Porto Velho (RO) segunda-feira, 25 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o direito de respostas da diretora Sílvia Pinheiro do Asfaltão


Lenha na Fogueira com o direito de respostas da diretora Sílvia Pinheiro do Asfaltão - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira

 

Na coluna do último sábado 21, atendendo solicitação do carnavalesco Flávio Daniel que, alegando falta de consideração para com sua pessoa, no que diz respeito a sua contribuição, a história do carnaval de Porto Velho, com destaque para as Escolas de Samba durante entrevista concedida ao programa “Samba à Vera” apresentado pela ativista cultural do Rio de Janeiro Vera Cruz.

************.

Lembrando que a convidada do Programa, foi a sambista cantora e compositora, líder do Grupo “As Pastoras do Asfaltão” Sílvia Pinheiro que convidou seus parceiros sambistas Waldison e Makumbinha presidente da Federação das Escolas de Samba  – FESEC.

************

Durante a entrevista a apresentadora, solicitou que os três, falasse sobre a história do samba em Porto Velho e eles citaram como sendo os principais precursores (os que começaram) do Movimento Samba de Escola de Samba em Porto Velho, os sambistas Bainha, Silvio Santos e Cabeleira.

***********

Indignado por não ter sido lembrado pelos entrevistados, Flávio Daniel solicitou (e foi atendido) que publicássemos seu desabafo em relação as entrevistas com os diretores do Asfaltão.

************

Diante da maneira de como o Flávio Daniel se posicionou, a diretora Sílvia Pinheiro solicitou direito de resposta, o que vamos atender agora.

**********

DIREITO DE RESPOSTA.

***********

Em primeiro lugar, é bom que fique claro, fui convidada como Diretora do Asfaltão, uma mulher que atua no movimento do samba, e fiz questão de convidar o Waldison que além de ser meu companheiro, é nosso atual Diretor de Harmonia.

************

Para aproveitar a oportunidade, pois não sabia se teríamos outros momentos como este, convidei também o Makumbinha, Presidente da Fesec, além das funções que exercem, são meus parceiros de composição, inclusive iríamos cantar duas de nossas parcerias, mais não deu tempo.

***********

Convidei o Presidente da Fesec, pensando na coletividade, caso houvesse oportunidade, ele poderia pautar ou pelo menos pincelar algo sobre as escolas de samba, o que foi feito, apesar do curto espaço de tempo, falando sobre a luta das agremiações diante da falta de apoio e Respeito em Porto Velho.

************

Portanto não estávamos ali para contar a história do carnaval de Porto Velho, nem temos tal pretensão.

************

Estava ali pra falar sobre nossa atuação e militância neste segmento da cultura. É óbvio que numa conversa é possível que naturalmente apareça uma coisa ou outra do contexto do carnaval, por exemplo, quando o mediador perguntou sobre onde ocorrem os desfiles;

************

Em segundo lugar, fizemos questão de levar imagens do desfile de nossa Escola em homenagem ao Mestre Bainha, onde no Abre Alas, está você Silvio Santos com o saudoso Mestre Cabeleira e o homenageado Mestre Bainha, momento em que os citei ...

***********

São pessoas que começaram, junto com outros companheiros e companheiras, a história do samba em Porto Velho (Esta foi minha fala. Se procurarem verão nos exatos 30 minutos e 47 segundos, do vídeo disponível no YouTube).

***********

Como sempre digo, não estou neste meio para disputar espaço com ninguém. Muito menos ocupar o lugar de fala dos precursores do carnaval de Porto Velho.

************

Penso que foi aberto um caminho para, quem sabe, levarmos pessoas gabaritadas e sem paixão para falar da história do carnaval e do samba em Porto Velho.

************

Assim como eu, tenho certeza que o Waldison e o Makumbinha têm o mesmo objetivo, que é e sempre será contribuir, no que for possível, com a história do carnaval e do samba em nossa amada cidade.

************

Saudações carnavalescas, sambistas e abraço fraterno!! Silvia Pinheiro.

********

Tenho plena certeza que todos os citados nas duas colunas, só querem o sucesso do carnaval das escolas de samba de Porto Velho.

**********

E mais, a história seja lá do que for, sempre estará começando. Por isso, é necessário que você comece a contar sua versão o mais rápido possível, para não cair no esquecimento.

**********

Em suma: A história começa agora!

Lenha na Fogueira com o direito de respostas da diretora Sílvia Pinheiro do Asfaltão - Gente de Opinião

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira e o Coronavírus, Porto Velho faz 106 anos e com O Menestrel dos Menestréis – A história do Boi Bumbá em Porto Velho

Lenha na Fogueira e o Coronavírus, Porto Velho faz 106 anos e com O Menestrel dos Menestréis – A história do Boi Bumbá em Porto Velho

Lenha na Fogueira A saúde de Porto Velho chega ao caos, com a ocupação de todos os leitos clínicos e de UTI em virtude do alto índice de pessoas infec

Lenha na Fogueira com a Federon, notícias de Marcelo Bennesby e com os festivais de música e teatro em Guajará Mirim

Lenha na Fogueira com a Federon, notícias de Marcelo Bennesby e com os festivais de música e teatro em Guajará Mirim

Lenha na FogueiraRondônia, leia-se Federação de Grupos Folclóricos de Quadrilha e Boi Bumbá – FEDERON desde de ontem 22, conta com um representante el

Lenha na Fogueira e o Flor do maracujá e com a vacina

Lenha na Fogueira e o Flor do maracujá e com a vacina

Lenha na Fogueira O governo do estado de Rondônia através da Sejucel precisa se posicionar, sobre se vai acontecer ou não, o Arraial Flor do Maracujá

Lenha na fogueira e a  prestação de contas da Lei Aldir Blanc e com os Salvadores Dali resgatam Noel Rosa

Lenha na fogueira e a prestação de contas da Lei Aldir Blanc e com os Salvadores Dali resgatam Noel Rosa

Lenha na Fogueira Atenção Artistas contemplados pela Lei Aldir Blanc no estado de Rondônia!*********Muitas dúvidas sobre Prestação de contas dos edita