Porto Velho (RO) quinta-feira, 13 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira homenageia Flavio Daniel e com a Mostra de Teatro Lambe-Lambe


Lenha na Fogueira homenageia Flavio Daniel e com a Mostra de Teatro Lambe-Lambe - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira

 

Flavio Daniel Pereira da Silva ou simplesmente Flavio Daniel o Telegrafista da Força Aérea Brasileira - FAB que se fez CARNAVALESCO campeão de vários carnavais.

************

Pois é, meu amigo Flavio está completando na data de hoje (10 de abril), 75 anos de idade. Inclusive já recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid 19, a segunda dose será no próximo dia 22.

************

Quero parabenizar o Flavio Daniel lembrando um pouco sua carreira como CARNAVALESCO campeão de vários desfiles de Escolas de Samba como Os Pobres do Caiari e Os Diplomatas.

***********

Na realidade seu início no carnaval de Porto Velho foi como ritmista (tocador de surdo) na bateria da Escola de Samba Os Diplomatas isso no ano de 1969 levando pelo Waldemir |Pinheiro da Silva o popular BAINHA. 

***********

Logo após o carnaval de 1969 eu Silvio Santos o convidei a fazer parte da Escola de Samba Os Pobres do Caiari como Mestre Bateria e de imediato Flavio aceitou.

**********

Como carnavalesco Flávio se destacou como autor de alguns enredos que até hoje são comentados nos barracões das escolas de samba.

**********

Pra quem não sabe, foi Flávio Daniel que pesquisou as histórias que se transformaram no Tema “Ceará, Lendas e Crenças – Ceará de Iracema” apresentado pela Pobres do Caiari no carnaval de 1985.

***********

Muito antes disso, em 1983 Flávio Daniel foi um dos criadores do Enredo “Das Loucuras da Vida, a Ilusão do Carnaval” campeão pela Pobres do Caiari.

**********

Pela Diplomatas criou o tema “Simpatia é Quase

Amor”, aquele do refrão criado pela parceria Silvio & Torrado “Pra amar tem gay, sapatão e tem piranha, simpatia é quase amor, nessa vida tão estranha”. Resultado Diplomatas campeã.

***********

Outro Enredo campeão pela Escola de Samba Os Diplomatas: “A Louca Que Caiu da Lua”, baseado no poema da Nilza Menezes.

**********

Fora do criador de Enredos, Flávio também é um folião dedicado, não perde um desfile do Bloco Mistura onde se apresenta fantasiado como “Palhaço”. Antes, com a turma da Mocidade do Caiari era craque em desfilar em blocos montados de improviso, geralmente nas madrugadas como era o caso do Bloco do Berro, cujo um dos principais incentivadores era o saudoso Auristélio Castiel que ia a frente soltando foguetes.

**********

Pra não ficar apenas no carnaval, Flavio Daniel era o jurado preferido da comunidade GAY (na época não existia o termo LHBT etc.) principalmente nos concursos que aconteciam na casa de espetáculos CHOQUE administrada pelo professor Severino e pelo Aurélio.

************

Esse é o Flávio Daniel que está completando 75 anos. Na realidade o Flávio é um dos poucos ainda vivo que podemos classificar como ‘MEMÓRIA VIVA DA NOSSA CULTURA CARNAVALESCA’. Parabéns amigo!

*********

Voltando para os eventos:

*********

A banda rondoniense Nitro lança “Homens de Gravata” no dia 23 de abril nas plataformas digitais.

**********

A canção protesto contra a corrupção estreia em um momento no qual a população se mostra descrente diante de mandos, desmandos e grandes escândalos decorrentes das ações criminais de agente públicos e mega empresários.

**********

Gravada no Studio Onda Amazônica, em Porto Velho, Homens de Gravata contou com a coprodução de Tulio Nunes em parceria com a Nitro. Participam da gravação os integrantes Rodrigo Erse (Rods) na bateria, Lucas Sousa na guitarra e Dênis Carvalho no vocal e contrabaixo. O single apresenta em sua sonoridade uma pegada rock and roll mais agressiva do que banda costuma gravar.

*********

Quanto a letra, Dênis acredita na identificação do público com a música: “A faixa joga no mesmo balaio os corruptos de gravata, principalmente neste momento de pandemia no qual nos deparamos com vários desvios de verba pública”.

**********

Enquanto isso o músico Sandro Bacelar divulgou em suas rede sociais (https://www.facebook.com/bacelarsandro ; https://instagram.com/sandrobacelar.oficial ), nesta quinta-feira (8), os teasers dos novos videoclipes das músicas "Verão" e "Inverno Inverso", que fazem parte do EP "4 Estações", recém lançado em live ao vivo.

**********

Contemplado no edital Mary Cyane, da Lei Aldir Blanc, gerenciado pela Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer do Estado de Rondônia (Sejucel), Sandro fará o lançamento oficial na próxima semana, 15 de abril, às 19h (horário de Brasília), em seu canal no YouTube https://www.youtube.com/channel/UCNVnBu1p_Sn5VBVTyX15itQ.

 

Segue links de acesso aos teasers:

Inverno Inverso: 

https://drive.google.com/file/d/1PqWQXNwFFkVhBILdRwPD9EIvs0aTBA-G/view?usp=drivesdk

**********

Verão: https://drive.google.com/file/d/1QNxedwCSYce6z9PKPuu0nQ0wgVkRjr01/view?usp=drivesdk

***********

Agora vamos curtir o programa “MAIS CULTURA”, apresentado pela Linda Kozan entre 9 e 10 horas na rádio Cultura FM 107.9


Mostra de Teatro Lambe-Lambe da região Norte inicia neste domingo

Lenha na Fogueira homenageia Flavio Daniel e com a Mostra de Teatro Lambe-Lambe - Gente de Opinião

Celebrando e difundindo a tradicionalidade do teatro lambe-lambe no Norte do Brasil, o Coletivo Experimental de Teatralidades (CETA) inicia neste domingo (11) ‘O Lado de Dentro: Mostra Virtual de Teatro em Miniatura’, com uma programação que abarca 14 espetáculos inscritos, 5 convidados, oficinas, debates e uma roda de conversa com as criadoras dessa linguagem das formas animadas: Ismine Lima e Denise di Santos.

O evento é gratuito e ocorrerá inteiramente on-line pelo canal no YouTube do grupo - Coletivo Experimental de Teatralidades, e pela plataforma Zoom para as oficinas “Ânima-Recicla”, da bonequeira radicada em Rondônia Tia Vavá, e “Provocações Dramatúrgicas do Teatro de Caixas”, com o artista paraense Aníbal Pacha.

Segundo o produtor da mostra, Victor Lucas Oliver, o evento está ultrapassando as expectativas do Coletivo. “Essa é nossa primeira edição e estamos felizes pelo alcance que obtivemos. Atingimos diferentes regiões do país, proporcionando a criação de obras inéditas de lambe-lambe e conhecendo espetáculos do teatro de caixas incríveis produzidos por bonequeiros do Norte. Tivemos submissões do Amazonas, Amapá, Rondônia, Roraima e Pará”, disse.

Em um período que a classe artística vem sofrendo boicotes políticos e enfrentando um período difícil por conta do fechamento de espaços culturais devido à pandemia do novo coronavírus, os realizadores de ‘O Lado de Dentro: Mostra Virtual de Teatro em Miniatura’ encontraram a possibilidade de execução através das plataformas on-line. “Fomos contemplados pela Lei Aldir Blanc, através do Prêmio Feliciano Lana, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SEC/AM), o que facilitou a possibilidade deste projeto que pretendeu contribuir para a produção teatral do Norte”, ressaltou.

Mais informações podem ser encontradas no site cetaemcena.com.br/mostra ou nas redes sociais (Facebook, Twitter, TikTok, Instagram e Telegram) pelo usuário @CETAemCena.

 

O Lado de Dentro

 

O teatro de miniatura, ou teatro lambe-lambe, surgiu nos anos 1980, na Bahia com as bonequeiras Denise di Santos e Ismine Lima. A linguagem buscou reutilizar antigas máquinas dos fotógrafos lambe-lambe, caídas em desuso no século passado, para apresentações de peças curtas em formato de manipulação de objetos e personagens.

De acordo com a também produtora da mostra, Iris Brasil, o CETA encontrou no teatro lambe-lambe uma possibilidade de criação teatral que pode ser transformada para o ambiente virtual.

“Durante o início da pandemia, em março de 2020, iniciamos um projeto de miniatura que mais tarde veio a se chamar o Lado de Dentro. Conseguimos construir quatro espetáculos com a linguagem. Gostamos tanto do universo das formas animadas, que decidimos fazer a mostra para difundir e celebrar as produções de lambe-lambe da nossa região”, esclareceu.

 

Quem é o CETA?

 

O Coletivo Experimental de Teatralidades (CETA), surgido em fevereiro de 2019, é um grupo de pesquisa e criação em teatro formado por Iris Brasil, Karine Magalhães, Stephane Bacelar e Victor Lucas Oliver, de Manaus (AM). Em dois anos de formação, o coletivo já realizou seis espetáculos, participou de mostras e festivais a nível nacional, incluindo o Festival Arte Como Respiro - Cênicas, do Itaú Cultural.

 

Programação (Horário de Manaus)

 

11/04 - Abertura

14h - Oficina Ânima-Recicla

18h - Apresentação dos espetáculos ‘Lá Vem o Rio’ (AM) e ‘Luares’ (AM) + Debate com os criadores

 

12/04 - Lambe Cômico

14h - Oficina Ânima-Recicla

18h - Apresentação dos espetáculos ‘Pingo: O Mágico’ (AM) e ‘Até o Diabo Dizer Chega’ (PA) + Debate com os criadores 

 

13/04 - Lambe Em Casa

14h - Oficina Ânima-Recicla

18h - Apresentação dos espetáculos ‘O Que Fazer Hoje?’ (AM), ‘Mater Dolores - Desvãos da Memória’ (PA) e ‘Falha no Tempo’ (AM) + Debate com os criadores

14/04 - Lambe Romântico

14h - Oficina Ânima-Recicla

18h - Apresentação dos espetáculos ‘O Beijo’ (AM) e ‘História de Amor no Sertão’ (AM) + Debate com os criadores

15/04 - Lambe Espacial

18h -  Apresentação dos espetáculos ‘De Dentro Para Fora’ (AM) e ‘Luna’ (AM) + Debate com os criadores

16/04 - Lambe Ao Luar

18h - Apresentação dos espetáculos ‘A Estrela que Virou Encantada’ (PA) e ‘Sinfonia ao Luar’ (RO) + Debate com os criadores

17/04 - Lambe Em Lendas

14h - Oficina Provocações Dramatúrgicas do Teatro de Caixas

18h - Apresentação dos espetáculos ‘Lá Vem a Chuva’ (AM), ‘O Conto de Namu’ (AM) e ‘Marabaixo de Macapá’ (AP) + Debate com os criadores

18/04 - Encerramento

14h - Oficina Provocações Dramatúrgicas do Teatro de Caixas

18h - Apresentação dos espetáculos ‘A Gente Vai Aprender!’ (AM), ‘Drive Thru da Alegria’ (AM) e ‘Ânima Recicla - Resultado da Ofcina’(RO) + Debate com os criadores

19h - Roda de Conversa com Ismine Lima e Denise di Santos, criadoras do teatro lambe-lambe

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA:

Iris Brasil - (92) 98271-6202

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com a história do bloco Galo da Meia Noite e o Festival Rondoniana de Artes – As Mulheres na Cena

Lenha na Fogueira com a história do bloco Galo da Meia Noite e o Festival Rondoniana de Artes – As Mulheres na Cena

Lenha na Fogueira Quem está fazendo o maior sucesso, é a história do bloco Galo da Meia Noite que está no livro: “Galo da Meia Noite – Uma Festa a Mai

Lenha na Fogueira e Semusa, vamos facilitar a vacinação da população em Porto Velho

Lenha na Fogueira e Semusa, vamos facilitar a vacinação da população em Porto Velho

Lenha na Fogueira Tenho acompanhado a ação da prefeitura, ou melhor, da Secretaria Municipal de Saúde na tentativa de proporcionar dentro das possibil

Lenha na Fogueira  com Mãe a Mulher que enfrenta tudo e todos pelos filhos e Mãe é e sempre será Mãe

Lenha na Fogueira com Mãe a Mulher que enfrenta tudo e todos pelos filhos e Mãe é e sempre será Mãe

Lenha na Fogueira Neste dia 9 de maio de 2021, dia consagrado às Mães, iniciamos desejando muitas felicidades a todas as Mães de Rondônia, em especial

Lenha na Fogueira com Jair Bolsonaro inaugurou a famosa Ponte do Abunã

Lenha na Fogueira com Jair Bolsonaro inaugurou a famosa Ponte do Abunã

Lenha na Fogueira Ontem o presidente Jair Bolsonaro inaugurou a famosa Ponte do Abunã. Apesar de ficar totalmente no estado de Rondônia, a Ponte sempr