Porto Velho (RO) domingo, 21 de julho de 2019
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Bainha encontra neta após 37 anos



Essa é uma história que estamos cansados de assistir nos programas televisivos de domingo, só, que desta vez, aconteceu através da coluna do Zekatraca publicada no Diário da Amazônia.

No inicio do mês de agosto, publicamos entrevista com o “Bainha – O mestre dos sambistas de Rondônia”. Passado alguns dias, navegando pelo facebook somos interceptados pela Mallu Ferreira que pergunta se conhecíamos o Bainha, com nossaBainha encontra neta após 37 anos - Gente de Opinião resposta positiva o dialogo continuou:

- Preciso saber onde ele mora só isso...

- Pra que?

- É só uma suspeita, segundo o que minha mãe me contou. Gostaria apenas de averiguar a história. Minha mãe faleceu com 36 anos em 1997. Ela me disse, um pouco antes de sua morte, que o Bainha era seu pai, ou seja, meu suposto avô. Uma vez tentei falar com ele, mas, fiquei sem graça, e não sabia como chegar. Gostaria de conversar com ele e averiguar a história espero que você possa me ajudar.

Domingo passado dia 8, recebi a visita do Bainha em minha residência e então lhe mostrei a conversa que tive com a Mallu inclusive, a foto de sua mãe Conceição. Quando o Bainha viu a foto confirmou de imediato que se tratava da Conceição (Mãe da Mallu) que era sua filha e então passou a contar como aconteceu o encontro dele com a mãe da Conceição e que na época, tentou reconhecê-la como filha e foi impedido.

Papo vai, papo vem  e como a Mallu estava no face, coloquei os dois para conversar e o resultado foi que acabamos todos chorando, eu e o Bainha pelo lado de cá e a Mallu do lado de lá do computador. Ela feliz da vida postava:

Obrigada Silvio, fico muito feliz em sabe que uma parte da Ceiça encontra-se viva no Bainha... É muito bom... ela era uma pessoa incrível. Você foi muito importante para este processo e, depois eu não sabia até que ponto, esta história podia ser verdade. Enfim, estou feliz mesmo...

Ontem (09), pela manhã, a Mallu postou o seguinte: O Bainha veio aqui em casa conversamos e vou conhecer meus tios no próximo sábado. Ele é fantástico, incrível e maravilhoso. Não me sinto mais sozinha neste mundo...


 

Depois de férias merecidas o grupo de samba de raiz “Pintura Sem Arte” está de volta aos trabalhos. Com o repertório todo renovado o grupo se apresenta todos os sábados a partir das 14h30 no bar do Pernambuco.

 

********

O projeto “Reunião do Samba” também volta com força total. Segundo o idealizador do projeto, Lamaisson Souza (Thobá), que também é cavaquinista do grupo, o próximo homenageado será o grande baluarte mangueirense Nelson Cavaquinho.

 

********

A data para o tributo ao poeta da mangueira ainda está indefinida, mas segundo Thobá, o projeto almeja a última quinta feira de cada mês. Grupo “Pintura Sem Arte” todo sábado a partir das 14h30 no bar do Pernambuco na avenida Calama no bairro Olaria.

 

********

Funcultural prorroga prazo para entrega de projetos culturais.

********

Na última sexta-feira 06, a presidente da fundação cultural Jória Lima, em reunião com a comissão de julgamento das propostas alusivas ao chamamento público n° 001/2013/Funcultural, decidiu acolher parcialmente as impugnações apresentadas para a organização do certame. Para conferir o teor da errata n° 002, acesse: http://goo.gl/mfp7wl.

********

O novo prazo para entrega dos projetos encerra-se nesta terça-feira, 10, com atendimento de 08h00 as 18h00, na sede da Fundação Cultural: rua Abunã n° 2625, liberdade.

*******

Por falar em desfile de escola de samba, existe uma turma que está querendo que os desfiles sejam realizados no Parque dos Tanques, justamente onde aconteceu o Flor do Maracujá.

*******

Na realidade essa idéia surgiu de uma conversa entre Eu e o Carlinhos Maracanã ao vermos do camarote, como o espaço é grande. Tem mais de 500 metros de extensão o que atende o Regulamento dos desfiles das escolas de samba, cuja passarela tem que ter no mínimo 300 metros.

 

*******

Conversamos com a Jória e com o Thiago Freitas e numa primeira análise dos dois manda chuva da Funcultural à idéia foi aprovada.

 

********

Pelo lado dos dirigentes das escolas de samba, existe resistência, quanto a dificuldade do deslocamento das alegorias para o Parque dos Tanques, já que existe apenas uma via, a Lauro Sodré, que dá acesso ao local.

 

********

Esse problema pode ser sanado. Basta que as escolas montem seus barracões de alegorias dentro da área do Parque que é muito grande.

 

********

Os desfiles seriam no sentido sul/norte, ou melhor, começando onde estava montado o parque de diversão no Flor do Maracujá, com a dispersão no local onde estava o palco. Ali seria a praça da apoteose.

*******

Tem mais um lance positivo em se levar os desfiles para o Parque dos tanques, Além das alegorias que podem alcançar altura superior a seis metros. A prefeitura através da empresa que ganhar a licitação para realizar mo carnaval do centenário de Porto Velho, pode promover o chamado “Carnaval do Povo” com toda segurança, pois é fácil o controle, já que a entrada do parque é dotada de catracas.

 

********

As escolas de samba poderiam faturar subsídio extras ao locar espaços para montagem de barracas para venda de guloseimas.

 

********

E mais, as distribuidoras de cerveja com certeza, pagarão melhor para ter seu produto como exclusivo durante o carnaval, já que no Parque fica fácil impedir a entrada da bebida que não estiver patrocinando a festa.

 

*******

Se acharem interessante as escolas de samba podem vender abada, que servirá como entrada para o carnaval do povo que pode receber o nome de “Carnaval Popular do Centenário de Porto Velho”.

 

********

Idéias que podem ser discutidas, amadurecidas e realizadas!

 



 

SAMBA

Diplomatas empossa presidente

O vereador Leo Moraes é o novo presidente de honra da escola de samba Os Diplomatas a mais antiga agremiação carnavalesca de Porto Velho.

A solenidade de posse aconteceu durante feijoada promovida pela direção da escola, na sede do Sindicato dos Delegados de Policia Civil de Rondônia, no último sábado dia 7, com roda de samba comandada pelo cavaquinista e cantor Mamedinho Bainha encontra neta após 37 anos - Gente de Opiniãoe o mestre cerimônia,  compositor Carlinhos Maracanã

Participaram do evento, representantes das escolas Armário Grande, São João Batista, Acadêmicos da Zona Leste e Rádio Farol.

Ao saudar o parlamentar o presidente dos Diplomatas, Marcel Fabiano justificou a homenagem. “Sempre tivemos dificuldades para conversar com a classe política, mas Léo está aproximando a cultura do Legislativo”, reconheceu o carnavalesco de 29 anos, sendo o presidente mais jovem da história da escola.

Diante do reconhecimento, o líder do PTB na Câmara Municipal reafirmou o compromisso de lutar pela cultura portovelhense, inclusive a reformulação da lei 190 que trata dos grandes eventos na capital, além da criação do fundo municipal de cultura. “Fico honrado com esse título, mas quero lembrar que o nosso trabalho depende também de vocês. Portanto, vamos estar sempre unidos”, discursou o petebista que recebeu uma placa, na qual é reconhecido como “incentivador constante da agremiação”.

No final o carnavalesco João José discorreu sobre o enredo da escola para o carnaval de 2014, cujo título é: “Gigante de três cabeças” uma história sobre os três ciclos de desenvolvimento vividos pelo atual estado de Rondônia – Borracha, Garimpo e Energia. “Nosso objetivo é recuperar o título de campeã do carnaval das escolas de samba de Porto Velho”, disse o carnavalesco.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Luiz Queiroz de Lima: As histórias do seringueiro de São Carlos do madeira

Luiz Queiroz de Lima: As histórias do seringueiro de São Carlos do madeira

 No final da tarde de terça feira dia 16, o prefeito de Porto Velho entregou a população, o mini Museu do Seringueiro, que está funcionando no Parque

Festival de praia de Vila Calderita  com apoio do governo via Setur - Sambista Carlinhos Moreno  Temporada em Porto Velho

Festival de praia de Vila Calderita com apoio do governo via Setur - Sambista Carlinhos Moreno Temporada em Porto Velho

Lenha na Fogueira A estrutura do Arraial Flor do Maracujá já começou a ser montada. As tendas onde serão instaladas as barracas dos ambulantes e resta

Lenha na Fogueira - Começa hoje Festival Cultural  do Distrito de Nazaré do Madeira - Acadêmicos da Zona Leste e Workshop de Carnaval

Lenha na Fogueira - Começa hoje Festival Cultural do Distrito de Nazaré do Madeira - Acadêmicos da Zona Leste e Workshop de Carnaval

Lenha na Fogueira De hoje a oito dias, começa a 38ª Edição do Arraial Flor do Maracujá. Na realidade, quem está completando 38 anos de existência, é a

Lenha na Fogueira - Camafeu e Alciréia Tabosa  no Querubim - Escola de Samba os Diplomatas  Agora é Patrimônio Imaterial

Lenha na Fogueira - Camafeu e Alciréia Tabosa no Querubim - Escola de Samba os Diplomatas Agora é Patrimônio Imaterial

Lenha na Fogueira  Olha quem está passeando pela cidade de busão!!! Sim o Arraial Flor do Maracujá está chegando e estamos ansiosos para a maior festa