Porto Velho (RO) sexta-feira, 15 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira com a reeleição de Hildon Chaves e o Cineamazônia 17ª Edição


Lenha na Fogueira com a reeleição de Hildon Chaves e o Cineamazônia 17ª Edição  - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira

 

A fumacinha branca saiu pela chaminé da política, avisando que Porto Velho já tem prefeito para os próximos quatro anos.

***********

Numa eleição supertranquila, que não conseguiu nem mesmo reunir eleitores em fila, nas várias seções eleitorais.

************

O Dr. Hildon Chaves foi reeleito com 54,45 % dos votos válidos, o que representa 109.992 votos, contra 45,55% dos votos válidos para a candidata Cristiane Lopes ou seja, 92.015 votos.

***********

Não interessa se o percentual da diferença entre os dois não repetiu o que o IBOPE apontou na última pesquisa, onde Hildon Chaves apresentou 20% de diferença, o que importa, é que com uma diferença de menos de DEZ PONTOS percentuais, ele conseguiu a reeleição.

**********

Agora, que a Cristiane Lopes apresentou uma performance eleitoral, bem melhor que a do Léo Moraes no pleito de 2016, ninguém tem dúvida, é só lembrar a diferença entre Hildon Chaves e Léo Moraes no segundo turno daquela eleição:

***********

Quando Hildon obteve 65,15% e Léo Moraes 34,85 quer dizer mais de 30%, uma verdadeira “lavada”, o que não aconteceu no pleito de domingo.

***********

Bom! O certo é que o eleitorado de Porto Velho mais uma vez reelegeu um prefeito, na realidade, depois que o povo voltou a eleger seus representantes após a “Ditadura”. Nos últimos pleitos, só quem não conseguiu governar Porto Velho por mais de uma vez foi o Dr. Mauro.

**********

Jerônimo renunciou para ser candidato a governador de Rondônia e foi eleito, seu vice Tomais Correa assumiu, fez um péssimo governo e daí pra frente, não conseguiu mais se eleger pra nada.

**********

Chiquilito foi eleito duas vezes e ao morrer, seu vice Carlinhos Camurça assumiu e conseguiu se reeleger, assim como Roberto Sobrinho e agora o Dr. Hildon Chaves.

**********

Hildon tem apenas, que confirmar durante a nova gestão, que Porto Velho não é cemitério político de ninguém. Basta lembrar que o ex prefeito Mauro Nazif quebrou esse paradigma, ao se eleger deputado federal no pleito de 2018.

**********

Tem outro detalhe, no pleito de domingo o vencedor não foi só o Dr. Hildon a Cristiane Lopes pode se considerar a grande vencedora, pois, sai dessa eleição com seu nome consolidado.

**********

Cristiane conseguiu derrotar 13 candidatos, só deixando de ganhar de Hildon Chaves e mais, sua votação pode ser considerada como expressiva, ela conseguiu 92.015 mil votos, por tanto, se credenciou para disputar uma vaga entre as 8 que Rondônia tem direito na Câmara dos Deputados em Brasília.

***********

Uma coisa que prestei atenção nas entrevistas que o Dr. Hildon Chaves deu após se reeleito, é que todos seus entrevistadores perguntam se ele vai cumprir seus quatro anos como prefeito.

***********

Ele sempre sai pela tangente, respondendo que a política é como nuvem, a qualquer momento pode mudar sua configuração. Quer dizer, ele não descarta a possibilidade de passar o posto ao vice Maurício Carvalho o que pode acontecer em 2022 quando da eleição para governador e senador. Dizem inclusive que seu sonho, é ser SENADOR. Lembrando que em 2022 apenas uma vaga para o Senado estará à disposição dos candidatos.

***********

É natural que um político do naipe de Hildon Chaves queira assumir uma cadeira no Senado Federal e quem sabe, até de governador do estado.

***********

Uma coisa é certa, muita água ainda vai passar por debaixo da ponte ou melhor: Muita água vai começar a passar por debaixo da Ponte, até a convenção de 2022 chegar.

 

**********

Porto Velho garante com a reeleição de Hildon Chaves a continuação das obras de asfaltamento, drenagem, iluminação e inclusive a inauguração do Complexo Turístico da Madeira Mamoré que está muito lindo.

***********

É como dizia o slogan de campanha de Hildon Chaves: “O Trabalho Continua”.

***********

Parabéns aos eleitos! 


Cineamazônia 17ª Edição começa nesta terça-feira, 1º de dezembro

Lenha na Fogueira com a reeleição de Hildon Chaves e o Cineamazônia 17ª Edição  - Gente de Opinião

A programação completa do Cineamazônia 17ª Edição já está à disposição do público, este ano de forma totalmente gratuita e online. É super simples: clique no link do evento, faça a sua inscrição, ative o lembrete do Youtube e participe das Mesas Redondas, Debates e Papos de Cinema.

E mais, acompanhe a Cerimônia de Abertura, nesta terça feira dia 1/12 as 10:00 horas e da Premiação com o Troféu Mapinguari, no sábado, dia 5/12, as 19:00 horas. Todos os eventos acontecem no canal do Youtube do Cineamazônia, ao vivo e com acesso gratuito. 

Assista às Mostras de filmes: Mostra Competitiva de Longas Documentários, Mostra de Longas Convidados, Mostra Competitiva de Curtas e Médias, Mostra Animando Amazônia, Mostra Itinerâncias e Mostra Imagens da Memória. São 130 filmes para você curtir e assistir durante a semana de 1 a 5 de dezembro de 2020, online e gratuitos.

Mostras Cineamazônia 

Exibição: de 1 de dezembro a partir das 10:00 horas às 18:00 horas do dia 5 de dezembro de 2020

Mostra Animando Amazônia

·  Exibição de filmes de animação, entre eles oito Mapinguaris animados de animadores brasileiros, convidados durante as edições do Cineamazônia, e que deram vida ao Mapinguari, se tornando um projeto pioneiro de animação, desenvolvido pelo festival durante as oficinas de animação com alunos de escolas públicas nas 16 edições anteriores e levados para a Amazônia Brasileira e Boliviana no Cineamazônia Itinerante;

Mostra Imagens da Memória

·  Filmes produzidos pelo Cineamazônia ao longo dos últimos anos com depoimentos de pessoas que resgatam, preservam e contam as suas histórias de vida nos diferentes territórios da Amazônia, em uma linguagem própria;

Mostra Itinerâncias

·  Filmes com diferentes pessoas e culturas e a rica diversidade contadas do ponto de vista de convidados e de personagens locais durante as expedições do Cineamazônia Itinerante pela Amazônia, Peru, Bolívia, Colômbia, Portugal e África.

Se agende: Cineamazônia – Festival de Cinema Ambiental 17ª Edição – A Natureza não pode não pode sair de cena. 1 a 5 de dezembro – Online e Gratuita.

Realização: Acapulco Filmes

Acompanhe as nossas redes sociais – Youtube – Instagram – Facebook 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com Funcultural e o Podcast PPKast discute arte na pandemia

Lenha na Fogueira com Funcultural e o Podcast PPKast discute arte na pandemia

Lenha na FogueiraPois é, a nova administração da Fundação Cultural de Porto Velho – FUNCULTURAL mostrando que não está aí por acaso, começou a mostrar

Lenha na Fogueira com a Marcha para Jesus e a live Negra Mari Extracotidiana

Lenha na Fogueira com a Marcha para Jesus e a live Negra Mari Extracotidiana

Lenha na Fogueira Assim como a Banda do Vai Quem Quer, a Marcha para Jesus desde terça feira 12, foi oficializada por meio de Lei n° 4.939, como Patri

Lenha na Fogueira com Sonora PVH 2021 e a Cidade da Cultura

Lenha na Fogueira com Sonora PVH 2021 e a Cidade da Cultura

Lenha na Fogueira Os projetos habilitados e que já receberam recursos oriundos da Lei Aldir Blanc começam a ser colocados em prática.**********Com cer

Lenha na Fogueira com governo instrui Estados e municípios a guardar dinheiro da Lei Aldir Blanc.

Lenha na Fogueira com governo instrui Estados e municípios a guardar dinheiro da Lei Aldir Blanc.

Lenha na Fogueira Governo instrui Estados e municípios a guardar dinheiro da Lei Aldir Blanc.***********Em um comunicado oficial, o Ministério do Turi