Porto Velho (RO) quinta-feira, 15 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

CANTANDO AMORES - Vozes do Madeira e Canto Livre se apresentam em Ji Paraná


CANTANDO AMORES - Vozes do Madeira e Canto Livre  se apresentam em Ji Paraná - Gente de Opinião

Depois do sucesso que fez em cativar o público da capital, chegará a vez dos moradores de Ji-Paraná receberem a 5ª edição musical do Canto para Todos. A população da cidade terá a grata oportunidade de ver de perto as interpretações de diferentes letras de canções que destacam o amor e suas diferentes formas de demonstrações. A apresentação está marcada para o próximo dia 13 de novembro, às 20h, na Escola José Francisco, Bairro Dom Bosco, área urbana do município. 

O espetáculo "Cantando Amores", com os Corais Canto Livre, do Ministério Público de Rondônia; e Vozes do Madeira, do Tribunal de Justiça de Rondônia, será realizado nos mesmos moldes como foi a temporada de apresentações, no mês passado, em Porto Velho. Os corais farão a abertura do Festival Estudantil Rondoniense de Artes (FERA), em parceria com o Ministério Público.

O cenário para a apresentação, o auditório Leila Barreiros, será todo decorado com peças de crochê, remetendo ao amor das mães que teciam sapatinhos para seus filhos, ou seja, um amor incondicional. Ao todo, o espetáculo será formado por 17 belas letras de compositores da Música Popular Brasileira, e receberão a interpretação dos coralistas, e estarão com um figurino predominantemente branco fazendo alusão ao amor e à paz, que sejam a tônica das relações humanas. “Participar do coral é muito bom, muito emocionante. A gente se integra com pessoas que, de outra maneira, não conheceríamos. É quase terapêutico poder participar do coral, porque a gente consegue se aliviar quando canta, então acaba produzindo mais, tem o humor melhor, trabalha mais contente e sente bem valorizado”, afirma o servidor do TJRO, Herbert William.

A maestrina Sabrynne Sena comenta sobre o papel integrador e o engajamento social da iniciativa. “A importância do coral para os servidores e para a comunidade é que ele funciona no sentido de integrar as pessoas. Então, esse tipo de atividade sociocultural traz a família para mais perto e traz o servidor para ver o espetáculo. E o melhor de tudo, é aberto para a comunidade e a ainda podemos ajudar uma instituição de caridade”, disse.

 Ingressos 

Este ano a organização do evento adotou uma atitude sustentável, em vez de ingressos de papel será utilizada a plataforma digital Sympla, que os disponibiliza. Os ingressos já estão disponíveis pelo QR Code ou no site https://www.sympla.com.br/canto-para-todos---cantando-amores---ji-parana__397930.

No ato da entrada será imprescindível a entrega de 1 kg de alimento não perecível, o qual será doado a uma entidade filantrópica de Ji-Paraná. 

Serviço 

Musical Canto Para Todos

Dia: 13 de novembro

Local: Auditório Leila Barreiros, na Escola José Francisco, Bairro Dom Bosco

Hora: 20h

(Fonte – rondôniaovivo)


Lenha na Fogueira

Par começar, quero pedir desculpas aos integrantes da escola de samba Acadêmicos da Zona Lesta.

*********

Acontece, que na matéria publicada ontem, deixei de citar a Verde e Rosa como uma das que participaram da festa em comemoração ao centenário da professora Marise Castiel. Foi realmente um descuido muito grave, afinal de contas, a agremiação da Anne é a mais nova integrante do Grupo Especial da Fesec.

********

Por falar nisso, no próximo dia 30 de novembro a Zona Leste vai realizar uma festa com três programações distintas.

*********

A primeira é o Concurso Samba de Quadra – Troféu Marise Castiel cujo vencedor vai ganhar além de troféu MIL REAIS.