Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira 24/02


Armário Grande não perdeu,
deixou de ganhar o carnaval


A escola comandada pelo Cabeleira perdeu no quesito avaliação

A escola de samba Acadêmicos do Armário Grande dirigida pelo veterano carnavalesco Cabeleira, deixou de ganhar o segundo lugar entre as escolas do Grupo Especial, por simples descuido de seus diretores de harmonia. Acontece que o regulamento da Fesec aprovado pelos dirigentes das agremiações carnavalescas, diz no artigo que trata das obrigatoriedades, que a escola entre outros itens, deve desfilar com no mínimo 20 baianas, e a Armário Grande só colocou na avenida 18 integrantes da ala, com isso deixou de ganhar a bonificação de 5 pontos, que somados às notas dos julgadores colocava a escola em segundo lugar e a mais, só perderia para a São João batista por 4 décimos.
A escola desfilou contando seus 25 anos de existência, e o samba composto e interpretado pelo Jair Monteiro, foi o único que alcançou nota máxima dos dois jurados do quesito. “Armário Grande, a estrela do samba/ Orayê-Yêom bota axé no meu encanto; Essa mania de mostrar minha grandeza; O povo aplaude esse desfile que beleza”. Realmente o povo aplaudiu a escola da vice-presidente da Fesec, Cristina Davis.
O casal de mestre-sala, Júnior e porta-bandeira, Luiza ambos filhos do cabeleira com a dona Neguinha, recebeu calorosos aplausos pela performance apresentada, a bateria comanda pelos mestre Carlinhos e Hudson também mereceu aplausos assim como a Comissão de Frente. A escola, apesar de aparentar estar pequena em relação às demais. Destaque para o intérprete Jair Monteiro que puxou o samba sozinho na passarela do samba.

Vamos deixar a hipocrisia de lado e partir para a realidade.

********
Estou me referindo aos desfiles das escolas de samba neste carnaval.

******
A euforia não deixou que a imprensa divulgasse realmente o que não funcionou, na passarela do samba.

******
Parece até que os desfiles na Costa e Silva aconteceram na maior tranqüilidade e na mais pura organização.

******
Isso pelo menos, é o que estamos lendo e ouvindo em tudo quanto é meio de comunicação, até nós, nesta coluna, andamos jogando confete na organização dos desfiles das escolas de samba.

*******
Tá na hora de colocar nossos leitores a par do que realmente está faltando, para que nosso carnaval de escola de samba possa ser considerado pelo menos regular.

******
Não adianta ficarmos querendo tapar o sol com peneira!

******
Para começo de conversa, a empresa responsável pela iluminação da avenida, colocou os refletores nos postes que passam por trás dos camarotes e o que foi pior, longe mais de 10 metros da passarela, propriamente dita.

*******
As arquibancadas foram pouquíssimas e com isso o povo foi para o meio da avenida, atrapalhando o desfile das escolas de samba e o visual dos julgadores.

******
A sonorização, principalmente no domingo foi péssima.

*******
Segunda-feira, o problema da sonorização foi resolvido em parte.

******
Acontece que o Trio Criativada, apesar de ter atendido a contento as escolas de samba...

******
É muito extenso, o que tirava e muito o brilho das fantasias.

******
A avenida Costa e Silva é local ideal.

******
Esperamos que o prefeito Roberto Sobrinho decida transformar aquele trecho no Centro de Convenção de Porto Velho.

******
Aí vamos ter um local definitivo para a realização de grandes eventos.

******
Não podemos admitir que a estrutura a ser montada na avenida, só seja contratada na semana do carnaval.

******
É preciso corrigir essas falhas.

******
O que notamos foi que a escolas de samba, (todas), melhoraram o visual significativamente do ano passado pra cá.

******
Precisamos pensar o carnaval como fonte de renda e não apenas como diversão. O município precisa investir mais nessa festa e investindo, com certeza vai arrecadar muito mais.

******
O carnaval é a coisa mais séria do nosso Brasil. Então!

******
Dirigentes de vários blocos carnavalescos de Porto Velho se reúnem amanhã, para iniciar as discussões da criação de uma entidade representativa:

******
A Liga Independente dos Blocos de Trio Elétrico de Porto Velho, cuja sigla e a nomenclatura correta ainda serão definidas.

*******
A idéia partiu do presidente do bloco Rio Kaiary, Sérgio Lemos, autor da minuta do projeto da nova entidade.

*******
Segundo Sérgio, os blocos de rua estão se profissionalizando a cada ano e necessita de uma entidade representativa mais sólida e atuante, com cacife suficiente para lutar pelos interesses das agremiações.

*******
Além do Rio Kaiary estão convidados para a reunião, diretores dos blocos do Pinto, Canto da Coruja, Imigrantes e Alho.

******
A reunião acontecerá na sede do bloco Kaiary, na Pinheiro Machado e Rogério Weber, bairro Caiari.

******
Os diretores pretendem lançar a entidade na próxima semana.

******
Já era tempo cambada. Não li na relação os nomes dos blocos Banda do Vai Quem Quer, Galo da Meia-Noite, Bloco Calixto e Cia e Até que o dia Amanheça.

*******
Se é para criar a LIGA que criem com a participação de todos. Pelo menos convidem os que estão faltando na lista. Se não o negócio pode ir pro brejo antes de nascer.

Caro Zekatraca!

******
Encerrada a folia de Momo, a diretoria do Bloco Calixto & Cia. vem a público agradecer o apoio recebido do Jornal O Diário da Amazônia, através da sua pessoa. Parabenizamos esse jornal pela melhor e mais completa cobertura do carnaval porto-velhense, numa preocupação constante com a cultura de nossa terra.

*******
Vem aí a LIGA DOS BLOCOS DE TRIO ELÉTRICO. Valeu cambada!

zekatraca@diariodaamazonia.com.br

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Histórias do Carnaval em Porto Velho -  Por  Zekatraca

Histórias do Carnaval em Porto Velho - Por Zekatraca

A comemoração dos 80 anos de idade do Bainha, me fez buscar nos meus arquivos, o livro que está prontinho, esperando apenas patrocínio para sua impres

Festa pelos oitenta anos  de Bainha o rei do samba - Por Zekatraca

Festa pelos oitenta anos de Bainha o rei do samba - Por Zekatraca

A comunidade do samba em Porto Velho, festeja na noite deste sábado 18, com o apoio da prefeitura de Porto Velho via Funcultural, o aniversário

Federon agradece apoio ao Flor do Maracujá - Por Zekatraca

Federon agradece apoio ao Flor do Maracujá - Por Zekatraca

A Federação de Grupos Folclóricos do Estado de Rondônia – Federon, somente esta semana, fechou as planilhas com as notas dos jurados conferidas ao

Aluízio Batista Guedes - Diamante Negro – A vitória da superação no Flor do Maracujá

Aluízio Batista Guedes - Diamante Negro – A vitória da superação no Flor do Maracujá

O presidente do Boi Bumbá Diamante Negro campeão da XXXVII Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás que aconteceu de 27 de julho a 5 de agosto, no Arraial F