Porto Velho (RO) sábado, 23 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

O Homem de Nazaré volta à ser encenada - Espetáculo dos baianos no carnaval do Bloco Leva Eu de Porto Velho


O Homem de Nazaré volta  à ser encenada - Espetáculo dos baianos no carnaval do Bloco Leva Eu de Porto Velho - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira



A pedida de hoje, é o Bumba Folia que vai acontecer na Associação Salve Jorge – Vila Tupi na tarde/noite deste domingo, com a participação do grande Davy Assayague de Parintins.

*********

Um dos organizadores do evento Fábio Di Góis faz o seguinte convite: Alô alô minha Porto Velho querida, o momento não é de parar pra ficar pensativo e sim, de se alegrar, vamos curtir pela primeira vez, a unificação Quadrilheira junina de Porto velho com a musicalização das toadas de Boi Bumbá da Banda Lokomotiva Ritimada em um só espaço.

***********

O Primeiro Bumbá Folia é um marco histórico para Porto Velho e para o Estado Rondônia dentro do movimento cultural folclórico, esse é o nosso carnaval no Ritmo de Boi Bumbá

***********

Se Deus quiser tudo dará certo e será um sucesso. Com a presença do IMPERADOR da Amazônia David Assayag o Levantador de Toadas Oficial do Boi Bumbá Caprichoso.

**********

A festa está marcada para começar as 16 horas com o DJ Evaldo Gonçalves, Regional Junino Trio, Lokomotiva Ritimada com Fábio Di Góis e Thiago encerrando com a participação do Davi Assayague.

********

Vamos nessa que garanto que será muito boa a programação, além do que, as cunhãs estarão com suas indumentárias de Boi o que é muito sensual.

*********

Bom! O Bloco Leva Eu, apesar de não ter desfilado, já que ficou parado na Concentração, pode ser considerado como o mais animado (depois da Banda) neste carnaval.

********

Os cantores Tatau (ex-Araketu), Reinaldinho (ex-Terra Samba) e Ninha (ex-Timbalada)” acompanhados pela ótima Banda Axé 90º Graus cantaram sem intervalo por mais de duas horas e o que foi melhor, sem muita conversa. Os caras vieram pra cantar de verdade e os foliões que marcaram presença na Pinheiro Machado saíram satisfeitos, apesar de o bloco ficar parado.

*********

Independente de algum problema, o Leva Eu cumpriu com seu objetivo que era colocar seus foliões no clima de carnaval baiano. Poucos foram os que protestaram quando o Reinaldinho anunciou que o Trio ficaria parado, isso no início do show. Quando começaram a cantar colocando todo mundo pra cima, ninguém mais queria saber se o bloco ia andar ou não.

********

Depois do shows dos cantores da Bahia a Banda Leva Eu assumiu e mesmo a coordenação tendo anunciado que depois do show da 90º o trio sairia, talvez pelo avançado da hora resolveram ficar parado e o carnaval foi até as quatro da madrugada de sábado.

********

Da “bezim” pra cantar: “Com cordeiro ou sem cordeiro, eu brinco”. Valeu Vavá, Aldo e toda a diretoria do Leva Eu.

********

Alguns estavam comentando que o Leva Eu é o mais novo integrante da Associação dos Blocos que fazem parte do segmento: Concentra mais não desfila

********

Na realidade o Leva Eu não levou ninguém pelo circuito Pinheiro Machado. Levou para a concentração e para o Open Bar que também não durou o combinado.

********

Para encerrar de vez o carnaval deste ano, ainda temos na noite deste domingo no circuito Pinheiro Machado o desfile do bloco “Tô de Folga” que é formado pelos PMs que trabalharam durante o carnaval.

*********

A concentração começa as 20 horas e o desfile as 22 horas. Vamos brincar carnaval PMs que ninguém é de ferro.

*********

Esperamos que o balanço geral do carnaval de rua em Porto Velho, seja dos mais tranquilos. Até a noite de sexta feira, poucas foram as ocorrências registradas na Central de Polícia e no João Paulo II. Isso quer dizer, que o folião de Porto Velho realmente está focado na brincadeira de carnaval e pronto!

*********

Agora a pauta diz que o próximo grande evento será o Flor do Maracujá que segundo a Federon e a Sejucel, vai começar no mês de junho. Estamos na torcida!


O Homem de Nazaré volta à ser encenada em PVH

Sexta feira dia 08, com o Teatro Banzeiros parcialmente lotado, a direção do Grupo Teatral Êxodo ofereceu coquetel a imprensa e convidados especiais, para apresentar a nova versão da peça “O Homem de Nazaré”, que volta à cena teatral de Porto Velho no feriadão deCorpus Christinos dias 20, 21 e 23 de junho.

A solenidade de lançamento da Peça foi bastante emocionante, pois, da última vez que a direção do Êxodo realizou a festa , justamente no Teatro Banzeiros, o presidente José Monteiro no final da solenidade anunciou que “Infelizmente fomos informados neste momento que a prefeitura não vai atender nossa solicitação de apoio”. Sexta feira dia 08 deste mês de março de 2019, no mesmo palco, Monteiro lembrou o triste episódio e emocionado, anunciou: “Graças a compreensão do prefeito Hildon Chaves e em especial de sua esposa primeira dama Yeda Chaves a peça volta a contar com o apoio da prefeitura de Porto Velho. “Quero lembrara que nossa diretoria se reuniu e resolveu voltar a encenar a peça com ou sem ajuda oficial, foi aí que a primeira-dama soube e nos convidou para uma reunião na qual estava seu marido o prefeito Hildon Chaves que concordou em apoiar, não com dinheiro público, mas, conseguindo patrocínio junto ao empresariado de Rondônia”, disse Monteiro lembrando: “Não se comprometeu em repassar recursos financeiros da prefeitura, porém, deu ordem a praticamente todas as secretarias a colaborarem com apoio logístico”. Antônio Ocampo Fernandes presidente da Funcultural e no ato representando o prefeito de Porto Velho confirmou as palavras do Monteiro.


Novo ator no papel de Cristo


Na oportunidade a direção do Grupo Êxodo anunciou as mudanças que acontecerão na concepção do espetáculo este ano. Exemplo: três diretores estarão na direção Nery, Nazareno e Alexandre.

Foi apresentado o ator Luiz Gustavo Aldunate que assume o papel de Jesus Cristo no lugar de Omedino Pantoja.

Os diretores apresentaram como cartão de visita do novo espetáculo, a cena “Santa Ceia” já com a participação do Luiz Gustavo no papel de Cristo, no final o público aplaudiu de pé a encenação.


Outra novidade, é que a peça começa a ser encenada durante o dia, ou seja, a cena do batismo de Cristo e o Sermão da Montanha vão acontecer durante o dia já que a peça vai começar as 17h30. “Nossa intenção é terminar o espetáculo as 20 horas, nos três dias de apresentação”, disse o presidente Monteiro encerrando: Eu diria que o espetáculo será o grande mutirão do amor. Juntamos as forças e todos juntos, temos certeza que será o melhor espetáculo de todos os tempos”.

Na oportunidade o diretor Nery anunciou que os ensaios, acontecerão no Colégio Dom Bosco e só depois serão levados à cidade cenográfica Jerusalém da Amazônia.


Espetáculo dos baianos no carnaval do Bloco Leva Eu de Porto Velho


O Bloco Leva Eu apesar de não ter desfilado, conforme o anunciado pela sua diretoria, está sendo considerado o mais animado do carnaval de Porto Velho em 2019.

Com a participação dos cantores Tatau (ex-Araketu), Reinaldinho (ex-Terra Samba) e Ninha (ex-Timbalada)” os mais de 4 mil foliões vestidos com o abadá do bloco, mais a “Pipoca” com aproximadamente 5 Mil, brincaram carnaval ao som do repertório baiano recheado de axé, reggae e samba de roda. A Banda Axé 90 Graus foi um show a parte, principalmente na percussão. “Os caras são feras”, comentava Wanderlei da confraria Pobres do Caiari.

A festa baiana começou as 23h30 e terminou as 2 da madrugada, quando assumiu a animação do bloco a Banda Leva Eu formada por músicos de Porto Velho.

O Leva Eu não desfilou, mais proporcionou aos foliões que marcaram presença no circuito Pinheiro Machado, momentos de muita alegria e animação.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Histórias  da cidade onde nasci e vivo - O alambrado da rua Divisória - TRE-RO realiza exposição  Mulher em Evidência

Histórias da cidade onde nasci e vivo - O alambrado da rua Divisória - TRE-RO realiza exposição Mulher em Evidência

Lenha na FogueiraEstamos chegando ao período dos ensaios dos grupos de danças folclóricas. Aliás, os grupos de dança de quadrilha junina já estão ensa

Lenha na Fogueia: Inscrições para artesãos na Rondônia Rural Show - Boto Rock 2019 terá três palcos e 36 bandas participantes

Lenha na Fogueia: Inscrições para artesãos na Rondônia Rural Show - Boto Rock 2019 terá três palcos e 36 bandas participantes

Lenha na FogueiraAntes da reforma da previdência, cuja aprovação vai garantir no futuro, a aposentadoria de muita gente. Seria melhor dizer, a aposent

Lenha na Fogueira: Sesi Vilhena fica entre  os melhores em Robótica

Lenha na Fogueira: Sesi Vilhena fica entre os melhores em Robótica

Lenha na FogueiraO Movimento Cultural de Porto Velho (Rômulo Pacífico) e o Conselho Municipal de Cultura (Reginaldo Makumbinha) protocolou na última s

Orismar Garcia Alves: Histórias do Teixeirinha – O seringueiro que produziu mais 30 mil toneladas de borracha

Orismar Garcia Alves: Histórias do Teixeirinha – O seringueiro que produziu mais 30 mil toneladas de borracha

"Vim fugido da casa do meu pai porque ele era muito perverso, se a gente desobedecesse a peia comia. Quando estava com 8 anos de idade as punições fic