Porto Velho (RO) quinta-feira, 19 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Nova Califórnia recebe FestCineamazônia Itinerante


Nova Califórnia recebe FestCineamazônia Itinerante - Gente de Opinião

 

Na noite desta segunda-feira, 6/12, centenas de moradores de Nova Califórnia ingressaram no mundo mágico do cinema e do circo. O afluxo de crianças, jovens e adultos à lona montada numa área central da comunidade, mostra o grau de aprovação às atividades culturais do FestiCineamazônia Itinerante.

Um público ligado na exibição dos vídeos do Festival, que mostram o caminho percorrido até aqui pelo projeto que nasceu em 2003 e cuja itinerância é realizada há três anos, consolidando a iniciativa de expansão do evento. Além da mostra do vídeo oficial do Festival, a plateia viajou no documentário Horizontes e Fronteiras, protagonizado pelo cantor e compositor portovelhense Bado, e dirigido por Jurandir Costa e Fernanda Kopanakis.

O público também fez coro com a dupla de cantores Júnior e Graziano, que apresentaram repertório pra não deixar ninguém quieto. Os nova-californianos aprovaram a participação especial da dupla cria da casa.

A comunidade conheceu ainda o compositor, jornalista e agitador cultural Silvio Santos – o Zé Katraca. Ele participa da itinerância entrevistando personagens pitorescos da região, colhendo histórias curiosas que resultarão na produção do filme Cine Poeira, um tributo ä memória do cineasta Victor Hugo. A título de registro, muitos moradores manifestaram o prazer de conhecer pessoalmente o Zé Katraca, que mantém a coluna Lenha na Fogueira, no jornal Diário da Amazônia.

Mas a plateia entrou em polvorosa mesmo, e especialmente a criançada, ao surgir no palco o palhaço Bicudo. Ninguém se continha com tanta brincadeira, o que arrancava fortes gargalhadas. Era o que o palhaço Bicudo, o Sérgio Bustamantes, queria. Daí até o final do espetáculo, os moradores da vila manifestaram aprovação total ao pacote de arte proporcionado pelo FestCineamazônia.

Ao final de toda a programação, era notória a satisfação do público expressada no rosto de cada um. Para a estudante Ana Kátia, 17, o Festival chega em boa hora. ‘Num momento em que se vê toda forma de violência, entre as pessoas e contra a natureza, é muito bom que vocês tragam esse ponto de reflexão. Eu confesso que aprendi outra forma de ver as pessoas e o meio ambiente, E essa palhaçada toda do Bicudo nos diz que é preciso rir e não perder a esperança’, desabafa.

Para o taxista Paulo César Vacaro, a mostra ‘representa a oportunidade de muitos jovens, quase sem opção de lazer, descobrirem que existem muitas formas saudáveis de se divertir, ao mesmo tempo em que se descobre também que precisamos saber lidar com a natureza’.

Já seu Raimundo Félix, 73, e há quase 50 em Nova Califórnia, aprova a iniciativa, mas se mostra um pouco entristecido por perceber que a boa intenção do Festival não sensibiliza a quem decide o destino do Planeta. ‘Eu não estou preocupado comigo nem com o senhor. Tenho pena é dessa gente nova, nossos filhos e netos, Aqui na nossa região, por exemplo, o clima vem se alterando a cada década. Este ano a seca deixou muitas famílias sem água pra beber. A coisa foi mais feia do que a seca de 2005. Não sei não, mas se não mudarem esse tal de manejo dos madeireiros, tudo vai virar ‘quiçassa’, porque eles têm vários meios de enganar a fiscalização, isso quando os próprios fiscais não são cúmplices da coisa’, avalia, dizendo que iniciativas como a do FestCineamazônia são fundamentais para criar novas consciências. ‘Sou analfabeto, mas presto atenção nas coisas. Acho que dinheiro é muito bom, mas é preciso ter limites, senão a gente acaba esquecendo as pessoas. Meu pai era marinheiro/ Minha mãe Mariola/ Meu pai não teve dinheiro pra me botar na escola/ Mas aprendi soletrar jaca, manga e graviola’, conclui.

Na terça-feira, 7, foi a vez de Extrema receber a itinerância do Festival; e nesta-feira, 8, serão os moradores de Vista Alegre do Abunã a prestigiarem o pacote cultural.

O FestCineamazônia itinerante 2010 é apresentado pela oi, tem o patrocínio da Petrobras e BNDES, Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, apoio cultural Oi Futuro, Governo de Rondônia através da Secel, Prefeitura de Porto Velho, Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Fundação Iaripuna.



 

Estamos escrevendo essa coluna direta do Distrito de Nova Califórnia,

*********

É inicio da madrugada de terça feira dia 7 de dezembro véspera do dia
do meu aniversário.

**********
Acabamos de chegar ao hotel após a programação do Fest Cine Amazônia Itinerante.


**********
Com filmes documentários, show musical da dupla local Graziano & Júnior dois jovens cantores do em voga, sertanejo universitário,

**********
E o espetáculo especial do Palhaço Bicudo.

*********
O que notamos nas entrevistas que o assessor de comunicação Toninho Alves realizou com pessoas da comunidade, foi a carência de eventos como o Itinerancia que é coordenado pelo Juradir e a Fernanda Kopanakis.

*********

A lona (circo) montada na Avenida dos Pioneiros a principal da cidade, ficou repleta, como diz o ditado: `Tinha gente saindo pelo ladrão.

*********
Bicudo com suas pantomimas fazendo o povo se acabar de gargalhar e de bater palma.


*********
Muitas pessoas após a programação e enquanto a equipe de apoio desmontava o circo, vieram nos procurar elogiando o espetáculo e lamentando por não contarem com maior freqüência aquele tipo de ação.

**********

Foi então que começamos a nos questionar.


**********
Por que será que a prefeitura municipal de Porto Velho através da Fundação Iaripuna e da Semed não levam até os Distritos uma programação cultural pelo menos de quinze em quinze dias?

**********
Por que não promovem oficinas de música, dança, teatro, artesanato e outras atividades como capoeira e hip hop?

*********
Será que é tão dispendioso assim proporcionar aquela população atividades de lazer?

*********
Por que será que o governo estadual através da Secel não promove também atividades culturais e de lazer nessas localidades?

**********

Por que na hora em que se abriram inscrições para os Pontos de Cultura não se priorizou as localidades com menos acesso a esses meios de divertimento, destinando técnicos para orientar entidades da comunidade como se e; laborar um Projeto com capacidade para se transformar num Ponto de Cultura.


*********
Por que será que a Semed não incentiva a expansão da escola de música Jorge Andrade criando pelo menos o curso de violão.

*********

Por que será que não se promove oficinas de teatro nessas localidades, incentivando a criação de um grupo local.

********

Estou escrevendo de Nova Califórnia, porém creio que os distritos de Extrema, Vista Alegre do Abunã. União Bandeirante sofrem do mesmo problema.

*********

A juventude fica a mercê de nada, sem saber o que fazer quando a noite chega, ou chega o fim de semana.

********
Uma jovem me procurou por ouviu o Jurandir anunciar que estava ali presente o compositor Silvio Santos.

*********
Karina o nome da jovem disse que de vez em quando faz umas músicas, mas, não tem como e nem pra quem mostrar, pois em Nova Califórnia nem praça tem e nem mesmo uma atividade cultural acontece para que ela possa mostrar suas composições.

*********
Ele me disse também que tem algumas páginas de romances. Escrevi romances escritas, mas que só quem sabe dos conteúdos é ela.

*********

Assim como a Karina com certeza, muitas outras jovens têm talento, só não tem é como mostrar.

*********

Amigos da Fundação Iaripuna, Secel e Semed que tal pensar em levar cultura e lazer para essas localidades

*********
Ontem dia 7 de dezembro véspera do dia do meu aniversário o espetáculo foi em Extrema e hoje será em Vista Alegre do Abunã.

*********
E assim a Fest Cine Amazônia vai levando cultura por essa Amazônia afora. To feliz ao participar disso.

**********

Por falar em especulação, depois que noticiamos em primeira mão que o jornalista Julio Olivar havia preferido assumir a Superintendência de Turismo – Setur em detrimento da Secel.


********

Nada mais se ouvia falar a respeito de quem está pleiteando o cargo de secretário da Secel.

********

Pelo lado cultural nenhum nome tem aparecido na lista dos candidatos a candidatos.

********
A maioria dos pretendentes milita na área esportiva.

*******

Na entrevista que fizemos com o governador Confúcio Moura ele disse que iria se reunir com os partidos para saber com quem ficaria a Secel.

*******
Os bastidores dizem que o PC do B do deputado Davi Chiquilito estava interessado em ficar com a secretaria de cultura.

********
Aliás, o partido do Pantera tá querendo a cultura e o turismo.

*******
Como o Júlio Olivar está com o pé dentro da Setur e ele é membro do PC do B falta apenas saber quem será o indicado do partido para assumir a Secel.

*******

Dizem também que o PDT está interessado na pasta e que caso seja o escolhido, o vice governador assumirá ou indicará o secretário da Secel. Nesse caso a turma do esporte é quem vai mandar na Secel.

*******
Se a brasa for puxada para a sardinha do PMDB quem vai mandar na secretaria é a deputada federal Marinha Raupp.

*******
Aí sim a cultura será valorizada.

*******
O único problema, caso a secretaria fique com o partido titular, será a guerra entre os militantes do MDB X PMDB.

*******
Os idosos do MDB devem brigar com unhas e dentes pelo cargo.

*******
E ainda tem o quinhão do PT.

*******

O certo é que nada está definido a respeito de quem vai comandar a Cultura e o Esporte no governo de Confúcio Moura.

********
Em primeiríssima mão,

*********

Quem vai comandar a Secretaria de Cultura é o PC DO B.

*********

Hoje é o aniversário do meu irmão Francisco Macedo mais conhecido como MACEDO, Parabéns meu querido irmão campeão do Brasileirão com o Fluminense!

 

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



 Fonte: Sílvio Santos - zekatracasantos@gmail.com  
 
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube  / Turismo   /  Imagens da História

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Portal Rondônia Tem Tudo  Apresentado ao publico + Em Portugal, atriz de Rondônia  tem papel de destaque em novela

Portal Rondônia Tem Tudo Apresentado ao publico + Em Portugal, atriz de Rondônia tem papel de destaque em novela

Lenha na Fogueira Palco Giratório é sucesso de público em Porto Velho************O Festival Palco Giratório é o maior intercâmbio das artes cênicas do

Palco Giratório apresenta  Teatro dos Imaginários + Aberto o edital  para seleção de bandas que se apresentarão no aniversário de Porto Velho

Palco Giratório apresenta Teatro dos Imaginários + Aberto o edital para seleção de bandas que se apresentarão no aniversário de Porto Velho

Lenha na FogueiraConforme prometido na coluna de ontem, voltamos a nos reportar sobre o documentário “Caçambada Cutuba”, que de início, tinha como obj

Lenha na Fogueira + Setur apresenta projetos aos empresário no CPA + Aniversário de Porto Velho comemorado em dose dupla

Lenha na Fogueira + Setur apresenta projetos aos empresário no CPA + Aniversário de Porto Velho comemorado em dose dupla

Lenha na Fogueira Final de semana de muitas festas! Algumas de pura alegria como foi o caso do festejo dos 80 anos, do Magnifico Mestre Sala Cabeleira

Eric M. de Champeaux de La Boulaye - As empresas de cassiterita em Rondônia – Uma história a ser contada

Eric M. de Champeaux de La Boulaye - As empresas de cassiterita em Rondônia – Uma história a ser contada

Na última quinta feira dia 12, encontramos o seu Eric Champeaux na festa de aniversário de 26 anos jornal Diário da Amazônia, na qual ele foi um dos h