Porto Velho (RO) quarta-feira, 22 de maio de 2019
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira: Oficinas de Teatro em dez Localidades de Rondônia - 60 vagas para Curso Técnico de Arte Circense


Lenha na Fogueira: Oficinas de Teatro em dez  Localidades de Rondônia -  60 vagas para Curso  Técnico de Arte Circense - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira

 

A tradição da Sexta Feira da Paixão nos marca no dia de hoje com a Procissão do Senhor Morto que na Catedral Metropolitana de Porto Velho vai acontecer às 17 horas.

***********

De acordo com os relatos nos evangelhos, os guardas do templo, guiados pelo apóstolo Judas Iscariotesprenderam Jesus no Getsêmani. Depois de beijar Jesus, o sinal combinado com os guardas para demonstrar que era o líder do grupo, Judas recebeu trinta moedas de prata (Mateus 26:14-16) como recompensa.

************

Depois da prisão, Jesus foi levado à casa de Anás, o sogro do sumo-sacerdote dos judeus, Caifás. Sem revelar nada durante seu interrogatório, Jesus foi enviado para Caifás, que tinha consigo o Sinédrio reunido (João 18:1-24).

************

Muitas testemunhas apareceram para acusar Jesus, mas seus relatos conflitavam entre si e Jesus manteve-se em silêncio. Finalmente, o sumo-sacerdote desafiou Jesus dizendo: «Eu te conjuro pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus.» (Mateus 26:63).

************

A resposta de Jesus foi: «Tu o disseste; contudo vos declaro que vereis mais tarde o Filho do homem sentado à direita do Todo-poderoso e vindo sobre as nuvens do céu.» (Mateus 26:64) Por conta disto, Caifás condenou Jesus por blasfêmia e o Sinédrio concordou em sentenciá-lo à morte (Mateus 26:57-66).

 ***********

Pedro, que esperava no pátio, negou Jesus por três vezes enquanto o interrogatório se desenrolava, exatamente como Jesus havia previsto.

***********

Na manhã seguinte, uma multidão seguiu com Jesus preso até o governador romano Pôncio Pilatos e o acusaram de subversão contra o Império Romano, de se opor aos impostos pagos ao césar e de autodenominar "rei" (Lucas 23:1-2). Pilatos autorizou os líderes judeus a julgarem Jesus de acordo com seus próprios costumes e passar-lhe a sentença, mas foi lembrado pelos líderes judeus que os romanos não lhes permitiam executar sentenças de morte (João 18:31).

***********

Pilatos interrogou Jesus e afirmou para a multidão que não via fundamentos para uma pena de morte. Quando ele soube que Jesus era da Galileia, Pilatos delegou o caso para o tetrarca da região, Herodes Antipas, que, como Jesus, estava em Jerusalém para a celebração da Páscoa judaica.

***********

Herodes também interrogou Jesus, mas não conseguiu nenhuma resposta e enviou-o de volta a Pilatos, que disse para a multidão que nem ele e nem Herodes viam motivo para condenar Jesus. Ele então se decidiu por chicoteá-lo e soltá-lo, mas os sacerdotes incitaram a multidão a pedir que Barrabás, que havia sido preso por assassinato durante uma revolta, fosse solto no lugar dele. Quando Pilatos perguntou então o que deveria fazer com Jesus, a resposta foi: «Crucifica-o!» (Marcos 15:6-14).

Em Porto Velho praticamente todas as paróquias realizam a Procissão do Senhor Morto na tarde de hoje.

***********

Na catedral as celebrações começam às três horas da tarde com a cerimônia da adoração da cruz e em seguida será realizada a comunhão.

*************

De acordo com informação do Pe. Fontenele hoje não será celebrada missa. Logo após a comunhão, começa a Procissão do Senhor Morto.

************

Que seguirá pela rua D, Pedro II sentido centro bairro. Durante a Procissão será encena a Via Sacra e suas 15 estações.

 ***********

Durante o percurso da Procissão jovens atores encenam as 15 estações da Via Sacra contando a história da vida de Jesus Cristo.

***********

A Procissão obedecerá ao seguinte percurso. D. Pedro II, Mal Deodoro, Carlos Gomes, Presidente Dutra, D. Pedro II até Catedral onde Jesus será Crucificado.

***********

É uma cena muito bonita e ao mesmo tempo triste. Muitos fiés se omocionam com a crucificação e aplaudem a cena da ressurreição.

************

Feliz Páscoa!


APRENDIZ

ENC oferece 60 vagas para Curso Técnico de Arte Circense 


É amante da arte do circo? Olha a oportunidade! A Fundação Nacional de Artes (Funarte) está disponibilizando 60 vagas para o Curso Técnico de Arte Circense da Escola Nacional de Circo (ENC) (turma 2019/2021). 

As inscrições para participar do processo seletivo podem ser feitas até o dia primeiro de junho. Exige-se o ensino médio. O aluno receberá bolsa anual no valor de R$ 57,5 mil, sendo R$ 2.500 mensais. As aulas serão realizadas na sede do ENC, no Rio de Janeiro.

A primeira turma do Curso Técnico de Arte Circense iniciou em 2015. Essa formação é a primeira do gênero a ser reconhecida pela Ministério da Educação (MEC). 

 

 

Edital – Processo Seletivo para ingresso no Curso Técnico em Arte Circense da Escola Nacional de Circo – Turma 2019/2021

 

sobre o edital

A Fundação Nacional de Artes – Funarte publicou, no dia 16 de abril de 2019, no Diário Oficial da União, o edital do Processo Seletivo para Ingresso no Curso Técnico em Arte Circense da Escola Nacional de Circo – Turma 2019/2021. As inscrições estarão abertas até 1º de junho.

As aulas serão realizadas na sede da ENC, no Rio de Janeiro (RJ). Serão selecionados 60 novos alunos no concurso. Cada um receberá bolsa no valor total de R$ 57,5 mil reais (R$ 2,5 mil mensais), durante o período de 22 meses consecutivos das aulas.

Primeiro no gênero a ser reconhecido pelo Ministério da Educação no Brasil, o Curso Técnico em Arte Circense – cuja primeira turma iniciou-se em 2015 –, é ministrado pela Escola Nacional de Circo, numa parceria da Funarte com o Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ). A seleção é aberta a brasileiros natos ou naturalizados; e a estrangeiros que houverem concluído o ensino médio até a data de publicação do edital.

A bolsa tem por objetivo possibilitar aos alunos a manutenção de suas necessidades básicas de moradia, alimentação e saúde na cidade do Rio de Janeiro, durante todo o período de duração do curso.

As inscrições estarão abertas pelo prazo de 45 dias corridos, contados a partir do primeiro dia útil após a publicação do edital no Diário Oficial da União – ou seja, de 16 de abril a 1º de junho de 2019.

Os pedidos de inscrição devem ser enviados por meio de formulários próprios, acessíveis nesta página, na coluna da direita, Arquivos relacionados.Esses formulários podem ser enviados para o e-mail: processoseletivo2019enc@gmail.com, ou pelo correio (somente via Sedex). O envio deve ser realizado até às 18h – horário de Brasília/DF-Brasil do dia 1º de junho de 2019, impreterivelmente. No caso dos candidatos estrangeiros, serão aceitas as postagens realizadas via serviço internacional de entrega expressa de documentos, ou para o mesmo e-mail citado acima, seguindo os mesmo prazos.

As inscrições deverão ser encaminhadas com a seguinte identificação e endereço:

 

PROCESSO SELETIVO – CURSO TÉCNICO EM ARTE CIRCENSE DA ESCOLA NACIONAL DE CIRCO – TURMA 2019/2021

Escola Nacional de Circo

Rua Elpídio Boamorte, S/Nº, Praça da Bandeira – Rio de Janeiro (RJ)

CEP: 20270-170

Serão desconsiderados os formulários de inscrição remetidos após a data e/ou o horário de encerramento aqui informados.

Leia o edital, para acesso a todas as informações

Com o Curso Técnico em Arte Circense da Escola Nacional de Circo, a Funarte pretende possibilitar a formação de novos profissionais em artes circenses, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão e promover o incentivo à cadeia produtiva das atividades circenses – sobretudo nas áreas de criação, formação, difusão e memória do circo. Os recursos para o desenvolvimento do programa somam R$ 3,45 milhões.

Mais informações

escolacirco@funarte.gov.br
Tel.: (21) 2504-5320.

 

Oficinas de Teatro em dez Localidades de Rondônia 


Dez localidades de cinco municípios do estado receberão a oficina de teatro promovida pelo projeto Desvendando Talentos - Ariquemes, Ji-Paraná, Vilhena, Guajará-Mirim e Porto Velho. Na capital, a abertura do projeto ocorreu na quinta-feira (17/4), na Casa de Cultua Ivan Marrocos. Nesta segunda, será a vez de Ariquemes. 

São 200 vagas, sendo 20 para cada localidade que receberá as oficinas. A atividade é aberta a crianças e adolescentes a partir dos 12 anos de idade.O projeto tem como objetivo incentivar estudantes da rede pública na iniciação teatral e, dessa forma, descobrir talentos. 

Além da área urbana de Porto Velho, o Desvendando Talentos atenderá os distritos de Cujubim-Grande, São Carlos, Resex Cuniã, Nazaré e Calama – todos na região do Baixo Madeira. 

O projeto desenvolve curso de teatro há seis anos. Em 2017 ele foi contemplado por meio de edital de concorrência da Superintendência de Esportes Cultura e Lazer (Sejucel), tornando-o apto a ministrar as aulas para a comunidade. A ideia, segundo a coordenadora Michele Tolentino, é levar os cursos para o ambiente escolar.

 

PROGRAMAÇÃO:

PORTO VELHO

Workshop de abertura

17/04 – das 16h às 18h

2 horas de atividade, aberto ao público em geral (a partir de 12 anos).

Casa de Cultura Ivan Marrocos.

 

INTERIOR DO ESTADO:

ARIQUEMES (Escola Heitor Villa Lobos)

22/04 segunda, das 14h às 18h

23/04 terça, das 08h as 18h

 

JI-PARANÁ (Escola Jovem Vilela/Júlio Guerra)

24/04 quarta, das 14h às 18h

25/04 quinta, das 08h às 18h

 

VILHENA (Escola Alvares de Azevedo)

26/04 sexta, das 14h às 18h

27/04 sábado, das 08h às 18h

 

GUAJARÁ-MIRIM (Escola Simon Bolivar)

08/05 quarta, das 14h às 18h

09/05 quinta, das 08h às 18h

 

Fonte: Secom/Governo

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Setur apoia a realização 22º Arraial Flor de Cacto - Estado anuncia investimentos para  Flor do Maracujá

Setur apoia a realização 22º Arraial Flor de Cacto - Estado anuncia investimentos para Flor do Maracujá

Lenha na Fogueira A paz voltou a reinar entre a Federon e a Sejucel, tanto é verdade que ontem o 5º andar do edifício Rio Cautário no CPA, esta replet

Roberto da Rocha Matias:  A história dos 40 anos da quadrilha junina Rosa Divina

Roberto da Rocha Matias: A história dos 40 anos da quadrilha junina Rosa Divina

Ela é o único grupo de quadrilha junina, em atividade em Porto Velho, que participou da 1ª Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás realizada pelo governo d

Artista plástica Maria Antônia lançou “Aruaçu, o Sapo Cantador” - São João das Rainhas hoje no Clube da AEC

Artista plástica Maria Antônia lançou “Aruaçu, o Sapo Cantador” - São João das Rainhas hoje no Clube da AEC

Lenha na Fogueira  A respeito da pendenga entre a FEDERON e a SEJUCEL sobre a realização do Arraial Flor do Maracujá 2019.**********E como na edição

Lenha na Fogueira: Lançamento  22º Arraial Flor de Cacto - Grupos folclóricos têm  que confirmar apresentação no Flor

Lenha na Fogueira: Lançamento 22º Arraial Flor de Cacto - Grupos folclóricos têm que confirmar apresentação no Flor

Lenha na Fogueira  Pronto, agora está esclarecido. A XXXVIII edição da Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás – Arraial Flor do Maracujá, esta dependendo