Porto Velho (RO) sexta-feira, 30 de julho de 2021
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira com CD: Silvio M. Santos – 60 Anos de Música Autoral e a Festa do Divino no Vale do Guaporé que é tema de filme


Lenha na Fogueira com CD: Silvio M. Santos – 60 Anos de Música Autoral e a  Festa do Divino no Vale do Guaporé que é tema de filme  - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira

 

Já se encontra em Porto Velho o CD: Silvio M. Santos – 60 Anos de Música Autoral um Projeto apresentado pela Ana Celia Rodrigues da Silva, desenvolvido graças ao Edital 006/2020/FUNCULTURAL Aluízio Batista Guedes – Produção Audiovisuais e Mídias Digitais: Produções Audiovisuais CD, DVD, PODCAST, DOCUMENTÁRIOS e Afins.

***********

O CD foi produzido pelo produtor manauara Júnior Rodrigues que providenciou os arranjos musicais e a gravação com os músicos, que aconteceu no Estúdio 3 Produções Musicais em Manaus enquanto que a Voz Principal (do Silvio M. Santos) foi gravada no Estúdio Trilha dirigido pelo Marcelo em Porto Velho.

***********

Durante o decorrer desta semana, a equipe de produção vai providenciar algumas entrevistas na mídia de Porto Velho, além de promover a entrega à FUNCULTURAL de 100 exemplares do CD.

**********

Independente de tudo isso, assim que o CD foi produzido (ficou pronto), o Júnior Rodrigues providenciou o Registro das Músicas além de coloca-las as mesmas na Plataforma SPOTIFY o maior Streaming da indústria da música.

**********

Vale lembrar que a gravação foi concluída no final do mês de fevereiro, porém o processo de gravação só terminou há poucos dias, porque nesse meio tempo o Estúdio em Manaus teve parte de seu ambiente vítima de incêndio. Depois a estrada Manaus/PVH ficou interditada em virtude da enchente que assola o Amazonas e os CDs foram enviados de barco, tendo chegado em Porto Velho na última quinta-feira dia 27.

************

Agora é partir para o lançamento em Porto Velho. Obrigado a Lei Aldir Blanc em especial a Prefeitura de Porto Velho via FUNCULTURAL.

***********

Vem aí o 1º Festival Rondoniana de Artes – As Mulheres na Cena começa na próxima segunda (31/05)

***********

Confira a programação do primeiro dia: 31/05 (Segunda-feira) – A partir das 19h Apresentações musicais com Marina Reis & Érika Melo.

************

Performances: Dança cura, com Kaline Leigue e (des) velando, com Selma Pavaneli.

************

Rondoniana Convidada para o bate-papo: Joana D'arc, Psicóloga e Ativista do Fórum Popular de Mulheres.

************

Já se inscreva no canal e ative o sininho para receber o aviso da programação.

***********

https://www.youtube.com/channel/UCAwzX2mB84bp5j6ShpynPvw.

***********

Quer saber mais sobre as cantoras? Acesse o site: https://www.rondoniana.com/

No fechar dessa página, já na noite de ontem, recebemos a notícia do falecimento do Judilson Dias. Há alguns meses Judilson retornou para sua cidade Natal Recife.

************

Judilson Dias foi grande colaborador da nossa cultura, tendo exercido cargo importante na Funcultural do município de Porto Velho e também na SETUR do estado de Rondônia.

***********

Foi também funcionário do SESC/PVH por muitos anos de onde saiu, foi morar no Nordeste e retornou depois para Porto Velho, tendo que mais uma vez retornar ao Nordeste onde foi cuidar da senhora sua mãe.

***********

Descansa em Paz amigo Judílson Dias.


Festa do Divino no Vale do Guaporé é tema de filme que será lançado dia 30

Lenha na Fogueira com CD: Silvio M. Santos – 60 Anos de Música Autoral e a  Festa do Divino no Vale do Guaporé que é tema de filme  - Gente de Opinião

Quem já navegou pelo Vale do Guaporé? A região fronteiriça entre Brasil e Bolívia, além de ter uma vegetação amazônica exuberante, abriga uma festa centenária característica de Rondônia, a do Divino Espírito Santo. A grande romaria amazônica será o tema do filme “O Divino Guaporé”, que será lançado no próximo dia 30, às 15h (horário de Rondônia) e 16h (horário de Brasília), nas redes da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e nas redes sociais do Laboratório de Narrativas Visuais Universidade Federal de Rondônia (LabNavi). 

O documentário destaca as vivências e relações com o festejo das populações ribeirinhas e indígenas que habitam e preservam o Vale do Guaporé. Nesse sentido, a produção do documentário tem o objetivo de revelar a importância histórica, o conhecimento e a tradição mantida pelos comunitários que constroem por longos anos a festa. 

Para o diretor Ederson Lauri, o filme será uma forma de preservar a memória de parte significativa e pouco conhecida da cultura rondoniense, e, ainda, será um documento histórico para as futuras gerações da região. 

“O documentário é uma forma de presenciar o ‘Divino’ em tempos de pandemia. A festa do Divino  orienta a vida dos Romeiros, da comunidade do Vale do Guaporé, e nesses dois anos que não aconteceu a festa, devido à pandemia, a comunidade está ansiosa em assistir e  resgatar um pouco da memória desse momento”, diz o diretor.

Os materiais audiovisuais e fotográficos que compõem a narrativa foram coletados durante dois anos de acompanhamento da Romaria, entre 2018 e 2019, fruto do projeto de extensão do Laboratório de Narrativas Visuais, da Universidade Federal de Rondônia. Dessa maneira, o documentário foca nas entrevistas e membros do Divino e suas histórias de fé, resistência e paixão pela tradição. 

A produção conta com recursos da Lei Aldir Blanc, através do Edital Jair Rangel Nº 78/2020/SEJUCEL - CODEC, Eixo III, Item III, Porto Velho/RO (2020).

 

O DIVINO - O grande festejo acontece durante 55 dias consecutivos, percorre, por via fluvial, aproximadamente 1.000 quilômetros e envolve diretamente um total de 41 comunidades, entre ribeirinhas, quilombolas e indígenas em 24 horas diárias de atividades religiosas e não religiosas. Ano passado, devido à pandemia, foi o único ano que a cerimônia não aconteceu ao longo dos 125 anos de festa que teve seu início no século XIX.

 UM OLHAR OUTRO ÀS AMAZÔNIA(S) 

Fora do eixo das grandes capitais amazônicas, o filme retrata a dimensão humana, simbólica, histórica e cultural presente na manifestação religiosa de parte interiorana do estado de Rondônia. É uma forma de afirmar que existe uma cultura, memória e presença dos povos amazônicos por todos os cantos, fronteiras e profundos dos rios.

Serviço: Lançamento do Filme “O Divino Guaporé” no próximo dia 30, às 15h (horário de Rondônia) e 16h (horário de Brasília), nas redes da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e nas redes sociais do Laboratório de Narrativas Visuais Universidade Federal de Rondônia (LabNavi). 

Mais informações sobre o Lançamento:

Tainá Aragão - Assessora de comunicação do Filme “O Divino Guaporé”.

([email protected])| (61) 98316-3755

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

  Lenha na Fogueira e o filme. “Jungle Cruise” e com a revitalização do Teatro Banzeiros

Lenha na Fogueira e o filme. “Jungle Cruise” e com a revitalização do Teatro Banzeiros

Lenha na Fogueira Amanhã sexta-feira 30, a Disney disponibiliza em suas plataformas o filme. “Jungle Cruise”.**********A história se passa em Porto Ve

Lenha na Fogueira com a Praia de Vila Calderita e a venda de camarotes para o Carnaval 2022

Lenha na Fogueira com a Praia de Vila Calderita e a venda de camarotes para o Carnaval 2022

Lenha na Fogueira Ontem, o samba de Porto Velho festejou o casamento do compositor e interprete Beto Cezar com a Yandra Caricia. Parabéns ao Beto Ceza

Lenha na Fogueira com Beto Cezar e o grupo Doce Melodia e o Clip musical produzido em Rondônia ultrapassa 100 mil visualizações

Lenha na Fogueira com Beto Cezar e o grupo Doce Melodia e o Clip musical produzido em Rondônia ultrapassa 100 mil visualizações

Lenha na Fogueira A roda de samba do Beto Cezar e o grupo Doce Melodia que aconteceu domingo passado (25), no Mercado Cultural, agitou o mundo dos sam

Lenha na Fogueira e o dia de São Cristovão o Santo Padroeiro dos Motoristas

Lenha na Fogueira e o dia de São Cristovão o Santo Padroeiro dos Motoristas

Lenha na Fogueira Hoje 25 de julho, é o dia de São Cristovão o Santo Padroeiro dos Motoristas. Em tempo normal, teríamos quermesse na paróquia cuja ig