Porto Velho (RO) sábado, 28 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Escolas apresentam samba enredo na praça


Escolas apresentam samba enredo na praça - Gente de Opinião

A Federação das Escolas de Samba de Rondônia – Fesec, vai realizar a festa de lançamento dos sambas enredos das escolas de samba de Porto Velho, no dia 1° de fevereiro, durante a Feira do Porto na praça Aluizio Ferreira, a partir das 20h00.

A programação foi discutida na reunião que aconteceu no último dia 3 deste mês, entre a direção da Fesec e os dirigentes das escolas de samba. “Estamos trabalhando com a idéia de também fazer apresentação do CD com os sambas de todas as escolas para o carnaval deste ano”, disse o presidente Rogério Nunes. O maestro Alkbal Sodré produtor do CD, informou a nossa reportagem, que das sete escolas, apenas Asfaltão e Acadêmicos da Zona Leste ainda não gravaram seus sambas, as demais estão com os sambas prontos para serem enviados a São Paulo onde serão masterizados. “Dependemos apenas da liberação por parte da Fesec do numerário referente a pelo menos cinqüenta por cento do contratado, para enviarmos os sambas para masterização em São Paulo”, disse Alkbal.


Escolas apresentam samba enredo na praça - Gente de Opinião
 

Na manhã de ontem 07, a presidente da Funcultural de Porto Velho Jória Lima recebeu os dirigentes da Fesec e explicou sobre o andamento do processo de liberação dos subsídios, para as escolas de samba aplicarem na montagem de seus carnavais este ano. “Esperamos que nos mais tardar até o dia 20, tudo esteja resolvido”, disse a presidente. Já à noite a direção da Fesec reuniu as escolas de samba na Casa da Cultura Ivan Marrocos para deliberar sobre as providencias a serem tomadas a partir do resultado da reunião com a Jória. “De ante mão posso garantir que a programação do dia 1° de fevereiro está mantida”, disse o vice presidente da Fesec Antônio Chagas Campo – Cabeleira.

A ordem de apresentação dos sambas enredos dia 1°, na praça Aluizio Ferreira vai obedecer o sorteio realizado durante a reunião do dia 3 que ficou na seguinte ordem:

Acadêmicos da Zona Leste, Império do Samba, Unidos da Rádio Farol (grupo de acesso); Acadêmicos do São João Batista, Os Diplomatas, Acadêmicos do Armário Grande e Asfaltão (grupo especial)


Lenha na Fogueira

Rondônia começou o ano no dia de ontem (7). A capital Porto Velho, falando na linguagem do rádio, entrou no ar.

*********

E já entrou nos apresentando a agremiação que provavelmente vai coordenar o carnaval das escolas de samba.

********

A Associação Bloco Carnavalesco Arco Iris foi à vencedora do Chamamento Público da Secel para o “Carnaval do Centenário”

********

O Edital contempla com R$ 550 Mil as agremiações carnavalescas de Porto Velho no naipe escola de samba, sendo que R$ 350 Mil, são oriundos de uma emenda da deputada estadual Epifânia Barbosa e R$ 200 Mil do orçamento estadual.

********

A grana da emenda da Epifânia já está empenhada, agora a Secel aguarda a abertura do orçamento 2014 do governo do estado de Rondônia, para proceder ao empenho dos Duzentos Mil.

********

A Associação Arco Iris é um bloco classificado como bloco de Trio Elétrico criado há alguns anos pelo Benjamim Mourão e sua esposa, mas, que até o carnaval passado, não conseguiu “decolar’.

*********

Como o Edital exigia apenas que a entidade fosse sem fins lucrativos, independente de ser escola de samba ou bloco, a Arco Iris foi lá e comeu a Fesec pela Beirada.

********

Primeiro quem se prontificou a coordenar o carnaval das escolas de samba foi o bloco Galo da Meia Noite porém, quando sua direção viu que o Edital só contemplava “Trabalho” e nada de lucro, o Galo foi cantar em outra freguesia.

********

A Federação das Escolas de Samba – Fesec também tentou de várias maneiras entrar na parada, infelizmente por falta de interpretação da Lei por parte de algumas pessoas da Secel, a entidade ficou fora. Pela Lei nada impede que a Fesec concorra a qualquer chamamento público emitido pelo governo estadual. Resultado, vai ter que se conformar com um “Arco Iris” atravessando seu samba.

********

Pelo menos as escolas de samba já tem algum recurso, mais ou menos garantido. Quando escrevo mais ou menos, é porque em se tratando de governo estadual, culturalmente falando (viu Flávio) tudo é possível!

********

Enquanto isso, a Funcultural de Porto Velho, está se virando para convencer os procuradores lotados na PGM, de que o carnaval do Centenário é um evento politicamente correto.

********

Afinal de contas será o Carnaval do Centenário da criação do Município de Porto Velho. Jória Lima já quase não encontra saliva, na tentativa de fazer os procuradores municipais compreenderem que a realização dos desfiles das escolas de samba, é um fato de suma importância, tanto para o povo como para o prefeito de Porto Velho. Por parte do prefeito ta tudo certo, falta apenas os Procuradores entenderem que carnaval não se dá muito bem com muita burocracia.

*******

É só lembrarem-se de como o réveillon trouxe dividendos políticos positivos para o prefeito. É aquela história da política do pão e circo. O carnaval das escolas de samba é necessário, principalmente quando todas as escolas de samba vão cantar em seus sambas enredos, o Centenário de Porto Velho.

********

Aliás, 2014 precisa ser um ano com muita festa para os portovelhenses por tão significante efeméride.

********

Por falar nisso, a prefeitura de Porto Velho através da Funcultural já deveria está preocupada com a festa dos 99 anos de instalação do município, que vai acontecer no dia 24 deste mês. Deu pra entender?

********

Que tal uma solenidade com o prefeito assinando o convênio com as escolas de samba na festa dos 99 anos da instalação do município? Vai ser o bicho!


Asfaltão vai se apresentar na Seresta Cultural

Depois do sucesso no show da virada, a trupe da escola de samba Asfaltão campeã do carnaval de rua de Porto Velho, vai se apresentar nesta quinta feira dia 9, na Seresta do Mercado Cultural a partir das 21h00. De acordo com o coordenador do Projeto Heitor Escolas apresentam samba enredo na praça - Gente de OpiniãoAlmeida, foi firmado parceria com a escola que tem como símbolo o “Tigre”, com o objetivo de divulgar a programação da agremiação até o carnaval.

Entre os destaques, os que comparecerem ao “Calçadão Manoel Costa Mendonça – Manelão”, nome do espaço da Travessa que passa em frente ao Mercado Cultural e a praça Getúlio Vargas entre a Presidente Dutra e a José de Alencar, poderão aplaudir além do show da bateria “Pura Raça” comandada pelo Mestre Knightz, show de Mestre Sala e Porta Bandeira, Passistas e Sambistas e da Rainha da Bateria. “Conforme for se aproximando o dia do desfile, outras atrações da escola serão apresentadas como a Comissão de Frente e sua coreografia”, disse o presidente Reginaldo Makumba.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

A Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer), realiza neste sábado (16), o ensaio para a gravação do filme em linguagem teatral "O Pecado de Pau

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Entrega da obra do Museu Casa Rondon, em Vilhena.  A finalidade do Museu é proporcionar e desenvolver o interesse dos moradores pela rica história

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Hoje os católicos celebram o Dia de Nossa Senhora Aparecida a padroeira do Brasil. Em Porto Velho as celebrações vão acontecer no Santuário de Apareci

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Tenho uma maneira própria de medir a audiência de um programa de rádio. É o seguinte: quando o programa ecoa na rua por onde você está passando, dando