Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira o Arraial Flor do Maracujá 2020


Lenha na Fogueira o Arraial Flor do Maracujá 2020 - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira

 

Dirigentes de grupos folclóricos, garantem que o Arraial Flor do Maracujá vai acontecer neste ano de 2020, apesar da pandemia do coronavírus.

*********

Aliás, na coluna de ontem, divulguei em primeiríssima mão, a decisão que foi anunciada durante reunião virtual, que aconteceu na noite de segunda feira o Presidente do Conselho Estadual de Cultura Chicão Santos.

*********

Só sei que o anuncio feito pelo presidente da Federon Fernando Rocha deixou os dirigentes dos grupos eufóricos, principalmente quando tomaram conhecimento da ideia.

*********

A sugestão apresentada é que para participar o grupo folclórico, seja de Quadrilha ou Boi Bumbá terá que escolher entre suas apresentações no Arraial Flor do Maracujá e disponibilizar na plataforma, que será disponibilizada pela Federon com o apoio técnico do Rogério da Rádio Farol que é para que o clipe seja editado.

*********

As apresentações acontecerão durante dez noites, como se fosse no Arraial Flor do Maracujá e em cada noite será apresentado o clipe de três ou quatro grupos, de acordo com a classificação no Arraial de 2019.

*********

Alguns grupos já informaram o ano da apresentação que querem mostrar no Arraial Virtual.

*********

Agora só está faltando divulgar a data do Flor do Maracujá Virtual. A ideia é começar no dia 26 de junho e terminar as apresentações no dia 5 de julho. Exatamente como seria o Flor do Maracujá 2020 presencial.

*********

Outra coisa que está em estudo pela Comissão encarregada da Correção do Arraial Virtual, é se vai haver ou não classificação, ou seja, julgamento das apresentações virtuais, por uma Comissão de Jurados.

*********

Uma coisa é certa, o Flor do Maracujá virtual vai acontecer, só falta a Federon e a Unajup bater o martelo quanto a data.

**********

Se por acaso, decidirem pela realização do concurso, não vai ser fácil para os jurados, escolherem os melhores, pois, como cada grupo tem a oportunidade de escolher para apresentar, sua melhor apresentação entre as apresentações no Flor do Maracujá o bicho vai pegar.

**********

Com certeza, a Comissão de Jurados será presidida pelo doutor, professor Antônio Marco Teixeira o que é garantia de lisura no resultado final.

**********

O que ainda está faltando para o martelo ser batido de vez, é quanto as apresentações dos grupos de Quadrilha e Boi Bumbá Mirim.

**********

Essa decisão da Federon/Unajup está deixando os folcloristas eufóricos com a possibilidade de conquistarem mais um título de melhor do Flor do Maracujá e desta vez de uma maneira inédita.

***********

Agora vamos nos reportar a Pandemia do coronavírus que a cada dia, aumenta a estatística de novos casos positivos e óbitos.

**********

O aumento assustador de casos positivos e óbitos pegou o rondoniense, em especial o morador de Porto Velho desprevenido.

**********

Na realidade, o estado não se preparou condignamente para a Pandemia de coronavírus

*********

O que vimos foi no início da quarentena, alguns colegas da imprensa, divulgando em seus blogs, sites e redes sociais, era que a Secretaria de Saúde do Estado de Rondônia tinha saído na frente por ter adquirido muito antes do anuncio da situação de emergência no estado e no Brasil, EQUIPAMENTO DE RESPIRAÇÃO para UTI’s.

***********

Só nunca providenciaram a montagem de um Hospital de Emergência para atender os pacientes com o Covid 19, foram empurrando com a barrigada e dando entrevista que o Covid 19 em Rondônia está sendo monitorado a contento. Tudo Fake.

***********

Agora os casos positivos estão aumentando a cada dia e a Secretaria de Saúde se viu de mãos atadas, por não ter realmente tratado o coronavírus como deveria, ficou apenas na demagogia.

***********

Agora está no mato sem cachorro. Tem gente morrendo nas enfermarias, ou leitos clínicos, por falta de UTI. Quer dizer, tem gente morrendo por falta de atendimento adequado, o que é muito triste e preocupante.

*********

Agora estão se gabando por ter adquirido MIL TESTES RÁPIDO que serão distribuídos entre os municípios do estado. Estado que tem uma população de quase Dois Milhões. Só em Porto Velho são mais de 500 Mil habitantes.

**********

Agora, não adianta ficar ou não em casa, pois o Vírus está no ar, ou seja, no meio da comunidade.

**********

Encerramos registrando o óbito do pai da colega jornalista Daiana Costa vítima de Covid 19, ontem 02, na UPA da Zona Sul em Porto Velho. A amiga DAI nossas condolências.

Lenha na Fogueira o Arraial Flor do Maracujá 2020 - Gente de Opinião

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira e o O Flor do Maracujá Virtual + Livro transforma poesia num mosaico de sentimentos

Lenha na Fogueira e o O Flor do Maracujá Virtual + Livro transforma poesia num mosaico de sentimentos

E o mês de julho chegou, chegou trazendo esperança de dias melhores, chegou com a notícia de que uma das vacinas contra o coronavírus, já est, á sendo

Lenha na Fogueira e a Alameda Jornalista Euro Tourinho + Lei Aldir Blanc: entenda pacote de R$ 3 bilhões para cultura

Lenha na Fogueira e a Alameda Jornalista Euro Tourinho + Lei Aldir Blanc: entenda pacote de R$ 3 bilhões para cultura

Lenha na Fogueira De vez em quando nossos políticos dão uma dentro, esse é o caso dos vereadores de Porto Velho, cujo presidente, promulgou a Lei que

Lenha na Fogueira e o Flor do Maracujá Virtual + Vitória da Cultura – Sancionada a Lei Aldir Blanc

Lenha na Fogueira e o Flor do Maracujá Virtual + Vitória da Cultura – Sancionada a Lei Aldir Blanc

Lenha na Fogueira Saiu a ordem de apresentação dos grupos folclóricos, no Arraial Flor do Maracujá Virtual, previsto para começar no próximo dia 10.**

A Secretaria Estadual de Cultura - SECEL  no início dos anos 2.000

A Secretaria Estadual de Cultura - SECEL no início dos anos 2.000

Ao assumir o governo de Rondônia em janeiro do ano de 2003, Ivo Cassol nomeou secretário de cultura, o balconista da empresa de um dos que colaboraram