Porto Velho (RO) segunda-feira, 24 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Serpa do Amaral

Obra literária 'Réu do Sexo' será lançada hoje na OAB/RO - Por Serpa do Amaral


  Obra literária 'Réu do Sexo' será lançada hoje na OAB/RO - Por Serpa do Amaral - Gente de Opinião

O integrante da Academia Rondoniense de Letras William Haverly Martins estará lançando, nessa sexta-feira, dia 15, às 17h, na Sala da Caixa de Advogados da OAB/RO,  sua mais recente produção literária, denominada "Réu do Sexo", com selo da Editora Temática.
 
O sexo comanda a nomeação de um juiz do Tribunal de Justiça, provoca um homicídio, um suicídio, a destruição de uma família e, por fim, condena um magistrado à aposentadoria compulsória. A trama foi construída como renda de bilros, narrador e personagens se entrelaçando, se movimentando no texto e no contexto da história, o resultado final envolve emocionalmente o leitor - diz o texto de orelha da obra. 
 
O autor estudou Direito na Universidade Federal da Bahia e graduou-se em Letras pela Universidade Federal de Rondônia. É professor, editor e membro da Academia Militar Forte Príncipe da Beira e fundador da Academia Rondoniense de Letras, onde ocupa a cadeira número três, tendo recebido o título de Presidente de Honra daquela entidade.  É autor também do romance Capricho do Absurdo: A Morte Prematura da República Socialista do Guaporé. O seu terceiro romance, intitulado "O Último Retirante", está em fase de pré-publicação.
 
 
Juiz federal Dimis Braga é o 
prefaciante do livro "Réu do Sexo"

 Obra literária 'Réu do Sexo' será lançada hoje na OAB/RO - Por Serpa do Amaral - Gente de Opinião
O juiz federal Dimis da Costa Braga, titular da 5ª Vara, é o autor do prefácio da obra "Réu do Sexo", que será lançada na próxima sexta-feira, dia 15, às 17h, na Sala da Caixa de Advogados da OAB/RO.
 
"Trata-se da disputa entre juízes da capital por uma vaga do honroso cargo de desembargador. O romance é ambientado  na capital do Estado de Rondônia e, portanto, circula em torno da vida de juízes, desembargadores, seus familiares e amigos (e inimigos, claro), do respectivo Tribunal de Justiça, em Porto Velho, no ritmo compassado das amazônicas e calorentas lides jurídicas locais, narrado ao ritmo ora coloquial, ora rebuscado, de alucinante criatividade e picardia do escritor baiano-rondoniense, em sue melhor estilo sarcástico, pleno de jovialidade, atualidade e senso crítico - um narrador à frente do seu tempo e lugar.
 
As promoções, no seio do Poder Judiciário, deveriam ser precedidas de absoluta seriedade nos motivos que ensejam a escola pelos pares, pautada em numerosa e comprovadas virtude dos postulantes, já que com eles comporão os degraus mais elevados da instituição. E como nos sodalícios da vida real, os motivos que levarão à definição do escolhido não serão os mais nobres.
 
Desde o primeiro momento, percebe-se no protagonista Dermeval "Paraguaçu" a forradora de personagem redonda, complexa, passável  da condição de anti-herói ao inicio, pela prática do mesmo crime pelos quais julga seus semelhantes, à assunção da função de herói, ao fim da trama, ao ponto do autor lhe permitir a condição de narrador em primeira pessoa, para melhor situar suas reflexões pessoais sobre a  própria conduta e transformações que vive na trama. Vai de protagonista à antagonista - sem prejuízo de retornar à condição anterior." -  escreve Dimis Braga.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Serpa do Amaral

De Antonio Serpa Amaral Filho (Basinho), para Luciana Oliveira

De Antonio Serpa Amaral Filho (Basinho), para Luciana Oliveira

Ao chegar em Atenas, por volta de 367 a.C, Aristóteles tinha tudo para ser um zero à esquerda na teoria política. Era gago, feio ,(para o padrão de  b

Jornalista Euro Tourinho é homenageado hoje no Projeto na Boca da Noite

Jornalista Euro Tourinho é homenageado hoje no Projeto na Boca da Noite

  Em comemoração aos 100 anos de atividade do Jornal Alto Madeira, o Projeto na Boca da Noite presta homenagem ao jornalista Euro Tourinho, de 95 anos

Fina Flor do Samba mostrou a arte centenária no Festival de Arte

Fina Flor do Samba mostrou a arte centenária no Festival de Arte

  Na última sexta-feira, 29, o grupo Ernesto Melo e a Fina Flor do Samba se apresentou no Festival de Arte e Cultura da Universidade Federal de Rondôn

A SAGA E A PRAGA DO TENENTE FERNANDO

A SAGA E A PRAGA DO TENENTE FERNANDO

A SAGA E A PRAGA DO TENENTE FERNANDO *   por Antônio Serpa do Amaral Filho  Os tambores de Santa Bárbara e Samburucu soaram frenéticos, alimentando o