Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o “Dia Municipal da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha” e o novo Clipe da Banda Beradelia


Lenha na Fogueira com o “Dia Municipal da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha” e o novo Clipe da Banda Beradelia - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira

 

 

Amanhã (domingo), dia 25 de julho, será comemorado em Porto Velho o “Dia Municipal da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha”.

***********

Vasta programação será desenvolvida no Mercado Cultural. Na realidade, esta programação especial no Mercado Cultural começa neste sábado 24, pela parte da manhã. É a “Feira da Mulher Empreendedora” que vai oferecer produtos diversos para as mulheres de modo geral, em especial, para as mulheres negras.

***********

Ainda no Mercado Cultural só que dentro do ambiente, a artista fotógrafa Marcela Bonfim comanda a exposição com fotos tiradas por ela, das mulheres descendente de Barbadianas cujas famílias vieram para Porto Velho junto com seus maridos, e contribuíram com a formação educacional dos nossos jovens. Essa exposição fotográfica fica por um mês no Mercado Cultural.

***********

Prefeitura sanciona lei do 'Dia Municipal da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha' em Porto Velho.

************

Não é à toa que o dia 25 de julho foi escolhido para tão importante registro. Basta lembrar, que no Brasil, em 2 de junho de 2014, foi instituído por meio da Lei nº 12.987, o dia 25 de julho, como o “Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra”, homenageando uma das principais mulheres, símbolo de resistência e importantíssima liderança na luta contra a escravização.

**********

A lei nº 2.833, assinada durante cerimônia realizada no espaço do Mercado Cultural, configura o reconhecimento da participação feminina e da negritude na constituição da cidade, que iniciou durante a construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM). Elas, entre outros papeis importantes, também contribuíram como educadoras.

***********

Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha.

***********

Em 1992, um grupo de mulheres decidiu que era preciso se organizar de alguma forma para reverter os dados que demostravam que a população negra são as mais atingidas com a violência e desigualdade.

************

Assim, elas organizaram o primeiro Encontro de Mulheres Negras Latinas e Caribenhas em Santo Domingo, na República Dominicana, onde levaram ao evento, discussões sobre os diversos problemas e alternativas de como resolvê-los.

************

A partir desse encontro, nasceu a Rede de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas. A Rede, junto à Organização das Nações Unidas (ONU) lutou para o reconhecimento do dia 25 de julho como o Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha.

************

O 25 de julho não é apenas uma data de celebração, é uma data em que as mulheres negras, indígenas e de comunidades tradicionais refletem e fortalecem as organizações voltadas às mulheres negras e suas diversas lutas.

*************

Por outro lado, o Governo Estadual de Rondônia vai festejar a data de 25 de julho, realizando o 1º Prêmio Tereza de Benguela e destaca o Dia da Mulher Negra.

***********

A comemoração ou premiação, acontecerá amanhã (domingo) dia 25, no Teatro Rio Guaporé, quando será realizada a entrega do 1º Prêmio Tereza de Benguela que está previsto para acontecer entre as 18 e 22 horas.

***********

O Dia da Mulher Negra, celebrado em 25 de julho, foi instituído pelo Governo Federal, pela Lei nº 12.987/2014. Em Rondônia, a data valoriza a “Memória de Tereza de Benguela” e o “Dia da Mulher Negra”, por meio da Lei nº 4.266/2018, que reconhece Tereza de Benguela como guardiã da cultura dos afrodescendentes no Estado de Rondônia.

************

Tereza de Benguela. Em Rondônia, uma grande parcela da população negra é constituída por descendentes de remanescentes quilombolas provenientes do Vale do Guaporé.

***********

Amanhã (domingo) 25, no Teatro Rio Guaporé 15 mulheres negras notáveis por seus trabalhos em prol da construção de uma cultura de paz, tolerância e igualdade racial, vão receber a Comenda Tereza de Benguela oferecido pela Sejucel.

**********

Cinco dessas mulheres negras serão escolhidas pelo poder público, 5 pelo Conselho Estadual de Política Cultural e outras 5 pelo Conselho Estadual da Promoção da Igualdade Racial (Cepir-RO).

**********

Salve o 25 de julho Dia de Tereza de Benguela e “Dia Municipal da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha”.


Moleque Doido da Baladeira é o novo Clipe da Banda Beradelia

Lenha na Fogueira com o “Dia Municipal da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha” e o novo Clipe da Banda Beradelia - Gente de Opinião

A banda Beradelia que em 2020 completou 10 anos, lança dia 26 de julho as 19 horas, o clipe da música "Moleque doido da Baladera", através de seu canal no Youtube (youtube.com/beradelia).

Moleque Doido da Baladeira é o primeiro single do disco que leva o mesmo nome da música. O Lançamento faz parte do projeto "Album Moleque doido da Baladera - Beradelia 10 anos", aprovado pela lei emergencial Aldir Blanc, através do Governo do Estado de Rondônia e Governo Federal.
O Clipe tem  Roteiro,  Produção e Direção de arte e Geral de Rafael Altomar, Vocalista da banda,  Direção de Fotografia, Montagem e edição de João Paulo Palitot da Roda Filmes e Maquiagens por Duarte Lima.
Com sonoridade pesada, no melhor estilo Rock and Roll, a música trás memórias lúdicas de uma infância de muitas brincadeiras e "presepadas", com a expressão regional, "Doido, moleque doido da baladeira!" se encaixando como uma luva no refrão que não sai da cabeça, com destaque para as guitarras rasgadas de Romulo Oliveira que fazem o clima da canção.
BERADELIA é o som da correnteza dos carros, da semente brotando no asfalto, da esperança no olhar de cada animal, em cada curva, esquina ou berada.

BERADELIA é som beradélico, de aço, de madeira e de concreto, é o verde do muiraquitã e o zumbido do karapanã, é a locura que bate na velocidade, entre as curvas viajando, é o moleque doido da baladera pensando na próxima brincadeira. BERADELIA é a favor, nunca contra, BERADELIA sempre caminhando, achando graça, tirando onda, seguindo em frente com a poronga.

BERADELIA é pra quem é BÉRA... e tem béra que é béra daqui, tem béra que é béra de lá, tem béra da beira do rio, da beira do asfalto e da beira do mar.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o curso profissionalizante gratuito de inglês e o filme Nazaré: do verde ao barro

Lenha na Fogueira com o curso profissionalizante gratuito de inglês e o filme Nazaré: do verde ao barro

Com foco de estudo para o setor turístico, o Governo de Rondônia está com vagas abertas para curso profissionalizante gratuito de inglês.***********A

Lenha na Fogueira com os destaques das atletas Duda Tavares e jovem Maria Rita

Lenha na Fogueira com os destaques das atletas Duda Tavares e jovem Maria Rita

Falando de ginastica, pelo menos 10 atletas que foram representar Porto Velho, fizeram jus a medalhas no torneio nacional em Aracajú.**********Entre e

Lenha na Fogueira com o Dia Municipal do Tacaca e o espetáculo “Eu, Pessoa e os Outros Eu”

Lenha na Fogueira com o Dia Municipal do Tacaca e o espetáculo “Eu, Pessoa e os Outros Eu”

G.R.E.E.S POBRES DO CAIARI - CONSELHO DELIBERATIVOASSEMBLEIA GERAL - EDITAL DE CONVOCAÇÃO O presidente do conselho deliberativo do GRÊMIO RECREATIVO E

Lenha na Fogueira com a volta Café com História

Lenha na Fogueira com a volta Café com História

Após uma pequena pausa e agora de casa nova, programa Café com História está de volta.**********O nosso programa de rádio de todos os sábados irá ao a