Porto Velho (RO) quarta-feira, 25 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Porto Velho comemora 99 anos da instalação


 Porto Velho comemora 99 anos da instalação - Gente de Opinião

O feriado deste 24 de janeiro, é em comemoração aos 99 anos da Instalação do município de Porto Velho. Andei vendo e lendo nas redes sociais, alusões que confundem a data da Instalação com a data da criação do município. Vamos colaborar com os leitores escrevendo sobre o que se comemora no dia de hoje na capital do estado de Rondônia.

A cidade de Porto Velho para muitos, nasceu no ano de 1907 e para poucos em 1908, quando a Empresa responsável pela construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, optou por transferir o ponto de inicio da construção da ferrovia, da Vila de Santo Antônio que a época pertencia ao estado de Mato Grosso, para 7 km abaixo da 1ª Cachoeira do Rio Madeira, em terras pertencentes ao estado do Amazonas, justamente na localidade conhecida como Porto dos Lenhadores, Porto Velho dos Militares entre tantas denominações inclusive, Ponto Velho das Caçadas...

O povoado cresceu em volta das oficinas da Madeira Mamoré e de inicio não passava da avenida Presidente Dutra, que no inicio não tinha nem nome.

Com o burburinho dos operários da ferrovia que passaram a residir nos casarões construídos pela empresa nas proximidades das oficinas, Casa 3, Casa 6, Paraíso, Administração da Empresa entre outros, os comerciantes de Santo Antônio começaram a se transferir para Porto Velho e foram ocupando os espaços que ficavam fora da área da administração da EFMM.

A rua mais famosa dessa parte do povoada era a rua da Palha hoje batizada como Natanael de Albuquerque, uma travessa, que começa na Praça Rondon e termina na rua Prudente de Moraes, porém, era ali que funcionava o Cine Teatro “Fênix”, os puteiros e o comércio de “bugigangas”. 

Então chegou vinda do Maranhão a Mãe Esperança Rita e montou o Batuque de Santa Barbara no local que ficou e é conhecido como Mocambo,

O governo do Amazonas sentindo que não poderia deixar de faturar mais impostos em cima da cidade que nascia a mercê da desorganização, pois ninguém se importava em saber quem era o dono das terras que ficavam acima da “Linha Divisória”, criou através da Lei 757 de 02 de outubro de 1914 o Município de Porto Velho que foi sancionada pelo governador Jonathas de Freitas Pedrosa.


Porto Velho comemora 99 anos da instalação - Gente de Opinião
 

Instalação do Município

No dia 24 de janeiro de 1915, o governador do estado do Amazonas nomeou o Major de Engenharia do Exército Fernando Guapindaia de Sousa Brejense como intendente municipal, cargo equivalente ao de prefeito, assumindo oficialmente a administração do município de Porto Velho.

Para não pagar imposto ao município, a Cia Madeira Mamoré, depois de alguns pegas entre seus dirigentes e o intendente Guapindaia, criou uma cerca que recebeu o nome de Linha Divisória (justamente onde hoje é a Presidente Dutra), dividindo os territórios: Da Linha Divisória para a Beira do Rio Madeira as leis que prevaleciam eram as da Madeira Mamoré e para cima no rumo da praça Amazonas (hoje Jonathas Pedrosa), quem mandava era a intendência.

Portanto amigos das redes sociais, neste dia 24 de janeiro de 2014 estamos comemorando 99 anos da instalação do município de Porto Velho cuja área, vai do distrito de Calama no baixo Madeira até o distrito de Extremas na chamada Ponta do Abunã.


Lenha na Fogueira

Porto Velho comemora 99 anos da instalação - Gente de Opinião

Bem que poderíamos estar participando de uma grande festa no dia de hoje, em comemoração aos 99 anos de instalação do município de Porto Velho.

*********

O nome da festa poderia ser, “Festa para Porto Velho na véspera do centenário”.

********

Quero crer e até concordo com a administração municipal, que diante do caos no qual se transformou a cidade de Porto Velho, cuja “culpada” é a chuva,

********

E até porque o maquinário que vai servir para desobstruir os bueiros e abrir as valas que vão escoar a água empoçada praticamente em todas as ruas de Porto Velho, só vai chegar daqui a 90 dias.

********

E considerando que “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. Fica difícil para a prefeitura fazer festa para uma “datazinha” que para eles, que não sabem nada sobre nossos costumes e tradições, não precisa ser festejada.

*********

Nem mesmo com mensagem de parabéns nos meios de comunicação. Oficialmente ninguém fala nada a respeito da data 24 de janeiro. Aliás, será que eles (da prefeitura), sabem que o feriado de hoje, é em comemoração a instalação do município de Porto Velho? Tenho lá minhas dúvidas.

********

Assim sendo: “Nesta prontidão sem fim, vou fingindo que sou rico, pra ninguém zombar de mim”, Filosofia de Noel Rosa!

********

Então vamos festejar a nossa maneira, na maneira beradeira de dizer parabéns:

********

Eita Porto Velho, velho de guerra! Hoje completas 99 anos como município instalado, primeiro do estado do Amazonas e agora do estado de Rondônia.

********

Porto Velho de Jonathas Pedrosa a Aluizio Pinheiro Ferreira, de Jorge Teixeira a Confúcio Moura; do Major Guapindaia ao Dr. Mauro Nazif.

********

Ponto Velho, Porto Amazônico, Porto Velho dos Militares, Porto Velho do velho lenhador e Porto Velho. Porto Velho do tempo dos ingleses, dos casarões de pinho de riga, Casa 3, Casa 6, Paraíso e Pensão do Napoleão.

**********

Porto Velho dos velhos carnavais nos clubes Internacional, Noroeste, Ypiranga, Imperial. União Operária, Danúbio Azul Bailante Clube, Guaporé e Bancrévea.

*********

Porto Velho das escolas de samba Diplomatas e Caiari. Porto Velho da Varanda Tropical do Porto Velho Hotel. Porto Velho dos times de futebol: Ypiranga, Ferroviário, Flamengo, Botafogo, Cruzeiro, Rondônia, São Domingos e Moto Clube. Porto Velho campeão da Amazônia.

*********

Porto Velho, dos arraiais ao redor da Catedral nos meses de maio e outubro. Porto Velho de quando a brincadeira de Boi Bumbá era na rua. Porto Velho dos festivais folclóricos da quadra do Barão do Solimões, da Voz da Cidade do Fuad Nagib e Humberto Amorim. Porto Velho do trem horário da Madeira Mamoré.

**********

Porto Velho da buraqueira, do tempo da poeira e do lamaçal que toma conta das tuas ruas até os dias de hoje.

**********

Porto Velho das retretas na praça Marechal Rondon, do Cine Resk, Cine Brasil e Cine Lacerda. Porto Velho do Clipper do João Barril e do Bar Central. Porto Velho da Casa Saudade e Pernambucana. Porto Velho da lancha do Beiradão e do trem da Feira.

**********

Porto Velho da feira em frente ao Mercado Municipal, que hoje é Cultural. Porto Velho da rua do Coqueiro e da Feira Modelo hoje Mercado Central.

*********

Porto Velho da Serraria Santo Antônio e das Oficinas da EFMM. Porto Velho da procissão do Círio de Nazaré, da procissão do Senhor Morto e de São Francisco.

*********

Porto Velho que completa 99 anos de instalação nesta sexta feira 24 de janeiro de 2014!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

A Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer), realiza neste sábado (16), o ensaio para a gravação do filme em linguagem teatral "O Pecado de Pau

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Entrega da obra do Museu Casa Rondon, em Vilhena.  A finalidade do Museu é proporcionar e desenvolver o interesse dos moradores pela rica história

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Hoje os católicos celebram o Dia de Nossa Senhora Aparecida a padroeira do Brasil. Em Porto Velho as celebrações vão acontecer no Santuário de Apareci

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Tenho uma maneira própria de medir a audiência de um programa de rádio. É o seguinte: quando o programa ecoa na rua por onde você está passando, dando