Porto Velho (RO) sábado, 28 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Artista de Porto Velho restaura Marco Divisório


 Artista de Porto Velho restaura Marco Divisório - Gente de Opinião

A restauração do Marco da Divisa Mato Grosso Amazonas foi iniciada semana passada pelo artista plástico de Porto Velho, Júlio Carvalho. O trabalho está ocorrendo no largo da capela de Santo Antônio, onde o marco ficará permanentemente exposto.

A reconstrução do monumento começou com o nivelamento e a recomposição da base da peça que pesa mais de duas toneladas. Em todo o trabalho estão sendo usadas pedras da região (granito Santo Antônio) que foram o tipo de rocha usado no marco original, em formato de pirâmide, datado de janeiro de 1911. As letras do monumento, que delimitava os Estados do Amazonas e Mato Grosso, estão sendo esculpidas em alto relevo nas rochas, respeitando as características originais da escultura. Os trabalhos de restauração são acompanhados pelo Iphan, Superintendência Estadual de Esportes Cultura e Lazer (Secel) e Fundação Cultural.

O artista plástico revela que o marco restaurado possui uma novidade. Trata-se de uma cápsula do tempo, que é uma garrafa contendo manuscritos que explicam os trabalhos de restauração, além de jornais e moedas que identificam o período atual para as gerações futuras. A garrafa foi lacrada com parafina e colocada dentro do monumento.

Julio Carvalho é um artista bastante conhecido dos rondonienses. Foi ele que criou, em 2006, a obra “O Indígena”, uma escultura em metal com mais de quatro toneladas e sete metros de altura, localizada na BR 364, perto do bairro Ulisses Guimarães. Ele também é autor de outras obras localizadas na cidade.

Na restauração do marco ele conta com o auxílio de dois assistentes e a previsão é de que os trabalhos sejam concluídos ainda nesta semana. Todo o restauro possui investimento da Santo Antônio Energia.

Permanecendo próximo à Capela de Santo Antônio, o marco pode ser facilmente visitado por portovelhenses e turistas, agregando ainda mais valor à região que é berço histórico e cultural de Porto Velho. Vale frisar que o entorno da capela foi completamente urbanizado pela Santo Antônio Energia no ano passado. A concessionária construiu também um Centro Cultural Indígena formado por cinco prédios e uma grande oca estilizada que poderão abrigar centros de exposição, biblioteca, cafeteria, loja de conveniência e administração.


Lenha na Fogueira

Ta chegando a hora da gente saber, qual o melhor samba de enredo 2014, entre os sambas das escolas de samba de Porto Velho.

*********

A escolha vai acontecer no próximo sábado dia 1°, na praça Aluizio Ferreira a partir das 19h00.

********

O samba escolhido como Melhor receberá o troféu Sebastião Araujo da Silva – Baba uma promoção especial deste colunista, em parceria com o Diário da Amazônia.

********

Pela segunda vez em Porto Velho vai acontecer essa disputa.

********

A primeira vez foi no ano de 1983, quando o proprietário da casa de samba “Reza Forte” o Lima promoveu o concurso, no qual concorreram os seguintes compositores e seus sambas.

*********

Silvio M. Santos e Babá (A Amazônia de Orellana a Costeau – escola Pobres do Caiari) e Ernesto Melo cujo nome do samba não lembro. O Bainha concorreu e teve o samba desclassificado ficando a parceria Silvio e Babá disputando como Ernesto Melo com o samba da Diplomatas.

********

Na hora que o Babá foi cantar o samba da Caiari, alguns diretores da Diplomatas invadiram o palco, entre eles o Bola Sete e até o presidente Heitor Costa e o pau comeu pra valer.

********

Depois que os ânimos foram acalmados o concurso rolou na maior traquilidade, com os jurados dando como vencedor o Samba da dupla, Silvio e Babá.

********

Ainda vamos contar o motivo que levou a turma da Diplomatas invadir o palco e partir pra vias de fato.

********

O certo foi que depois daquele episódio, nunca mais aconteceu o concurso para escolher o melhor samba de enredo das escolas de samba de Porto Velho.

*********

Foi então que resolvemos realizá-lo este ano, no próximo sábado dia 1°, na praça Aluizio Ferreira, cujo troféu leva o nome do Babá.

*********

Pra quem não sabe Babá é um dos autores do antológico samba de enredo “Ceará, Lendas e Crenças – Ceará de Iracema” em parceira com o Silvio M. Santos e o Haroldo Dori

********

Existia o troféu ‘Estandarte de Ouro’ que de inicio era da AESB e depois passou a ser da Fesec, mas, há alguns anos esse evento não é realizado e mais:

********

O Estandarte de Ouro não premia o melhor entre o melhor samba de enredo. É dado aos sambas que recebem nota Dez de todos os jurados. O que pode acontecer para mais de uma escola de samba.

********

O troféu que vamos entregar sábado que vem, premia apenas o melhor entre os melhores sambas de enredo das escolas de samba de Porto Velho. É um negócio mais autêntico.

********

E tem mais, o concurso vai contar com os sambas dos grupos de acesso e especial. Não tem essa, de por ser do grupo de acesso o samba não merece entrar na disputa.

*******

Aqui vamos abrir um parêntese,  para desejar ao amigo e parceiro, compositor Ernesto Melo total recuperação. Ernesto foi acometido de uma mal estar no final da semana passada, mas, segundo sua esposa Erenir já está em casa.

********

Ernesto Melo estará concorrendo com dois sambas no concurso de sábado. Para as escolas “Acadêmicos da Zona Leste” e “Império do Samba” ambas do grupo de acesso.

********

Esperamos que o ‘Velho’ Ernesto Melo se recupere a tempo de participar cantando, seus sambas, na praça Aluízio Ferreira no próximo sábado. Volta logo parceiro!

********

Por falar em concurso. Amanhã dia 31, é o último dia para se fazer inscrição para o concurso de Marchinhas “Carnaval dos Carnavais” promovido pela Funcultural.

*********

Ainda dá tempo, vai até a sede da Funcultural pega o Regulamento e inscreve tua marchinha. Quem sabe no dia 15 de fevereiro, ela será cantada no Baile Municipal.


Orquestra em Ação abre Teia Cultural Rondônia

O governo de Rondônia através da Secel - Coordenação dos Pontos de Cultura, realiza de hoje 31, até domingo dia 2 de fevereiro, a “Teia - Tecendo a Cultura de Rondônia”, com a participação dos Pontos de Cultura dos municípios de Porto Velho, Guajará Mirim, Ariquemes, Machadinho D’Oeste, Cacoal, Ji-Paraná, Rolim de Moura, Vilhena e Distrito de Santa Catarina do baixo Madeira.Artista de Porto Velho restaura Marco Divisório - Gente de Opinião

De acordo com o Coordenador dos PCR José Monteiro a abertura oficial vai acontecer na noite desta sexta feira 31, as 20h00, no Teatro Banzeiros com a presença da Secretária da Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura Márcia Rolemberg. As atividades relativas ao encontro, na realidade, começam as 14h00, no Teatro Banzeiros com o credenciamento dos interessados. A abertura oficial só vai acontecer as 20h00, com a composição da mesa, sendo que logo após os discursos de praxe, os presentes serão convidados a se deslocarem até a praça Aluizio Ferreira aonde acontecerá o espetáculo musical, com a participação do Ponto de Cultura de Ji-Paraná “Orquestra em Ação” que vai apresentar show com a Camerata Rondon com inicio previsto para iniciar as 21h00.

A programação da Teia – Tecendo a Cultura de Rondônia continua sábado e domingo, com palestras e apresentações culturais durante o dia todo, no Teatro Banzeiros e na Casa da Cultural Ivan Marrocos.

Sábado a programação cultural vai acontecer na praça Aluizio Ferreira com a apresentação dos sambas de enredos, mulatas e sambistas e rainha da bateria das escolas de samba de Porto Velho, as 20h30.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

Lenha na Fogueira com o filme "O Pecado de Paula" e os Editais da Lei Aldir Blanc

A Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer), realiza neste sábado (16), o ensaio para a gravação do filme em linguagem teatral "O Pecado de Pau

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Lenha na Fogueira com o Museu Casa Rondon e a eleição da nova diretoria da FESEC

Entrega da obra do Museu Casa Rondon, em Vilhena.  A finalidade do Museu é proporcionar e desenvolver o interesse dos moradores pela rica história

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Lenha na Fogueira com o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Dia das Crianças

Hoje os católicos celebram o Dia de Nossa Senhora Aparecida a padroeira do Brasil. Em Porto Velho as celebrações vão acontecer no Santuário de Apareci

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Jorgiley – Porquinho o comunicador que faz a diferença no rádio de Porto Velho

Tenho uma maneira própria de medir a audiência de um programa de rádio. É o seguinte: quando o programa ecoa na rua por onde você está passando, dando