Porto Velho (RO) sexta-feira, 20 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Heitor Almeida – Lançamento do Projeto BIISC


Heitor Almeida – Lançamento do Projeto BIISC - Gente de Opinião

O produtor cultural Heitor Almeida idealizador e responsável pelo Projeto Seresta Cultural que é apresentado todas as quintas feiras, no Mercado Cultural de Porto Velho, agora vem apresentar um novo projeto cultural, trata-se do BIISC. Essa sigla quer dizer: “Bar Itinerante, Interativo, Social e Cultural”. O lançamento desse novo empreendimento cultural vai acontecer no próximo dia 4 de dezembro, na casa de shows Mandacaru numa parceria com a APAE. Para falar sobre esse projeto e também sobre a Seresta Cultural, batemos o seguinte papo com o Heitor Almeida.

E N T R E V I S T A

Zk –Como foi que surgiu a idéia da Seresta Cultural?

Heitor Almeida – Na verdade há muitos anos mexo com cultura. Fui o primeiro a colocar sistema de som na quadra dos colégios, isso no inicio dos anos de 1970. Implantei a discoteca do Ferroviário e Ipiranga, depois fui para Ariquemes, fui fundador da primeira Casa de Cultura junto com o Binho e o Basinho, sou fundador do União Pop, dirigi o Canto Mocambo, entre outras coisas ligadas à cultura.

Zk –E a Seresta Cultural?

Heitor Almeida – Devo lembrar que sou um dos criadores da Fina Flor do Samba e derrepente vi que o espaço na Fina Flor estava muito fechado, era aquela mesma coisa, então criei a Seresta Cultural para apresentar as pessoas que gostavam e gostam de cantar sucessos do passado e não tinham espaço na “Calçada da Fama”. No dia 17 de maio de 2014 a Seresta completa quatro anos de existência.Heitor Almeida – Lançamento do Projeto BIISC - Gente de Opinião

Zk –Você conta com apoio do governo municipal para produzir a Seresta?

Heitor Almeida – Não! O apoio que a gente tem só é a liberação do local. Acho que os governantes Municipal e estadual estão deixando muito a desejar nessa questão. O que notamos é que o governo só apoia os projetos que beneficiam o artista que vem de fora.

Zk –E como é que você faz para gratificar os músicos que tocam na Seresta?

Heitor Almeida – Vale salientar que o maior cachê no Mercado Cultural quem paga sou eu. Acontece que conto com ajuda de amigos empresários como: Carlos da News Móveis, da Clinica Charles, Dr. Calmon, do meu amigo Cordeiro que chegou agora e está editando o jornalzinho além de colocar o telão. São pessoas que acreditam no nosso trabalho.

Zk –E a Banda que acompanha os cantores?

Heitor Almeida – É das melhores, inclusive gostaria de registrar que contamos com um dos melhores guitarristas da Amazônia que é Ronald Vasconcelos que inclusive participou do Projeto Pixinguinha, ele saia daqui para tocar por esse Brasil a fora, na bateria temos o Telêmaco que dispensa comentários, Tonhão que o nosso maestro e o Beneamine que toca o contra baixo e eu que de vez em quando assumo a percussão.

Zk –Você está com uma novidade a ser apresentada, qual é?

Heitor Almeida – O nome do Projeto é BIISC.

ZK -Isso quer dizer o que?

Heitor Almeida – Foi o seguinte, cheguei em casa meio troviscado , deitei e sonhei e no sonho o primeiro cara que apareceu foi o Manelão dizendo, ainda bem que tu chegou, aqui tá muito calmo, aí falei pra ele, tu não faz o carnaval? – Faço carnaval de ano em ano Nisso passa um carro com essas letras, BIISC. Quando acordei depois de bater muita cabeça consegui decifrar e ficou, Bar Itinerante, Interativo, social e Cultural – BIISC. Então vamos lançar essa ideia no próximo dia 4 de dezembro. Isso tudo em parceria com a APAE.

Zk –Como vai funcionar o BIISC?

Heitor Almeida – A entidade nos contrata para fazer o show. Ao firmamos o contrato a entidade contratante se compromete a vender pelo menos 50 mesas o arrecado com a venda das mesas será doado à APAE.

Zk –Tem horário?

Heitor Almeida – O Bar BIISC começa a funcionar às seis horas da tarde e fecha às dez horas da noite. Nossa apresentação fica condicionada à venda das 50 mesas e no dia do show cada convidado terá que levar um quilo de alimento, que será recebido na portaria do ambiente onde o BIISC for montado, pelos dirigentes da APAE.

Zk –O lançamento vai ser no dia 4 de dezembro. Certo?

Heitor Almeida – É. Vai ser na casa de shows Mandacaru e como vai ser o primeiro e queremos que a ideia alcance sucesso, inclusive o Daniel proprietário do Mandacaru ao tomar conhecimento do Projeto ficou encantado e colocou toda a estrutura da sua casa a disposição da nossa produção. Nesse primeiro BIISC ninguém vai ter que comprar mesa, será cobrado apenas o Quilo de alimento que será repassado à APAE.

Zk –Quais os artistas que vão se apresentar?

Heitor Almeida –Vamos começar as 18h00 com o Sandro Bacelar e a Gioconda Trivério fazendo o “Pirarublue”. Das 20h00 em diante entra o show Eternamente Cartola.

Zk –Quem faz parte do Eternamente Cartola?

Heitor Almeida – Inclusive quero informar que o show vai apresentar novos músicos, já que o Enio Melo não está podendo se apresentar, resolvi modificar tirei surdo, cavaquinho e ensaiei com o Mauro, Esquerdinha, Júnior Lopes, Argemiro e o Ronald Vasconcelos.

Zk –Como a pessoa pode contratar o BIISC?

Heitor Almeida – É só ligar para 9213- 9895.


 

Amanhã começa dezembro, o mês das festas. Logo de cara temos o Dia do Samba que acontece no dia 2, depois vem à festa de Santa Bárbara dia 4, Nossa Senhora da Conceição dia 8 (meu aniversário), Santa Luzia dia 13 e chegamos ao dia 24 véspera de Natal e 25 Natal. Finaliza com a festa do réveillon no dia 31.

*********

Bom! Começando pelo Dia Nacional do Samba 2 de dezembro. Nos anos anteriores a Federação das Escolas de Samba – Fesec aproveitava para promover a apresentação ou lançamento do CD com os sambas enredos das escolas de samba para o próximo carnaval.

********

Cada escola querendo fazer mais bonito, para receber os aplausos para suas cores.

********

A atual diretoria da Fesec pelo menos até a tarde de ontem, não havia distribuído nenhuma nota sobre a programação alusiva ao Dia do Samba. Rogério (presidente) e Cabeleira (vice presidente) não programaram nada. Dois macacos velhos no assunto escola de samba e não tiveram a capacidade de criar uma programação para festejar a data.

********

Parece que a diretoria atual da Fesec, é refém da Funcultural de Porto Velho, pois se a direção da Funcultural não programar nada eles também não se mexem.

*******

Em todo o Brasil onde existe uma escola de samba, o dia 2 de dezembro, é como se fosse feriado, com as escolas e os grupos de samba juntamente com os sambistas, festejando o Dia do Samba.

********

Inclusive as escolas de samba, até esta data, não sabem se a Fesec vai produzir o CD com os sambas enredos para o carnaval de 2014.

********

A única escola de samba que gravou (por sua conta), foi a Acadêmicos do São João Batista, inclusive o samba toca todas as tardes no Programa “Máquina Quente” da rádio Cultura FM 107.9 que por sinal, é apresentado de segunda a sexta feira entre as 14 e as17h00 pelo Banana Split que também é o interprete do samba enredo da escola do Pai Beto. O samba foi muito bem gravado com a direção do Alkbal Sodré do Estúdio Verde.

*********

As demais escolas de samba estão aguardando o sinal verde da Fesec para entrarem em estúdio. Como a direção da Fesec está devagar quase parando, talvez nem providencie a gravação do CD.

********

Sabemos que a prefeitura prometeu repassar ainda este ano, o valor de R$ 100 Mil para a Fesec ratear entre as escolas de samba, que estarão participando dos desfiles no carnaval de 2014, o carnaval do centenário. Segundo o presidente da Fesec a Jória Lima presidente da Funcultural, garantiu que o prefeito Mauro Nazif vai liberar para as escolas de samba e a estrutura da avenida R$ 800 Mil.

********

Mesmo assim a diretoria da Fesec não providenciou nenhum evento para o Dia do Samba. Será que eles sabem que o Dia 2 de dezembro é o Dia do Samba? Diz aí Flávio Daniel.

*********

Vale salientar que as escolas de samba, já estão com seus hinos prontos, esperando apenas o aval da Federação para procurar o Alkbal e gravar.

*********

Aliás. Na noite de quinta feira dia 28, na Seresta Cultura o Banana Split desafiou o artesão da escola de samba Asfaltão Ismael Barreto, perguntando se ele (Ismael) estava preparado para “levar” mais uma “peia” da São João Batista.  Banana estava se referindo ao quesito Alegorias do qual o Ismael é o responsável na escola Asfaltão enquanto que na São João Batistas, os responsáveis são o Melkizedeque e o Pai Beto. Ismael apenas respondeu: “Vamos ver”.

********

Festa de Samba no dia do Samba, só no programa “Maquina Quente” do Banana Split. Sintoniza a partir das 14h00 na 107.9 FM!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

A Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer), realiza neste sábado (16), o ensaio para a gravação do filme em linguagem teatral "O Pecado de Pau

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Entrega da obra do Museu Casa Rondon, em Vilhena.  A finalidade do Museu é proporcionar e desenvolver o interesse dos moradores pela rica história

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Hoje os católicos celebram o Dia de Nossa Senhora Aparecida a padroeira do Brasil. Em Porto Velho as celebrações vão acontecer no Santuário de Apareci

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Tenho uma maneira própria de medir a audiência de um programa de rádio. É o seguinte: quando o programa ecoa na rua por onde você está passando, dando