Porto Velho (RO) sexta-feira, 7 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira com Banco de Propostas Culturais/Sesc–RO e o 1º Festival de Cinema de Rondônia


Lenha na Fogueira com Banco de Propostas Culturais/Sesc–RO e o 1º Festival de Cinema de Rondônia - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira
 

O jornalista, economista, memorialista e imortal da Academia Rondoniense de Letras Anizinho Gorayeb completou na data de ontem dia 15 de março, 66 anos de vida.

**********

Vida pela qual está lutando (e vai vencer), contra a Covid 19. Querido por todos que amam a história de Porto Velho e de Rondônia, Anizinho tem recebido da população de Porto Velho, centenas Orações pelo seu restabelecimento o mais breve possível. Parabéns amigo! Volta logo!

***********

PRORROGADO CHAMAMENTO, BANCO DE PROPOSTAS

************

Sesc Rondônia, convoca toda a comunidade artística e produtores culturais de Rondônia, com atuação nas linguagens: artes cênicas (circo, teatro e dança).

**********

Arte educação, artes visuais, audiovisual, literatura, música e memória social e patrimônio cultural

***********

Para credenciar-se no BANCO DE PROPOSTAS CULTURAIS/Sesc–RO 2021/2022. O chamamento visa receber propostas que possam ser realizadas em ambiente virtual e/ou presencial, sem prejuízo de sua execução.

***********

Para participar, o interessado deve baixar a ficha de sua respectiva Linguagem pelo: https://sescro.com.br/banco-de-propostas-culturais/ 

*********** 

Preencher e enviar no e-mail: Inscrições pelo e-mail: [email protected]

**********

INSCRIÇÕES ATÉ O DIA 19 DE MARÇO DE 2021.

***********

Informações: 3229-6006 ramal 238/239 = Sistema Fecomércio de Rondônia e você̂, juntos no enfrentamento da Covid-19.

**********

A falta de leito de UTI vitimou na tarde de ontem, a vida do Maestro José Borges (Zé Borges). Zé Borges por muitos anos atuou na noite de Porto Velho como produtor musical e proprietário de uma Banda especializada em Bailes. Além disso, era exímio interprete de sucessos musicais.  

**********

Em 1971 foi o Interprete Oficial (Puxador de Samba Enredo) da Escolas de Samba Pobres do Caiari interpretando o samba “ISTO É O BRASIL” de autoria de Silvio M. Santos com o qual foi campeão dos desfiles das escolas de samba daquele ano.

**********

Ultimamente se apresentava acompanhado apenas de Teclado. Foi dos mais requisitados para animar com sua Banda os festivais de praia de Fortaleza do Abunã.

***********

Zé Borges era chamado pelos mais chegados de Maestro. Estava internado no Prontocordis com a Covid19 ha alguns dias e ontem precisou de UTI e não conseguiu em nenhum hospital de Porto Velho. Assim, não resistiu e veio a óbito. Muito Triste com o passamento do meu amigo Zé Borges”

************

“Seu nome fica na memória cultural de nossa cidade”.

***********

Outra nota triste:

***********

Nota de Pesar do Grupo Teatral Êxodo - Antônio de Oliveira Braga.

**********

O Grupo Teatral Êxodo manifesta profundo pesar pelo falecimento do Sócio Efetivo e ator do Espetáculo “O Homem de Nazaré”, Antônio de Oliveira Braga (56), ocorrido no domingo (14), devido a complicações provocadas pela Covid-19.

***********

Ator exemplar e disciplinado, Antônio Braga contribuiu de forma expressiva para a história e o engrandecimento da Jerusalém da Amazônia, desde a sua inauguração há 30 anos. Além da participação nas artes cênicas, também atuou como membro do Conselho Fiscal na Administração anterior.

**********

“Como pessoa, um grande ser humano. Como ator, foi uma das revelações, sempre muito talentoso. Era muito elogiado pelo Dr. Felipe Daou da Rede Amazônica, que gostava muito dele. O Louro, como era carinhosamente chamado por nós, era muito religioso e ligado à Igreja com a sua família”, enalteceu o presidente do Grupo, José Monteiro.

**********

Pois é meus amigos, não está fácil conviver com esse vírus. Tudo depende apenas da gente. Por favor, não participe e nem promova festas e reuniões de maneira nenhuma. Obedeça às recomendações da Secretaria de Saúde de manter o distanciamento, usar máscara, lavar as mãos com água e sabão e usar álcool 70 graus.

***********

Não existe tratamento para a Covid 19, a esperança é a Vacina em massa da nossa população, coisa que só vai começar a acontecer em Porto Velho, com a chegada das doses adquiridas pela prefeitura, isso, segundo o prefeito, só daqui a um mês. Enquanto a vacina não chega, é preciso obedecer às recomendações dos órgãos de saúde.

*********

Para complicar mais, se já não temos leitos clínicos e UTI’s, agora também as funerárias estão tendo dificuldades, para conseguir URNAS (CAIXÃO) para velar nossos entes queridos. Onde vamos parar.

**********

Meus amigos, todo cuidado é pouco!


1º Festival de Cinema de Rondônia: Mostra de filmes tem início em 16/03

Lenha na Fogueira com Banco de Propostas Culturais/Sesc–RO e o 1º Festival de Cinema de Rondônia - Gente de Opinião

O Cine RO – Festival de Cinema de Rondônia, inicia a exibição dos filmes nesta terça-feira (16/03). A programação acontece em dois formatos, o primeiro é o de streaming, nesse caso o espectador terá acesso a 130 filmes de curta e longa metragem que ficarão disponíveis na plataforma www.festcinero.com a partir do dia 16/03/2021 às 20h (horário de Brasília). Esses filmes ficarão disponíveis para visualização até o dia 30/03/2021. O segundo formato é o de transmissões ao vivo dos filmes que foram escolhidos para a mostra competitiva, esses filmes serão transmitidos pelo Facebook da Zenital Produções e do Cine RO e pelo Canal do Youtube da Zenital Produções entre os dias 16 e 20/03/2021 às 20h (horário de Brasília). Após cada sessão haverá bate-papo com os realizadores dos filmes exibidos.

Confira a programação de transmissão dessa mostra.

Sessão 16/03 – às 20h (horário de Brasília)

Nada de bom acontece depois dos 30, direção de Lucas Vasconcelos

Pipo and blind love, direção de Hugo Le Gourrierec

Rádio Capital Alvorada, direção de Rafael Stadniki

Seremos Ouvidas, direção de Larissa Nepomuceno

Semear, direção de Neto Cavalcanti,

 

Sessão 17/03 – às 20h (horário de Brasília)

A Última Frente Fria Antes do Verão, direção de Pedro Gabriel Miziara

Dominique, direção de Tatiana Issa e Guto Barra

Ela que mora no andar de cima    , direção de Amarildo Martins

Janelas Daqui, direção de Luciano de Jesus Conceição

Cura-me, direção de Eduardo Varanda Ararunas   

 

Sessão 18/03 – às 20h (horário de Brasília)

Ator a Granel, direção de Fabiano Persi

Cadeia Alimentar, direção de Raphael Medeiros

Los Ojos De La Tierra, direção de Marcos Altuve Marquina

Neguinho, direção de Marçal Vianna

Boi criado por mulheres, direção de Jaqueline Luchesi

 

Sessão 19/03 – às 20h (horário de Brasília)

Ao Sair, Feche a Porta, direção de Isabella Melo

O Prazer de Matar Insetos, direção de Leonardo Martinelli

Ouroboros, direção de Santiago Paestor e Vitor D’Angelo

Práticas do Absurdo, direção de Alexander S. Buck

Um dia de cachorra, direção deEmiliano d’Avila

 

Sessão 19/03 – às 20h (horário de Brasília)

Apneia, direção de Carol Sakura

Como segurar uma nuvem no chão, direção de Marco Aurélio Gal

Hornzz, direção de Lena Franzz

Inspirações, direção de Ariany de Souza e equipe

Primeiro Carnaval, direção de Alexandre Vicente

 

No dia 21/03/2021 haverá a cerimônia de premiação dos filmes indicados para a mostra competitiva.

Os filmes de longa metragem serão exibidos apenas no formato de streaming, eles ficarão por um tempo menor. Confira a programação de exibição desses filmes dento do site www.festcinero.com:

- Soldados da Borracha, direção de Wolney Oliveira

Estreia no site no dia 16/03 às 21h e fica no ar até 17/03 às 21h.

- Advento de Maria, direção de Vinícius Machado

Estreia no site no dia 17/03 às 21h e fica no ar até 19/03 às 21h.

- Fendas, direção Carlos Segundo

Estreia no site no dia 19/03 às 21h e fica no ar até 21/03 às 21h.

 

Ações formativas do CINE RO

Além das exibições dos filmes no festival, estão acontecendo ações formativas ligadas à produção audiovisual. Em 10/03 foi realizado o WorkShop “Artesanias Digitais” com Gyl Giffoni e Silvero Pereira e estão em andamento as oficinas “Cinema de Bolso”, com Édier William e “Oficina de Roteiro com Flávia Orlando”.

No próximo dia 20/03 será realizada a Rodada de negócios e bate papo com Wolney Oliveira, diretor do longa metragem Soldados da Borracha. O objetivo do encontro é objetivo gerar interação entre os produtores, criadores e técnicos de audiovisual rondonienses.

As inscrições estão abertas e podem ser realizadas a partir do link: http://bit.ly/3ltW7mx.

O 1º Cine RO é produzido pela Zenital Produções, com recursos provenientes da Lei Aldir Blanc, edital 80/2020 SEJUCEL/CODEC/FEDEC, Governo de Rondônia e Governo Federal. 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o “Galo da Meia Noite, Uma Festa a Mais” e o Festival PAN! Prorroga exibições de espetáculos

Lenha na Fogueira com o “Galo da Meia Noite, Uma Festa a Mais” e o Festival PAN! Prorroga exibições de espetáculos

Lenha na Fogueira  Acontecerá neste sábado, dia 08 de maio, véspera do Dia das Mães, a Live de Lançamento do Livro: “Galo da Meia Noite, Uma Festa a M

Lenha na Fogueira com Nazaré: do verde ao barro e o SHOW SOBRE VOCÊ do cantor BRUNO BRATILIERI

Lenha na Fogueira com Nazaré: do verde ao barro e o SHOW SOBRE VOCÊ do cantor BRUNO BRATILIERI

Lenha na Fogueira  Animação inspirada em Nazaré, distrito do baixo Madeira em Porto Velho, estreia neste final de semana. Nazaré: do verde ao barro é

Lenha na Fogueira com o “Prorroga já! Prorroga Rondônia!, Prorroga SEJUCEL!” e o ‘Minuano’, de Bado, traz identidades culturais em poesia e melodia

Lenha na Fogueira com o “Prorroga já! Prorroga Rondônia!, Prorroga SEJUCEL!” e o ‘Minuano’, de Bado, traz identidades culturais em poesia e melodia

Lenha na Fogueira  O I Fórum Digital de Cultura de Rondônia realizado por iniciativa da rede Pro Cultura e outros coletivos na tarde dessa segunda-fei

Lenha na Fogueira com “A Mãe da Seringueira e a Onça” e Do Cangaço ao Seringal – A história do forró

Lenha na Fogueira com “A Mãe da Seringueira e a Onça” e Do Cangaço ao Seringal – A história do forró

Lenha na Fogueira E ontem aconteceu o lançamento do livro infanto-juvenil: “A Mãe da Seringueira e a Onça” *************O lançamento aconteceu de form