Porto Velho (RO) domingo, 18 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Silvio Santos

Acadêmicos da Zona Leste homenageia Ernesto Melo - Itaú Cultural e Oceanos apresentam semifinalistas premio literatura


Acadêmicos da Zona Leste  homenageia Ernesto Melo - Itaú Cultural e Oceanos apresentam  semifinalistas  premio literatura - Gente de Opinião


A Expo – Agrovel -  Exposição Agropecuária de Porto Velho (nome sugerido por mim – que pode ser mudado) apesar da boa vontade do do Governador do Estado de Rondônia Coronel Marcos Rocha.

*********

Em resgata-la ainda este ano de 2019, pode não ser possível. Explico o porquê!

*********

Acontece que temos menos de 60 dias para realizar a tramitação burocrática como Chamamento Público, Licitação de Estrutura e conseguir agenda livre dos cantores e bandas que costumam ser contratadas para este tipo de festa.

*********

Por que menos de 60 dias? Porque o período de estiagem (Verão Amazônia) termina no inicio do mês de outubro, quando o chamado Inverno Amazônico, começa aqui por essas bandas.

**********

Assim sendo, é muito arriscado realizar qualquer tipo de evento em área livre, pois se corre o risco da chuva o que afastaria o público e sem público, não é legar realizar uma festa de peão.

**********

Se eu fosse da equipe do governador Marcos Rocha o aconselharia a programar a realização da Exposição Agropecuária de Porto Velho para o próximo ano de 2020.

**********

Logo depois que terminar o Arraial Flor do Maracujá 2020. É isso mesmo! Estou sugerindo que a 39ª edição do Arraial Flor do Maracujá aconteça entre a última semana do mês de junho e a primeira semana do mês de julho.

**********

Depois de 15 dias do término do Flor do Maracujá, se abriria a nossa Exposição Agropecuária aproveitando parte da estrutura do Arraial Flor do Maracujá. É apenas sugestão.

*********

Até porque é preciso conseguir uma data dentro da Programação das Feiras Agropecuárias que já acontecem em Rondônia e têm data fixa.

**********

E parece que no período sugerido, não existe nenhuma exposição de grande porte programada, pois, a Expoari geralmente acontece no final de julho.

**********

Agora, se a força tarefa do governo estadual, entrar em campo com vontade a Exposição Agropecuária de Porto Velho que estou intitulando de Expo – Agrovel, pode acontecer ainda este ano. Tudo é questão de vontade política!

**********

Outro pepino que precisa ser revolvido o mais rápido possível, é a Licitação para a execução da obra da “Cidade da Cultura”.

*********

Apesar do esforço do superintendente da Sejucel Jobson Bandeira ter conseguido a prorrogação do prazo de vencimento da Emenda que destina os recursos para a construção da obra, a coisa tá apertando cada vez mais e nada.

*********

Nada do governo autorizar a licitação da obra. Por esses dias, acontecerá uma reunião na Casa Civil para tratar desse assunto.

*********

O Jobson ta quase pra acabar as unhas de tanto roer, pensando na iminência de ver o Projeto da Construção da Cidade da Cultura rolar por água abaixo.

**********

Pelos corredores do Palácio Rio Madeira o que se ouve é que o governo de Rondônia não tem condições por enquanto, para promover a licitação da obra.

**********

Independente de tudo isso, vamos lembrar que no final da semana passada a grande pedida foi a realização do Carna Porto Folia.

**********

Não sei se os promotores do Carnaval Fora de Época conseguiram  livrar o investimento. O certo foi que realizaram.

 

**********

Não cumpriram o que vinha sendo anunciado, porque foram impedidos de realizar os desfiles na avenida Imigrantes.

********

Porque de última hora o local da realização do evento, foi mudado para o Parque dos Tanques.

**********

Pelas fotos e isso depende muito do ângulo do qual a foto foi tirada, dar a impressão que muita gente prestigiou o Carna Porto Folia.

*********

Analisa você através da foto anexa!

Carna Porto Folia - Gente de Opinião
Carna Porto Folia
Compositor e cantor Ernesto Melo - Gente de Opinião
Compositor e cantor Ernesto Melo

Acadêmicos da Zona Leste homenageia Ernesto Melo 


A escola de samba Acadêmicos da Zona Leste vai realizar no dia 30 de agosto, mais uma rodada do Projeto Tributo ao Menestrel – Biografando o Samba. Desta feita, o homenageado será o compositor e cantor Ernesto Melo - O Poeta da Cidade, que terá sua obra interpretada por vários sambistas de Porto Velho em especial, pelo grupo Camafeu e o interprete Hudson Mamedes.

O espetáculo musical contará também com a participação do grande compositor de samba Moacir Luz direto do Projeto Apresentado no Rui de Janeiro “Samba do Trabalhador”. Outra atração será a cantora Alcireia Tabosa que está trabalhando o lançamento do seu mais novo trabalho musical em CD.

A Escola de Samba da Zona Leste conta com o apoio da Funcultural de Porto Velho, que dentro do Projeto Tributo ao Menestrel já homenageou os compositores Waldemir Pinheiro da Silva – Bainha que contou com a participação da sambista carioca Juliana Diniz e Silvio Santos. “Agora é a vez do Poeta da Cidade receber as devidas homenagens da comunidade do samba de Porto Velho”, disse a presidente da Acadêmicos da Zona Leste Anne Mamedes.

O show em homenagem ao Ernesto Melo o Poeta da Cidade, vai acontecer no Mercado Cultural reduto que ele transformou em local de encontro de sambistas, ao realizar por muitos anos, todas as sextas feira, o Projeto “A Fina Flor do Samba” cujo objetivo era divulgar o “Samba de Raiz”.

Mais informações pelo telefone/WhatsApp: (69) 99376-7694.

Acadêmicos da Zona Leste  homenageia Ernesto Melo - Itaú Cultural e Oceanos apresentam  semifinalistas  premio literatura - Gente de Opinião

PORTUGUÊS

Itaú Cultural e Oceanos apresentam semifinalistas  premio literatura

 

No dia 8 de agosto de 2019, às 19 horas, o Itaú Cultural e o Oceanos apresentaram os livros semifinalistas do Oceanos 2019 no Consulado Geral de Portugal em São Paulo. Na ocasião, foram homenageados presencialmente dois dos quatro vencedores da edição 2018: a brasileira Marília Garcia, com o livro de poemas Câmera Lenta, da Companhia das Letras, e o português Bruno Vieira Amaral, com o romance Hoje Estarás Comigo no Paraíso, originalmente publicado pela portuguesa Quetzal e que, em 9 de agosto, teve lançamento no Brasil pela Companhia das Letras na Tapera Taperá.

Um corpo de 72 jurados de cinco países de língua portuguesa definiu, na primeira fase de votação, as 54 obras que se classificaram para a fase intermediária entre um total de 1.467 concorrentes de 314 diferentes editoras de 10 diferentes países.

Desde a ampliação do prêmio para todos os países de língua portuguesa, em 2017, esta foi a edição que apresentou maior número de editoras entre os semifinalistas: 23 do Brasil, 12 de Portugal e uma de Angola, totalizando 36 editoras. Entre os 54 semifinalistas, que concorrem entre si, há 26 romances, 17 livros de poesia, sete de contos, três de crônicas e um de dramaturgia, com 34 autores brasileiros, 18 portugueses e dois angolanos. Os nomes das obras e autores semifinalistas desta edição estão disponíveis na página do Oceanos no site do Itaú Cultural: www.itaucultural.org.br/oceanos2019.

“Queremos cada vez mais leitores em língua portuguesa entre os países que falam este idioma comum, principalmente que apreciem literatura, pois isso, ao nos fazer imaginativos e criadores de signos e significados, nos revela humanos”, diz o diretor do Itaú Cultural, Eduardo Saron. “Precisamos, sobretudo, da leitura e dos livros, porque isso é fundamental para o desenvolvimento de qualquer sociedade”, continua para completar: “O aumento progressivo de editoras concorrentes neste prêmio desde que o estendemos para todos estes países, gerando intercâmbio de livros e autores e culminando, neste ano, como o maior número delas, indica que caminhamos em boa direção nesse sentido.”

Além de escolher os semifinalistas, o Júri de Avaliação votou entre si nomes que fazem parte dos Júris Intermediário e Final. Do Brasil, participam Eliane Robert Moraes, Ferréz, Ítalo Moriconi, Maria Esther Maciel e Veronica Stigger; de Portugal, Ana Sousa Dias, Daniel Jonas e Manuel Frias Martins, e, de Moçambique, Francisco Noa. Agora, o Júri Intermediário lê e avalia os 54 livros para, em novembro, eleger os 10 finalistas entre os livros analisados.

A Curadoria do Oceanos 2019 está a cargo da linguista cabo-verdiana Adelaide Monteiro, da jornalista portuguesa Isabel Lucas, da gestora cultural Selma Caetano e do jornalista Manuel da Costa Pinto, ambos do Brasil.  

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Silvio Santos

Programa Viaja Mais Servidor + De Manicoré para Porto Velho  Forró da Luzia

Programa Viaja Mais Servidor + De Manicoré para Porto Velho Forró da Luzia

 Vamos começar divulgando a programação deste final de semana, do Arraial Floresta na Roça, que está montado no campo de futebol do bairro Floresta (a

lenha na Fogueira + Governo retoma exposição agropecuária de Porto Velho + Temática sobre Nietzsche pelo Raízes do Porto

lenha na Fogueira + Governo retoma exposição agropecuária de Porto Velho + Temática sobre Nietzsche pelo Raízes do Porto

Lenha na Fogueira Começou a ontem a 25ª Mostra de Folclore e Cultura Popular da Associação São Tiago Maior.************As apresentações folclóricas/cu

Forró da Luzia em Porto Velho  será sábado na OAB - Começa nesta quinta feira o arraial Floresta na Roça

Forró da Luzia em Porto Velho será sábado na OAB - Começa nesta quinta feira o arraial Floresta na Roça

Lenha na Fogueira Desde o governo de Ivo Cassol não víamos tanto investimento no segmento cultura/lazer. O governo do Coronel Marcos Rocha apesar de a

Sonora Brasil apresenta  Música indígena no Sesc - Arraiais continuam no Comunidade no Sertão e Orgulho

Sonora Brasil apresenta Música indígena no Sesc - Arraiais continuam no Comunidade no Sertão e Orgulho

Lenha na Fogueira O superintendente da Sejucel Jobson Bandeira, atendendo nossa consulta a respeito da licitação da obra da Cidade da Cultura, respond