Porto Velho (RO) sexta-feira, 15 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira com a Lei Aldir Blanc e o Último Cabaré Ruante Virtual


Lenha na Fogueira com a Lei Aldir Blanc e o Último Cabaré Ruante Virtual - Gente de Opinião

Lenha na Fogueira

 

Rondônia pode ser o estado da Região Norte, responsável pelo maior índice de devolução dos recursos   da Lei Aldir Blanc.

**********

Acontece que muitos municípios, pelo menos até ontem, não haviam se habilitado para receber os recursos.

**********

Outros receberam e não conseguiram incentivar os artistas e produtores culturais, a participarem dos Editais, que aliás em muitos casos nem foram publicados.

*********

Caso essa situação permaneça, o município deverá devolver o dinheiro, aos cofres do Fundo Estadual de Cultura até o dia 31 deste mês de dezembro.

***********

Acontece que a Sejucel também está propensa a devolver parte dos recursos da Lei Aldir Blanc ao governo federal, por falta de utilização.

***********

Poucos artistas e produtores culturais aderiram aos Editais publicados pela Sejucel e isso pode provocar, a devolução de parte dos recursos destinados ao Estado de Rondônia pelo governo federal através da Lei Aldir Blanc.

**********

Preocupado com tudo isso, a Secretaria Especial de Cultura está perguntando aos municípios, quais os problemas sobre a aplicação dos recursos. Veja o que a SECULT publicou:

***********

Secretaria Especial da Cultura faz pesquisa objetivando entender a situação atual da execução da Lei Aldir Blanc pelos Municípios

************

A Secretaria Especial da Cultura elaborou uma pesquisa para entender como está hoje, a situação da execução dos recursos da Lei Aldir Blanc (Lei 14.017/2020) pelos Municípios.

************

Devido aos diversos questionamentos que têm sido apresentados pelos Entes responsáveis pela distribuição dos recursos da Lei Aldir Blanc aos beneficiários finais, a SECULT tomou a iniciativa de levantar os dados atuais para compor uma amostragem significativa e ter condições técnicas de tomar decisões e propor soluções aos problemas que têm sido relatados. 

***********

Solicitamos que os responsáveis indicados pelos Municípios para o preenchimento do questionário respondam apenas uma vez e disseminem aos outros Municípios que ainda não preencheram. 

***********

A pesquisa ficará aberta do dia 01/12/2020 (terça-feira) até o dia 07/12/2020 (segunda-feira). 

***********

Para acessar o questionário basta clicar no Link: https://forms.gle/o2vD3Gy4P6asLXx16 

***********

Dúvidas sobre o preenchimento do questionário podem ser sanadas pelos e-mails abaixo:- [email protected] [email protected]gov.br

*************

FacebookTwitterGoogle PlusLinkedin

***********

Já não bastasse a volta em larga escala do novo coranavírus. Agora Porto Velho pode ficar sem a decoração Natalina que todos os anos brilha pelos quatro cantos da cidade.

***********

Parece até algo feito! Logo no governo de Hildon Chaves que iluminou praticamente cem por cento da cidade de Porto Velho teremos um Natal sem a decoração natalina iluminada.

**********

A respeito disso, a prefeitura de Porto Velho distribuiu nota explicativa:

***********

 

Com menos de 23 dias para o natal, a prefeitura anunciou que não vai realizar a decoração de natal. Segundo a assessoria do prefeito eleito Hildon Chaves (PSDB), o evento não será realizado devido há um plano de contingenciamento publicado pelo Tribunal de Contas de Rondônia (TCE).

*********** 

A decisão monocrática do TCE postada no final de junho, pede para que todo o Estado controle seus gastos devido a pandemia causada pelo coronavírus, mas não especifica necessariamente a decoração natalina.

********** 

A prefeitura então resolveu acatar a decisão do tribunal e decidiu não realizar a decoração do natal de rua na capital.

**********

 

Em 2019, mais de 2 milhões foram gastos com a decoração natalina nas ruas de Porto Velho, segundo informações do presidente da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur), Thiago Tezzari.

**********

Já pensou, uma NATAL sem brilho, sem decoração nos principais pontos turísticos da nossa capital.

**********

Tem uma notícia mais alarmante que a falta de decoração natalina nas ruas de Porto Velho.

***********

O secretário de saúde do Estado de Rondônia Dr. Fernando Máximo comunicou em entrevistas a diversos meios de comunicação que:

*********

Caso a população não cumpra o que determina o protocolo de cuidados contra a proliferação do coronavirus, o governo está propenso a editar Decreto com maiores restrições tipo fechamento do comercio e até lockdown em Porto Velho e outras cidades que não cumprirem, o distanciamento social, uso de máscara, aglomeração, enfim festa de modo geral.

**********

Um NATAL mais humano está em nossas mãos. Vamos obedecer às normas exigidas pela OMS se quisermos ter um Natal mais aconchegante.

**********

Tudo só depende da gente!


Último Cabaré Ruante Virtual - Projeto PalhAçaí

Lenha na Fogueira com a Lei Aldir Blanc e o Último Cabaré Ruante Virtual - Gente de Opinião

O Teatro Ruante está finalizando o Projeto Palhaçaí, contemplado pelo Prêmio Funarte de Estímulo ao Circo 2019, que havia começado presencialmente, mas teve que dar prosseguimento de forma virtual devido a pandemia. O projeto teve oficinas para aprendizes da arte da palhaçada, com direito a apresentação dos números criados no Cabaré Ruante Virtual junto com os integrantes do grupo.

Foram cinco cidades atendidas: Ji-Paraná, Vilhena, Guajará Mirim, Porto Velho em Rondônia e Rio Branco no Acre. No entanto, tivemos a participação de pessoas de outras cidades, como Porto Alegre/RS, Vitória/ES, Brasília/DF e São Paulo/SP.

No próximo dia 05 de dezembro haverá a apresentação do último espetáculo criado a partir da oficina ministrada em Porto Velho e contará com palhaços de nossa capital e de outros estados. 

CABARÉ RUANTE VIRTUAL – É um show de palhaçadas, a partir do repertório dos integrantes do Ruante e de cenas criadas e gravadas durante a Oficina PaçhAçaí. A transmissão será pelo canal do YouTube e do Facebook do grupo.

OFICINA PALHAÇAÍ – Consistiu em uma oficina de palhaçada ministrada pelos integrantes do grupo Teatro Ruante, direcionada aos artistas da cidade com ou sem experiência e público em geral, que tenham interesse em vivenciar a construção e repertório da figura do palhaço e da palhaça, a partir de 16 anos. Foram cinco encontros, sendo quatro de oficina e um para apresentação do espetáculo. Na oficina foram abordadas as técnicas de palhaço, construção de repertório, figurino e maquiagem.  

TEATRO RUANTE – Situado na cidade de Porto Velho/RO desde 2015, vem contribuindo com a cena local por meio de suas montagens teatrais, aulas de palhaço, oficinas de técnicas circenses (acrobacia, malabares, perna de pau), teatro e contação de histórias. O grupo tem como fonte inspiradora o universo popular e busca fundir em seus espetáculos a linguagem circense, o teatro de rua e a música; tem como propósito apresentar-se em espaços abertos e alternativos, visando uma comunicação direta com o público das mais variadas idades.

O grupo foi criado em 2004 na cidade de São Paulo, onde produziu espetáculos, participou de eventos e de festivais de teatro. Atualmente o coletivo tem em repertório os seguintes trabalhos: No YouTubeMetendo o Nariz e Quarentena Ruante (2020). EspetáculosCotidiano-Mulher (2019), A Muy Lamentável e Cruel História de Píramo e Tisbe (2018), Cabaré Ruante (2017), Era Uma Vez João e Maria... e ainda é (2016), Histórias de Contar (2016) e Que Palhaçada é Essa Aqui? (2015).

São integrantes do coletivo: Selma Pavanelli, Adailtom Alves, Bruno Sellri, Jamile Soares, Maycon Moura e Stephanie Matos. 

SERVIÇO:

 

CABARÉ RUANTE VIRTUAL – 05/12 – 19:00 -  sábado

Maiores informações: (69) 98164-3332

Facebook: https://www.facebook.com/TeatroRuante

YouTube: encurtador.com.br/ajkuD 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com Funcultural e o Podcast PPKast discute arte na pandemia

Lenha na Fogueira com Funcultural e o Podcast PPKast discute arte na pandemia

Lenha na FogueiraPois é, a nova administração da Fundação Cultural de Porto Velho – FUNCULTURAL mostrando que não está aí por acaso, começou a mostrar

Lenha na Fogueira com a Marcha para Jesus e a live Negra Mari Extracotidiana

Lenha na Fogueira com a Marcha para Jesus e a live Negra Mari Extracotidiana

Lenha na Fogueira Assim como a Banda do Vai Quem Quer, a Marcha para Jesus desde terça feira 12, foi oficializada por meio de Lei n° 4.939, como Patri

Lenha na Fogueira com Sonora PVH 2021 e a Cidade da Cultura

Lenha na Fogueira com Sonora PVH 2021 e a Cidade da Cultura

Lenha na Fogueira Os projetos habilitados e que já receberam recursos oriundos da Lei Aldir Blanc começam a ser colocados em prática.**********Com cer

Lenha na Fogueira com governo instrui Estados e municípios a guardar dinheiro da Lei Aldir Blanc.

Lenha na Fogueira com governo instrui Estados e municípios a guardar dinheiro da Lei Aldir Blanc.

Lenha na Fogueira Governo instrui Estados e municípios a guardar dinheiro da Lei Aldir Blanc.***********Em um comunicado oficial, o Ministério do Turi