Porto Velho (RO) terça-feira, 9 de março de 2021
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira e o Coronavírus, Porto Velho faz 106 anos e com O Menestrel dos Menestréis – A história do Boi Bumbá em Porto Velho


Lenha na Fogueira e o Coronavírus, Porto Velho faz 106 anos e com O Menestrel dos Menestréis – A história do Boi Bumbá em Porto Velho - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira

 

A saúde de Porto Velho chega ao caos, com a ocupação de todos os leitos clínicos e de UTI em virtude do alto índice de pessoas infectadas com o novo coronavírus.

************

Ontem pela manhã o prefeito Hildon Chaves realizou uma entrevista coletiva de imprensa, para relatar o colapso na saúde municipal devido a pandemia do coronavírus (Covid-19).

***********

As informações são de que não há mais leitos para receber pacientes na Capital. Ainda segundo o chefe do executivo, o período festivo do fim de ano contribuiu para este cenário.

***********

“Após as festas de fim de ano, os casos começaram a aumentar consideravelmente, aonde chegamos a ponto de não termos mais leitos para as pessoas doentes com a Covid-19”, disse o prefeito.

***********

Por enquanto a única maneira de evitarmos a contaminação pelo coronavírus, é obedecendo as normas do Decreto publicado pelo governo estadual, que voltou a capital de Rondônia para a fase 1 do Protocolo.

***********

Nada de festa, de jeito nenhum, o uso de máscara é importante, assim como o álcool em gel. Ficar em casa também evita e nada de rodinha de conversa, ou seja, aglomeração.

**********

Nós somos os responsáveis pela nossa saúde pessoal e das pessoas que nos rodeiam. A vacina chegou, porém, numa quantidade que não vai dar para atender nem o pessoal que está atuando na linha de frente. Vacina para todos, só lá pro mês de maio, quando a produção passar a ser feita no Brasil.

***********

Por falar em prefeitura, Porto Velho completa no dia de hoje, 24 de janeiro de 2021, 106 anos de sua instalação como município.

**********

O prefeito Hildon Chaves havia marcado uma solenidade no Complexo da Madeira Mamoré, em comemoração à data e em virtude do caos na saúde, cancelou tudo.

************

A dita solenidade seria para entregar à sociedade, a Litorina e a Calamazoo totalmente reformada, numa parceria com a empresa Rovema.

***********

Agora vamos esperar a reabertura total do Complexo fato que deve acontecer assim que a vacinação da população em geral, pelo menos começar. É melhor que assim seja, afinal de contas, a Covid a cada dia faz mais vítimas em nossa cidade/estado.

***********

Tenha certeza, a reabertura da Madeira Mamoré pode esperar, o que não podemos, é colocar nossa vida e vida dos nossos parentes e amigos à mercê desse maldito coronavírus.

**********

De qualquer maneira vamos dar um viva e os parabéns para nossa querida Porto Velho, que está completando 106 como município.

**********

Parabéns Porto Velho!


O Menestrel dos Menestréis – A história do Boi Bumbá em Porto Velho

Lenha na Fogueira e o Coronavírus, Porto Velho faz 106 anos e com O Menestrel dos Menestréis – A história do Boi Bumbá em Porto Velho - Gente de Opinião

A equipe responsável pela produção do vídeo “Silvio Santos o Menestrel dos Menestréis – A História do Boi Bumbá em Porto Velho”, começou as tomadas de cenas na última sexta feira 22 com o protagonista contando a história de quando a brincadeira começou em terras que hoje formam o estado de Rondônia em especial na cidade de Porto Velho. Tudo começou no ano de 1920, na Vila de Santo Antônio. Este fato foi registrado pelo jornal Alto Madeira na edição do dia 24 de junho daquele ano: “Hoje tem folguedo, na Vila de Santo Antônio Boi Sete Estrelas criado por alguns jovens faz sua primeira apresentação”. Essa apresentação foi no Arraial promovido pela Igrejinha de Santo Antônio em comemoração à São João. As filmagens sob a coordenação do produtor visual João Kerdes foram feitas justamente em frente a igrejinha que hoje faz parte do complexo do Memorial Marechal Rondon.

O Projeto desenvolvido com a parceria da repórter fotográfica e coreografa Ana Celia Rodrigues, com o produtor cultural Judilson Dias e colaboração do Sílvio José Menezes, foi habilitado pelo Edital nº 81/2020/Sejucel-Codec 1ª Edição Mestre Aluízio Guedes do Edital de Premiação para Mestres e Mestras da Cultura Popular de Rondônia.

“Esse projeto contribuirá para o desenvolvimento da apreciação, da criatividade, do conhecimento e do fortalecimento da cultura produzida no Estado e, em especial, na capital Porto Velho. Através do Projeto daremos oportunidade a população num intercâmbio de conhecimento e fazer artístico, contribuindo ainda para que a população tenha acesso à beleza e riqueza presente na arte e na cultura da região preservando e divulgando o trabalho de mais de 50 anos ininterruptos, de contribuição à cultura popular por Sílvio Santos”, disse Ana.

Para cumprir o que reza o Projeto Silvio Santos o Menestrel dos Menestréis os responsáveis pela sua execução, informam que o Mestre da Cultura Popular tão logo encerra a contação da história da brincadeira de Boi Bumbá em Porto Velho, vai se preparar para gravar o vídeo “A História do Carnaval em Porto Velho”.

A divulgação dos vídeos deve acontecer no início do mês de março, através do Face Book e Youtube e outras plataformas digitais.

obs - foto de Ana Celia e João Kerds

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

A despedida de Erenir a musa do Poeta da Cidade Ernesto Melo

A despedida de Erenir a musa do Poeta da Cidade Ernesto Melo

"Caros amigos. Venho informar com uma dor imensa no coração o passamento de minha querida esposa MARIA ERENIR CORAL DOS SANTOS MELO, ocorrido agora a

Lenha na Fogueira e o Grupo Camafeu

Lenha na Fogueira e o Grupo Camafeu

Lenha na Fogueira O Grupo Camafeu nos proporcionou no início da noite de ontem (06), momentos de muito prazer, ao colocar nas redes sociais ao vivo, s

Lenha na Fogueira com fechamento do Buraco do Candiru e o 1º Festival Nacional de Contadores de Histórias no Ciberespaço

Lenha na Fogueira com fechamento do Buraco do Candiru e o 1º Festival Nacional de Contadores de Histórias no Ciberespaço

Lenha na Fogueira Vítima das consequências provocadas pelo Coronavírus e em consequências dos vários decretos governamentais, proibindo a abertura de

Lenha na Fogueira e o colapso em Rondônia e com a Cuia Contemporânea Laboratório Investigativo de Criações Contemporâneas em Dança

Lenha na Fogueira e o colapso em Rondônia e com a Cuia Contemporânea Laboratório Investigativo de Criações Contemporâneas em Dança

Lenha na Fogueira Aproveite as oficinas do Cuia Contemporânea Laboratório Investigativo de Criações Contemporâneas em Dança.**********Investigar a per