Porto Velho (RO) domingo, 18 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira - Festa do Tambaqui de Rondônia vira atração turística em Brasília - Conferencia de Cultura e os novos delegados


Tambaqui na brasa - Gente de Opinião
Tambaqui na brasa


Lenha na Fogueira 

Após quase dez anos, Porto Velho ou a Funcultural  reativa o Conselho Municipal de Cultura. Tudo foi durante a Conferencia Municipal que aconteceu sexta feira passada (08), no Teatro Guaporé.

**********

Levando pro lado da brincadeira ou gozação, como se diz nos meios fofoqueiros, literalmente o “Palhaço” derrotou a elite “Musical”.

*********

Acontece que a chapa encabeçadas pelo representante da Setorial do Circo Natanael venceu a chapa encabeçada pelo representante da Setorial da Música Bruno aquele da Banda Versalle e do Movimento Pro-Cultural.

*********

Não sei se foi excesso de confiança, ou falta de articulação, junto aos representantes das demais Setoriais o resultado foi que a turma que se considera responsável pela realização da Conferencia, não emplacou o presidente do Conselho cargo que conta com dois anos de gestão.

*********

O presidente do Conselho de Cultura participa de todas as ações e projetos culturais que venham a ser realizados pela |Funcultural nos próximos dois anos. Qualquer projeto tem que ter o parecer o presidente do Conselho.

*********

Acontece que a turma que estava sonhando faz tempo pelo direção geral do Conselho, inclusive criou o Movimento PaCultura e desde março discute a reativação das Setoriais e do Conselho de Cultura.

**********

Foram eles que elaboraram o Manifesto lido na abertura da Conferencia na manhã de sexta feira. Aí vem o Neto e articula a candidatura do Natael e a chapa vence com uma margem absurda de votos. * X 3. No futebol, chamaríamos de “Chocolate”.

**********

Todos os integrantes da chapa do Natanael têm a ver com a Cultural Popular, o próprio Natanael é da Setorial do Circo seu vice Antonio Neto é da Setorial Afro e a secretária Anne Mamedes é da Setorial da Cultura Popular.

**********

O certo é que graças ao Movimento PaCultural que conta também com o Paulinho Rodrigues e a compreensão da direção da Funcultural na pessoa do presidente Ocampo Fernandes o Município de Porto Velho voltou a contar com o Sistema de Cultura quase que totalmente funcionando. Temos os representantes da Setoriais, Os Conselheiros eleitos e o presidente do Conselho. Falta apenas colocar em prática o Fundo de Cultura, ou seja, depositar os recursos referente à Cultura na |Conta do Fundo de Cultura.

**********

E tem mais, esse Conselho nem pode ser considerado do município de Porto Velho e sim do perímetro urbano do município de Porto Velho, pois não conta com representante de nenhum distrito do município de Porto Velho.

**********

Ninguém de Nazaré foi inserido em qualquer Setorial  e olha que Nazaré é a Meca da Cultura do Baixo Rio Madeira.

**********

Não tem ninguém  da Nova Mutum, Jaci Paraná, Vista Alegre, Califórnia e Extrema. Rio Pardo sem se fala, parece que os povos desses distritos não promovem nenhuma ação cultural.

*********

De qualquer maneira os novos membros das Setoriais foram eleitos ou escolhidos, assim como os delegados e conselheiros.

***********

Agora o negócio é sentar e formatar as reivindicações que serão apresentadas na Conferencia Estadual de Cultura que está programada para acontecer na cidade de Cacoal no mês de outubro.

**********

Aliás, visando a Conferencia Estadual, estão acontecendo Conferencias em praticamente todos os municípios de Rondônia.

**********

Só para citar alguns: Ariquemes, Pimenta Bueno, Rolim de Moura, Vilhena e Ji-Paraná. Em outubro em Cacoal o bicho vai pegar.

*********

Os líderes dos Movimentos devem ficar espertos, para não sofrerem nova derrota, desta feita em nível estadual.

**********

A luta agora é pela reabertura do Teatro Palácio das Artes que está interditado faz é tempo!

Lenha na Fogueira - Festa do Tambaqui de Rondônia vira atração turística em Brasília  - Conferencia de Cultura  e os novos delegados - Gente de Opinião

Conferencia de Cultura e os novos delegados 

Durante todo o dia de sexta feira 08, os agitadores, produtores e realizadores de Projetos Culturais em Porto Velho, estiveram discutindo as novas diretrizes, que serão aplicadas na formatação das ações culturais da capital de Rondônia nos próximos dez anos.

O evento aconteceu no Teatro Guaporé onde foram formados grupos de trabalhos entre os representantes das 12 Setoriais de Cultura que atuam em Porto Velho. Após as discussões, os temas foram aprovados pela plenária e então, a coordenação sob a direção da equipe da Funcultural que tinha como cerimonialista o Altair dos Santos Lopes – Tata e coordenadora a chefe da Assessoria Técnica - Astec – Advogada Alessandra, encaminhou a escolha dos representantes de cada Setorial para o Conselho de Cultural que ficou assim formado: 5 representantes do Poder Público: Antônio Ocampo Fernandes (Presidente); Professora Andreia (Semed); Professora Berenice Simão (Semed); Manoel Eudes Pereira Claudino (Funcultural) e Altair dos Santos Lopes – Tata (Funcultural).

Os representantes da Sociedade Civil são: Silvio Augusto (audiovisual); Antônio Jesus Souza Miranda – Neto (Afro); Anne Mamedes (Cultura Popular); Cristina Pontes (Dança); Edwar (cultura indígena); Adailton Alves Teixeira (Teatro); Rômulo Brandão (Música); Marilson Veras (Patrimônio); João Batista Guilherme (Literatura); Eliana Borges (Artesanato); Natanael Costa Prestes (Circo); Ismael Barreto (Artes Visuais).

Lembrando que o Natanael Prestes foi eleito Presidente do Conselho vencendo o Thiago Mazieiro da setorial da Música por 9 votos contra apenas 3.

Os Delegados eleitos representam o município de Porto Velho, na Conferencia Estadual de Cultura prevista para acontecer em Cacoal no mês de outubro.

O Maior Churrasco de Tambaqui - Gente de Opinião
O Maior Churrasco de Tambaqui

SETUR

Festa do Tambaqui de Rondônia vira atração turística em Brasília 

A Esplanada dos Ministérios em Brasília foi invadida desde a madrugada do último dia 7 de agosto, até o meio da tarde, pelos especialistas de Rondônia em assar peixe Tambaqui na brasa e por mais de 4 mil pessoas do Distrito Federal que em troca de 1 quilo de alimento, ganharam bandas de Tambaqui, o peixe de Rondônia.

Presente desde as primeiras horas no local, o superintendente estadual de turismo de Rondônia – SETUR Gilvan Pereira Júnior ficou deveras impressionado com a prática da equipe, em tratar e preparar o Tambaqui. “Só essa prática já é atração turística”, disse Gilvan.

Na realidade, a viagem do superintendente da SETUR até Brasília, teve como objetivo, registrar o potencial turístico gastronômico do Tambaqui de Rondônia. “Isso é uma ação que pode muito em breve, ser transformada num dos nossos atrativos turísticos, em especial a cidade de Ariquemes município que detém o título de maior produtor de Tambaqui em Cativeiro do Mundo”, disse Gilvan lembrando que recentemente a Associação de produtores de pescado de Ariquemes entrou para o livro dos recordes ao conseguir realizar o Maior Churrasco de Tambaqui.

Gilvan registrou todos os momentos do Festival. “Esse material será produzido e distribuído pelos quatro cantos do Brasil via redes sociais, para que o mundo tome conhecimento de um dos potenciais turísticos de Rondônia que não se restringe apenas na preparação do pescado em forma de churrasco, mas, na pesca esportiva que atualmente é dominada pelos Vale do Guaporé mais que nas cidades onde se pratica a criação em cativeiro, deve acontecer na modalidade pesque e pague” finalizou o superintendente da SETUR.

PEIXE TAMBAQUI

O  tambaqui é uma espécie nativa da Amazônia, e tem sido uma questão de interesse de pesquisadores e aquicultores, devido à sua adaptação à produção intensiva, crescimento rápido, aceitação ao alimento industrial e o alto valor gastronômico de sua carne. É consumido na região Amazônica desde o século 19. 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Programa Viaja Mais Servidor + De Manicoré para Porto Velho  Forró da Luzia

Programa Viaja Mais Servidor + De Manicoré para Porto Velho Forró da Luzia

 Vamos começar divulgando a programação deste final de semana, do Arraial Floresta na Roça, que está montado no campo de futebol do bairro Floresta (a

lenha na Fogueira + Governo retoma exposição agropecuária de Porto Velho + Temática sobre Nietzsche pelo Raízes do Porto

lenha na Fogueira + Governo retoma exposição agropecuária de Porto Velho + Temática sobre Nietzsche pelo Raízes do Porto

Lenha na Fogueira Começou a ontem a 25ª Mostra de Folclore e Cultura Popular da Associação São Tiago Maior.************As apresentações folclóricas/cu

Forró da Luzia em Porto Velho  será sábado na OAB - Começa nesta quinta feira o arraial Floresta na Roça

Forró da Luzia em Porto Velho será sábado na OAB - Começa nesta quinta feira o arraial Floresta na Roça

Lenha na Fogueira Desde o governo de Ivo Cassol não víamos tanto investimento no segmento cultura/lazer. O governo do Coronel Marcos Rocha apesar de a

Sonora Brasil apresenta  Música indígena no Sesc - Arraiais continuam no Comunidade no Sertão e Orgulho

Sonora Brasil apresenta Música indígena no Sesc - Arraiais continuam no Comunidade no Sertão e Orgulho

Lenha na Fogueira O superintendente da Sejucel Jobson Bandeira, atendendo nossa consulta a respeito da licitação da obra da Cidade da Cultura, respond