Porto Velho (RO) sexta-feira, 27 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira com a live do espetáculo “O Homem de Nazaré” e com a reabertura do Parque Natural


Lenha na Fogueira com a live do espetáculo “O Homem de Nazaré” e com a reabertura do Parque Natural - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira 

Amanhã a Conexão Norte colocar no ar através de live, o espetáculo “O Homem de Nazaré”.

************

A live será apresentada neste sábado dia 31 de outubro e domingo dia 1º de novembro, sempre com início às 19 horas.

******

A atriz Lucélia Santos que faz o papel de Maria Mãe de Jesus, está empolgadíssima com a live do Grupo Êxodo, tanto que está divulgando em suas redes sociais que tem seguidores de praticamente o mundo todo.

************

Outro ator famoso que também faz parte do elenco da Peça O Homem de Nazaré que será exibida sábado e domingo, é o Carlos Vereza que representou Pilatos.

***********

O Homem de Nazaré, sábado (31) e domingo (1º), virtual será transmitido pelo canal da Conexão Norte no Youtube e na página no face book.

*******

Por falar nisso e não sei por que, estou preocupado com a falta de passageiros, nos ônibus de transporte urbanos em Porto Velho, apesar da nova frota;

***********

Estava analisando cá com meus botões:  como é que a nova empresa de transporte coletivo em Porto Velho, vai conseguir sobreviver.

*******

Durante toda essa semana, achei por bem acompanhar a ocupação dos dos acentos dos ônibus que passam pela avenida Jatuarana na Zona Sul. Sabe de uma coisa?

********

Poucas pessoas, pouquíssimas mesmo, estão se valendo dos ônibus, que fazem parte da frota da empresa que ganhou o direito de atender a população de Porto Velho.

********

Olha que os ônibus são novinhos em folha, tem hi-fi e o que é melhor, muitos são climatizados, enfim, os “Azulões”, como a população anda chamando os novos coletivos, são confortáveis, mesmo assim, o povo não os utiliza para se deslocar para o trabalho.

***********

Por que será que esse fenômeno está acontecendo aqui em Porto Velho? Talvez seja em virtude da Quarentena, que até bem pouco tempo, obrigava a maioria a ficar em casa e isso, pode ter desacostumado o uso pela população, dos chamados BUSUS. Até porque a empresa anterior, muito antes da Quarentena, quase não funcionava.

************

Isso contribuiu para que a população passasse a ignorar o transporte coletivo no segmento ônibus e passasse a utilizar os chamados transportes alternativos como: Táxi Compartilhado; Moto Táxi, Aplicativos e até o Táxi convencional.

***********

O grande responsável pela população não estar utilizando Ônibus para se deslocar pela cidade, segundo muitas pessoas me asseguraram, é o PREÇO do passe, 4 Reais e Alguns Centavos.

***********

No Táxi Compartilhado a passagem não passa de CINCO Reais com todo conforto e eficiência, pois o Táxi Compartilhado é muito mais rápido que o ônibus e o valor da corrida é praticamente o mesmo.

************

Os que atendem por aplicativo também cobram preço convidativos e ainda têm os Moto Táxis e até o Táxi tradicional está com a Bandeirada acessível.

***********

Quer dizer, a empresa que ganhou o direito de explorar o Transporte Coletivo – ônibus em Porto Velho, deve estar pensando no que fazer para melhorar a arrecadação.

***********

Quer dizer, a população de Porto Velho foi tão sacaneada pela falta de respeito das empresas de transporte coletivo, que agora, mesmo com uma frota de Carros confortáveis, oferecidos pela nova empresa, não tá nem aí pera os AZULÕES.

***********

Quer dizer, o prefeito Hildon Chaves pode entrar para a história como o prefeito que resolveu o problema Transporte Coletivo em Porto Velho. Só que com o preço do Passe do Ônibus nesse patamar, o povo vai continuar preferindo o COMPARTILHADO.

********

Quem sabe, que, com Porto Velho chegando a fase 4 do protocolo da Pandemia, a população volte a pegar ônibus para ir trabalhar.

***********

Acho que a volta ao normal pra valer, só vai acontecer no próximo ano. Aí o prefeito pode ser outro, coisa que acho difícil!

 

TURISMO & LAZER

Parque Natural é reaberto com restrição de público

Lenha na Fogueira com a live do espetáculo “O Homem de Nazaré” e com a reabertura do Parque Natural - Gente de Opinião

Entre as novidades apresentadas pela Prefeitura está a reforma da entrada do parque, criação do redário e instalação de bebedouros. 

A Prefeitura de Porto Velho reabriu o Parque Natural Municipal para visitação após uma temporada em que esteve fechado devido a pandemia (Covid-19). A medida ocorre após Decreto 25.470, do dia 21, que incluiu o município na Fase 4 do Distanciamento Social Controlado. 

A responsabilidade com a gestão e manutenção é Subsecretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema). Para tanto, neste período de flexibilização que permite a abertura de espaços públicos devem ser levados em consideração o limite de ocupação e horário de funcionamento. 

De acordo com a Prefeitura, o funcionamento será de quarta a sexta-feira, sempre das 8h às 14h e, nos sábados, domingos e feriados, das 8h às 17h. Para esse contato com a natureza, a orientação é que os visitantes levem consigo álcool em gel e usem máscara de proteção durante o tempo o tempo de permanência no local. 

Entre as novidades apresentadas pela Prefeitura está a reforma da entrada do parque, criação do redário e instalação de bebedouros,

para ajudar na hidratação. Ainda estão sendo providenciadas as instalações de totens displays para álcool gel, oferecendo assim maior segurança aos usuários. A Prefeitura lembrou ainda que, mesmo com a abertura, há uma limitação de 500 pessoas na área do parque natural.

 

ATIVIDADES SUSPENSAS

 

Devido a dificuldade de fazer o monitoramento, algumas atividades seguem suspensas para evitar aglomerações como, por exemplo, a realização de trilhas na mata.

 

SOBRE O PARQUE

 

O Parque Natural tem uma área superior a 390 hectares e conta com diversas possibilidades de interação, entre eles, playground, parque, brinquedos para crianças, entre outros. Uma das oportunidades é o centro de visitação ao museu. 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o SESC: Quatro atrações musicais nesta sexta na Mostra de Música; evento continua no sábado

Lenha na Fogueira com o SESC: Quatro atrações musicais nesta sexta na Mostra de Música; evento continua no sábado

Lenha na FogueiraVem aí a 13ª Mostra Sesc Rondônia de Música! Uma das mais tradicionais mostras do Estado.  Teremos apresentações, ações formativas e

Lenha na Fogueira e a polêmica História do Carnaval em Porto Velho

Lenha na Fogueira e a polêmica História do Carnaval em Porto Velho

Lenha na Fogueira A participação da Silvia e seus convidados no programa “Samba à Vera”, continua sendo assunto nas rodas culturais, em especial, das

Lenha na Fogueira com a reinauguração do Bar do Calixto e com Martinho da Vila lançando álbum cantando o Rio

Lenha na Fogueira com a reinauguração do Bar do Calixto e com Martinho da Vila lançando álbum cantando o Rio

Lenha na FogueiraRELAÇÃO DOS PROJETOS CULTURAIS HABILITADOS - POR CATEGORIA - EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA N. 006-2020 - ALUÍZIO BATISTA GUEDESSaiu a rel

Lenha na Fogueira com o direito de respostas da diretora Sílvia Pinheiro do Asfaltão

Lenha na Fogueira com o direito de respostas da diretora Sílvia Pinheiro do Asfaltão

Lenha na Fogueira Na coluna do último sábado 21, atendendo solicitação do carnavalesco Flávio Daniel que, alegando falta de consideração para com sua