Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

O Cidadão Samba de PVH Completa 81 anos hoje - Governador quer um nome para Feira Agropecuária de Porto Velho


O Cidadão Samba de PVH  Completa 81 anos hoje - Governador quer um nome para  Feira Agropecuária de Porto Velho - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira

E vem aí a Feira Agropecuária de Porto Velho a nossa EXPO-AGROVEL.

**********

Esse nome EXPO - AGROVEL é uma sugestão minha, atendendo a solicitação do governador Coronel Marcos Rocha a toda população de Rondônia, para sugerirem nome para a nova Exposição Agropecuária que deverá acontecer ainda este ano em Porto Velho.

***********

Taí uma ação bacana do governador. Trazer de volta a nossa Exposição Agropecuária que desde o inicio do governo passado, deixou de existir, justamente por falta de compreensão do então governador.

*********

Isso sim pode ser considerado como RESGATE, pois a população de Porto Velho sente falta da sua festa de peão.

*********

Nota MIL ao governador pela iniciativa. Legal é que em sua postagem o Coronel Marcos Rocha diz que a Feira de Porto Velho será completa, ou seja, terá shows, rodeios, roda de negócios, praça de alimentação e tudo que uma Exposição Agropecuária tem direito.

**********

A história das exposições agropecuárias de Rondônia começa por Porto Velho, quando a Associação dos Criadores do Estado de Rondônia – ACER que por muitos anos teve a frente o empresário Ivan Souza, criou a EXPOAGRO.

**********

A Expoagro funcionou por muitos anos no Parque dos Tanques.

***********

Quando a turma do Ivan deixou de se interessar pela realização da Feira, o João do Vale, Ayres do Amaral e outros então criaram a Expovel que foi desmontada pelo governo de Confúcio Moura.

**********

Daí pra cá os amantes das festas de peão (rodeios, rainhas, etc.), em Porto Velho, ficaram sem opção e as Exposições realizadas no interior dominaram a parada.

**********

A Expoari sempre foi destaque entre as Feiras Agropecuárias realizadas em Rondônia. A Expoji quando o hoje senador Acir Gurgacz foi presidente da Associação dos Criadores de Ji-Paraná chegou a ser considerada a maior, e a mais organizada, depois caiu e agora, Ji-Paraná se destaca pela realização da Rondônia Rural Show. Outra feira que é destaque é a Expovil de Vilhena.

**********

Hoje as feiras de Rolim de Moura, Pimenta Bueno e Cacoal além de Ouro Preto se destacam pelo volume de negócios.

********

A realização das exposições agropecuárias são fontes de geração de renda, emprego e principalmente de negócios. Grandes empresas de produtos e insumos agrícolas montam seus stands nessas Feiras e o volume de negócio é muito significativo.

*********

O mais legal, é que a realização do empreendimento, movimenta todo o comercio da cidade. Do vendedor de churrasquinho ao vendedor de máquinas pesas. Os hotéis ficam com ocupação total.

*********

Investir na realização de uma Exposição Agropecuária é movimentar toda a cadeia produtiva da cidade.

**********

Pra quem não sabe, o maior rebanho bovino do estado de Rondônia é em Porto Velho então, não tem porque não termos nossa Exposição com tudo que é de direito.

**********

Vamos assistir a preços acessíveis shows dos grandes artistas sertanejos, e apreciar as disputas de grandes peões na arena de rodeio.

*********

A população gosta de ficar passeando pelo meio da baias admirando os bois, cavalos, porcos, carneiros e cabras.

*********

A meninada se diverte, uns com medo de encostar no animal e outros afoitos demais. É a festa do povo do campo na cidade. É algo indescritível.

**********

Em Porto Velho não vejo outra área, que não seja o Parque dos Tanques para a realização da nossa Exposição Agropecuária.

**********

Vai lá na página do face do governador Coronel Marcos Rocha e posta a sugestão do nome para a nossa Exposição Agropecuária. Aproveita que o homem tá com vontade de fazer!

*********

Como não sou besta, já postei a minha sugestão, espero que o Coronel Marcos Rocha goste e coloque para apreciação dos demais.

**********

EXPO – AGROVEL - Exposição Agropecuária de Porto Velho!

O Cidadão Samba de PVH  Completa 81 anos hoje - Governador quer um nome para  Feira Agropecuária de Porto Velho - Gente de Opinião

O Cidadão Samba de PVH

Completa 81 anos hoje

 

A comunidade do meu samba, nasceu na Vila Confusão, um aglomerado de barracos, que existiu, no local onde hoje existe a Galeria Lacerda no centro de Porto Velho. Isso nos idos dos anos 1940, quando pra cá vieram os chamados Soldados da Borracha durante a 2ª Guerra Mundial.

Entre os tantos “arigós” que desembarcaram no porto do Plano Inclinado um se destacou, primeiro por não aceitar ir para os seringais e preferir ficar na cidade, onde passou a ser vendedor de bilhete da Loteria Federal durante o dia e a noite vendia bombom em frente ao Cine Teatro Resk seu nome Eliezer dos Santos mais conhecido como “Bola Sete”.

Bola Sete apesar de não morar na Vila Confusão já que seu reduto era o Mocambo, sempre frequentava as rodas de capoeira por ser baiano que aconteciam na Vila onde a maioria dos moradores era do sexo masculino e por isso, as brigas eram constantes o que gerou o nome “Vila Confusão”.  Era ali também que os boêmios da cidade se encontravam aos sábados para comer “Panelada” e se diverir tocando e cantando samba e outras músicas e foi ali também que o Bola Sete junto com outros parceiros criou a primeira escola de samba de Porto Velho a “Deixa Falar”.

Por lá sempre estava um garotinho, das pernas tortas, que se destacava por saber tocar pandeiro e outros instrumentos de percussão. Pra li ele foi levado pelo seu irmão mais velho, que tocava violão e foi dessas rodas de boemia, que Porto Velho ganhou seu eterno Mestre Cidadão Samba.

O nome do garoto é Waldemir Pinheiro da Silva – popularmente conhecido como Mestre Bainha.

Bainha nosso eterno Cidadão Samba está completando na data de hoje 11 de agosto, 81 anos de vida e que vida, em plena forma, sambando, compondo e participando de tudo quanto é roda que acontece na capital de Rondônia.  

Bainha foi um dos fundadores das escolas de samba Os Diplomatas, Mocidade Independente do KM-1, Unidos da Nova Porto Velho; Unidos da Castanheira e fundou escola de samba até em Ji-Paraná.

Todo primeiro sábado do mês, você encontra o Bainha cantando samba de sua lavra no Projeto Samba Autoral.

Bainha 81 anos de idade, samba e boemia! Parabéns Mestre!

Governador do estado de Rondônia Coronel Marcos Rocha - Gente de Opinião
Governador do estado de Rondônia Coronel Marcos Rocha

EXPOSIÇÃO

Governador quer um nome para Feira Agropecuária de Porto Velho


O governador do estado de Rondônia Coronel Marcos Rocha postou no inicio da noite da última sexta feira 09, mensagem solicitando a população, em especial a de Porto Velho, sugestões para o nome da nova Feira Agropecuária de Porto Velho que por sua vontade, deve acontecer ainda este ano.

Em sua postagem o governador diz que só não vale o nome EXPOVEL. Vamos a postagem do governador:

Olá, Rondônia! Preciso da sua ajuda!

— Queremos sugestões de um nome para a nova festa agropecuária de Porto Velho. Comentem abaixo. Compartilhem e me marquem.

— O objetivo é fazê-la, ainda em 2019. Haverá festas, rodeio, apresentações, cavalgada e diversos entretenimentos. Tudo isso com muitos negócios!

— Após essa etapa vocês decidirão o melhor nome por enquete.

— Precisamos de um título que passe a ideia de festa, exposição, rural e negócio. Missão complicada, mas opinião é de graça. Kkkkkkk

Tá valendo!

Obs.: Não poderá se chamar Expovel.

Ontem pela manhã, quando escrevíamos essa matéria, mais de 800 sugestões de nomes para a nossa Exposição já haviam sido postadas na página do Coronel Marcos Rocha.

Apenas alertamos aos leitores, que se trata da Exposição Agropecuária de Porto Velho, portanto, o nome deve ser relacionado à Feira da Capital. Muitos sugerem Expo Rondônia; outros Rondônia Rural, na realidade a maioria das sugestões se referem ao estado como um todo.

É só lembrar que as Feiras Agropecuárias ostentam o nome dos municípios ou cidades aonde são realizadas, exemplo: Expoari (Ariquemes); Expoji (Ji-Paraná); Expovil (Vilhena); Expoagum (Guajará Mirim); Expocol (Colorado do Oeste); Expoac (Cacoal) enfim, são mais de 25 feiras agropecuárias que acontecem durante o ano no estado de Rondônia.

Das grandes cidades, a única que não tem a sua é Porto Velho, por isso, o governador Coronel Marcos Rocha abriu campanha para que a capital volte a contar com sua Exposição Agropecuária ainda este ano.

Entra na face Coronel Marcos Rocha e posta tua sugestão.

A minha já postada e devidamente “registrada” é:

EXPO-AGROVEL – Exposição Agropecuária de Porto Velho. 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Concurso Redação Turismo , candidata do Vale do Anari vence + Lenha na Fogueira

Concurso Redação Turismo , candidata do Vale do Anari vence + Lenha na Fogueira

Candidata do Vale do Anari vence concursoRedação Turismo promovido pela SETUR Texto – Silvio M. Santos A beleza dos atrativos turísticos do estado de

Lenha na Fogueira + Bado representa Rondônia na III Mostra Nacional de Música + Mostra Sesc Rondônia de Música 2019

Lenha na Fogueira + Bado representa Rondônia na III Mostra Nacional de Música + Mostra Sesc Rondônia de Música 2019

Lenha na Fogueira Direto do Vale do Guaporé, precisamente do Real Forte Príncipe da Beira onde acontece neste sábado 19,  a solenidade de premiação do

Lenha na Fogueira + Conferência Estadual da Cultura começa nesta sexta-feira, em Cacoal

Lenha na Fogueira + Conferência Estadual da Cultura começa nesta sexta-feira, em Cacoal

Lenha na FogueiraDe hoje até domingo Cacoal será a capital da Cultura em Rondônia.***********Acontece que o governo estadual via Sejucel abre na noite

Lenha na Fogueira + Rumos Itaú Cultural 2019-2020 + Seminário Investe Turismo

Lenha na Fogueira + Rumos Itaú Cultural 2019-2020 + Seminário Investe Turismo

 A respeito da matéria sobre o Primeiro Bairro de Porto Velho publicada na edição de ontem dia 16. A pesquisadora Cledenice Blackman postou o seguinte