí os “Língua de Maltides”, vivem falando, que mais uma vez o MALHADINHO venceu o FLOR DO CAMPO. Nunca vi tanta maldade com o Boi do Tamandaré! Só sei que foi assim!

**********

Cleiton sozinho, venceu a equipe do Flor do Campo responsável pelas indumentárias e alegorias do Marronzinho. Quem está morrendo de rir, é o Silfarney do Boi Az de Ouro! Vai ser fofoqueiro assim lá no restaurante da Rosário mermão!

**********

Agora vou visitar a exposição fotográfica sobre a Festa do Divino Espirito Santo que está no |Museu da memoria Rondoniense montado no prédio do antigo Palácio Presidente Vargas com entrada pela rua D. Pedro II.

***********

As fotos são dos profissionais da fotografia Luiz Brito que fotografa a procissão fluvial do Vale do Guaporé desde o inicio dos anos de 1980 e da fotografa Marcela Bonfim que na atualidade está fazendo a diferença em se falando de fotografia cultural.

***********

Que saber mais alguma fofoca sobre o mundo cultural de Porto Velho, me procura no Festival Folclórico de Humaitá (AM)v, que começou ontem e termina hoje.


SETUR

Programa Viaja Mais Servidor

Fase de Chamamento Público

 

O turismo de natureza e de aventura representa 8,1% do PIB do Brasil, garantindo ocupação para 6,9 milhões de pessoas. No mundo, esse índice é de 10,4% na média de 185 países pesquisados pelo World Travel & Tourism Council (WTTC). E mais. O segmento teve crescimento de 3,1% no ano passado, enquanto o PIB brasileiro cresceu 1,1% no mesmo período, segundo o Instituto brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dados do governo federal confirmam que o número de turistas estrangeiros cresceu quase 30% nos últimos anos. A pesquisa também aponta que os ‘Planos dos brasileiros para 2019’, 63% dos entrevistados priorizaram `cuidar da saúde`. `Estudar e aprender coisas novas` foi a resposta de 56% das pessoas, seguida de `praticar atividade física (54%), ‘viver novas experiências’ (47%), ‘dedicar mais tempo para mim’ (45%), ‘fazer viagens interessantes` (44%), entre outras opções. “Isso quer dizer que essas pessoas querem fazer TURISMO. Eles só não sabem disso. “E cabe a nós mostrar isso para quem valoriza a experiência em detrimento ao consumo de bens, uma tendência em crescimento acelerado no mundo”.

Baseado nestes números e em análises de outros fatores, o governo do estado de Rondônia tendo como interessada  a Superintendência Estadual de Turismo-SETUR REALIZA Chamamento Público para Convocação de Organizações da Sociedade Civil sem fins lucrativos e Empresas do segmento turístico que tenham interesse em participar  do Programa Viaja Mais Servidor na prestação de serviços e produtos que ofereçam descontos e ofertas atrativas, inicialmente, aos aproximadamente 52 mil Servidores Públicos Estaduais do Poder Executivo, ativos e inativos, no Estado de Rondôna.

OBJETIVO

O programa Viaja Mais Servidor tem por objetivo gerar o fomento do segmento turístico, o sentimento de pertencimento do Estado de Rondônia aos Servidores Públicos Estaduais do Poder Executivo que usufruirão do Programa além da movimentação econômica do segmento, valorizar o Servidor Público quanto ao acesso às atividades turísticas  locais fortalecer o mercado interno, dinamizando a cadeia de distribuição do turismo e proporcionar maior estabilidade   ao setor de serviços; estimular a atividade turística, em especial, nos  períodos de baixa ocupação, como mecanismo de aumento da competitividade dos destinos rondonienses e redução dos efeitos da sazonalidade, proporcionar ao público alvo maior conhecimento  as atrações rondonienses; de sua natureza, cultura, incentivando o hábito de viagem. “Para o Servidor: Lazer! Para o empresário: Fortalecimento e visibilidade do seu negócio” disse o Superintendente da Setur  Gilvan Pereira

MAIS INFORMAÇÃO

O Instrumento Convocatório e todos os elementos integrantes  encontram-se  disponíveis para consulta e retiradas dos interessados no endereço eletrônico www.supel.ro.gov/supel Edital Chamamento Público 010/2019 SETUR 3212-9940.

Programa Viaja Mais Servidor + De Manicoré para Porto Velho  Forró da Luzia  - Gente de Opinião


De Manicoré para P. Velho

Forró da Luzia - na OAB 

A partir das 22 horas a comunidade forrozeira de Manicoré (AM) residente em Porto Velho capital do estado de Rondônia, tem encontro marcado no Clube da OAB onde vai acontecer a 10ª edição do Forró da Luzia.

A professora Luzia há 50 anos realiza a festa no município amazonense de Manicoré, há época pela falta de uma evento que marcasse as festas juninas naquela localidade, então reuniu seus alunos do MOBRAL e sugeriu a realização de uma festa de forró para festejar os santos juninos Santo Antônio, São João e São Pedro em frente à escola, foi quando os alunos sugeriram que ao em vez de ser na frente da escola que fosse em frente à casa de Luzia. O evento fez tanto sucesso que se transformou em atração turística da cidade e até, passou a fazer parte do calendário cultural da cidade amazonense.

Há dez anos, dona Luzia atendendo sugestão dos manicoerenses residentes em Porto Velho, concordou em realizar seu forró na capital rondoniense. “Os Bacurau de Porto Velho também merecem uma noite de muito forró”, disse a professora Luzia.

A festa este ano vai acontecer na noite deste sábado 17, no Clube da OAB com as atrações Banda Country de Porto Velho mais que tem em sua formação, músicos de Manicoré e um Banda que veio de Manicoré exclusivamente para participar do Forró da Luzia 2019 em Porto Velho. Informações pelo celular (69) 88448-2662 ou 99945-6210. 

Programa Viaja Mais Servidor + De Manicoré para Porto Velho  Forró da Luzia  - Gente de Opinião

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira + Palco Giratório apresenta  Se eu fosse Iracema + Edital para artesãos participarem da ExporPorto

Lenha na Fogueira + Palco Giratório apresenta Se eu fosse Iracema + Edital para artesãos participarem da ExporPorto

Lenha na Fogueira Meu amigo Antonio Serpa do Amaral o Basinho postou na sua fan page do face book uma crônica sobre as criticas ao documentário do qua

Musa do festival de Praia  de Costa Marques + Alunos da escola Castelo Branco na Oficina de Teatro

Musa do festival de Praia de Costa Marques + Alunos da escola Castelo Branco na Oficina de Teatro

Lenha na FogueiraO Palco Giratório do Sesc 2019, que está sendo a´presentado em Porto Velho desde o último dia 7 de setembro e vai até o próximo dia 2

Portal Rondônia Tem Tudo  Apresentado ao publico + Em Portugal, atriz de Rondônia  tem papel de destaque em novela

Portal Rondônia Tem Tudo Apresentado ao publico + Em Portugal, atriz de Rondônia tem papel de destaque em novela

Lenha na Fogueira Palco Giratório é sucesso de público em Porto Velho************O Festival Palco Giratório é o maior intercâmbio das artes cênicas do

Palco Giratório apresenta  Teatro dos Imaginários + Aberto o edital  para seleção de bandas que se apresentarão no aniversário de Porto Velho

Palco Giratório apresenta Teatro dos Imaginários + Aberto o edital para seleção de bandas que se apresentarão no aniversário de Porto Velho

Lenha na FogueiraConforme prometido na coluna de ontem, voltamos a nos reportar sobre o documentário “Caçambada Cutuba”, que de início, tinha como obj