Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Lenha na Fogueira 14/02


Só agora estou me refazendo da ressaca do Baile Municipal.

********

E de repente me lembro que o Ariel fez publicar um artigo falando sobre o Baile

******

Na realidade, dizendo que não iria ao baile, como realmente não foi, porque segundo ele, tratava-se de um evento elitizado.

******

Acho que meu amigo Ariel deveria, sim, ter ido ao Baile.

*******

Para ver que aqueles que chama de excluídos também tiveram vez no baile.

******

Tô falando das escolas de samba e suas troupes.

******

Lá estavam a Diplomatas com seu puxador de samba, Ernesto Melo e seus torcedores e brincantes.

******

Império do Samba, a escola que o Ariel admira, com Mirim e seus puxadores e simpatizantes.

******

Asfaltão, a escola do coração do Ariel, foi a grande atração com seus ritmistas e puxadores de samba-enredo.

******

Lá estavam o Waldison e as Pastoras do Asfaltão...

*******

Que cantaram uma marchinha que fala da Lei Maria da Penha.

******

E se não me engano, a Marina da Penha é uma mulher que sofreu violência, e senão fosse uma mulher que morasse na periferia, ou que fizesse parte da relação dos excluídos, com certeza não teria virado nome de Lei Federal.

******

Tá certo que a maioria dos presentes fazem parte da chamada elite porto-velhense.

******

Mas os grandes homenageados foram a Bailarina da Praça e Burrochagas.

******

E pelo que sei, os dois fazem parte da nossa turma, a turma das escolas de samba. Pelo menos o Burrochagas.

******

E a corte do Rei Momo, a Rainha e as princesas são todas da Zona Sul, ou melhor, do Caladinho.

******

É esse povo que, oficialmente, desde sexta-feira, manda no carnaval de Porto Velho.

*******

É por isso que digo: o Ariel deveria ter deixado o Paposo por uma noite e ter participado do Baile Municipal!

******

O desfile do Bloco "Até que a noite vire dia", afilhado do Galo da Meia-Noite, foi só sucesso, com diz o Oscar, as ruas dos bairros Mocambo e Areal ficaram lotadas de simpatizantes, do mais novo folião da cidade.

******

Centenas de pessoas se agruparam no bairro desde as 16h, para esperarem a concentração, marcada para as 18h, muita cerveja e expectativa, em cada morador e em todas as pessoas que vieram de outros bairros.

*******

Às 23h o nervosismo já imperava, como é de praxe, um pequeno atraso, mas nada que tirasse o brilho. O carro de som posicionado a pelo menos 200 metros do local da concentração, fez com que os brincantes já se preparassem para a longa jornada, ao sair, aproximadamente às 23h15, já pegou fogo a festa, fogos, marchinhas, gritos, aplusos e muita alegria.

******

Entrando na Alexandre Guimarãres, o bloco foi juntando gente, não havia muito rigor com relação ao cordão de isolamento, vimos muitas pessoas sem a camiseta (que ficou linda), brincando dentro da corda sem problemas. Do alto do carro consegui visualizar a quantidade de pessoas apreciando e dançando, quando da passagem do bloco.

******
Quando o bloco entrou na Rogério Weber, via-se ao longe o semáforo da Sete, aí toca carnadrilha, risca faca, samba-enredo, que era para dar pique, pois o percurso era enorme, mas chegar não foi problema, ao entrar na Sete, já se via um número bem maior de pessoas, seguindo o bloco. Cerveja na mão, alegria e descontração, em alguns pontos aplausos de pessoas que gostaram de ver um bloco harmonizado e coeso.

******

Ao padrinho Galo da Meia-Noite só restava sorrir, o afilhado fez bonito...

******
A atuação da Polícia Militar foi excelente, mantendo os policias em uma formação, que dava a impressão que havia o dobro do efetivo disponível, bastante funcional o planejamento, ao Corpo de Bombeiros, ambulâncias bem posicionadas, profissionais capacitados e orientadores, aos dois funcionários da Ceron.

******

E ao patrocínio da Cerveja Nova Schin, que não mediu esforços para que a cerveja pudesse ser vendida ao preço que o povo pode pagar.

******

E vem aí o baile do Kabanas, dias 17,18,19 e 20 de fevereiro!!! Muito Obrigado!

zekatraca@diariodaamazonia.com.br

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Histórias do Carnaval em Porto Velho -  Por  Zekatraca

Histórias do Carnaval em Porto Velho - Por Zekatraca

A comemoração dos 80 anos de idade do Bainha, me fez buscar nos meus arquivos, o livro que está prontinho, esperando apenas patrocínio para sua impres

Festa pelos oitenta anos  de Bainha o rei do samba - Por Zekatraca

Festa pelos oitenta anos de Bainha o rei do samba - Por Zekatraca

A comunidade do samba em Porto Velho, festeja na noite deste sábado 18, com o apoio da prefeitura de Porto Velho via Funcultural, o aniversário

Federon agradece apoio ao Flor do Maracujá - Por Zekatraca

Federon agradece apoio ao Flor do Maracujá - Por Zekatraca

A Federação de Grupos Folclóricos do Estado de Rondônia – Federon, somente esta semana, fechou as planilhas com as notas dos jurados conferidas ao

Aluízio Batista Guedes - Diamante Negro – A vitória da superação no Flor do Maracujá

Aluízio Batista Guedes - Diamante Negro – A vitória da superação no Flor do Maracujá

O presidente do Boi Bumbá Diamante Negro campeão da XXXVII Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás que aconteceu de 27 de julho a 5 de agosto, no Arraial F