Porto Velho (RO) terça-feira, 17 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Sergio Pires

PROMESSAS PARA A DISPUTADA ELEIÇÃO


PROMESSAS PARA A DISPUTADA ELEIÇÃO - Gente de OpiniãoPROMESSAS PARA A
DISPUTADA ELEIÇÃO
EM PASÁRGADA

Um pouco de humor não faz mal a ninguém! Por exemplo: o que acontecerá em Pasárgada, onde haverá eleições em outubro e todo o mundo é amigo do Rei. Ali,  algumas promessas de campanha estão sendo elaboradas, embora ainda dependam de uma revisão final antes de chegar ao eleitor. Um resumo delas, na duríssima campanha, na linda Pasárgada,:

Promessa 1 - Vão acabar os problemas da saúde pública. Serão construídos tantos postos de atendimento e hospitais, haverá tanto médico disponível, alguns falando estranhas línguas, que a população, saudável, vai ficar até constrangida e entediada, com tanta atenção.

Promessa 2  - A educação dará um salto de qualidade. Os estudantes que escreverem "menas" e "voçe", com c cedilha, serão homenageados, porque, o que importa é se fazer entender. Analfabeto poderá votar e ser votado. Será criado um decreto permitindo que o professor que é surrado na sala de aula por seus alunos, receba adicional de periculosidade. O tráfico de drogas perto das escolas será combatido por Força Nacional de Segurança,  Exército, Marinha e Aeronáutica.

Promessa 3 - A segurança pública será prioridade. Bandido e "dimenor", assaltantes e matadores,  ficarão pelo menos 1 mês presos, até terem direito à progressão e outros benefícios. Será criada uma lei que dará às vítimas, o mesmo pacote de direitos humanos que hoje é dado à bandidagem. Nem mais, nem menos.

Promessa 4 - Combate duríssimo à corrupção. Qualquer desvio de dinheiro público que ultrapasse os 30% será considerado crime. Quando pego na com a mão na massa ou com o dinheiro do povo no bolso, o ladrão não terá mais direito a estátua e aplausos. Terá que escrever mil vezes num quadro negro: "me pegaram, como fui otário!".

A campanha de Pasárgada não está parecendo a de outras terras que você conhece?

 

 

E A SEGURANÇA?

Voltaram os assaltos a ônibus. No fim de semana, três bandidos (bem vestidos, um deles aparentando ser menor), pegaram o ônibus em direção à zona leste, na avenida Guaporé e no meio do percurso anunciaram o ataque. Levaram dinheiro do motorista, do cobrador e vários pertences e dinheiro dos passageiros. Dois dos criminosos estavam dentro do coletivo, quando o terceiro entrou e iniciou o assalto. Prejuízo para todos. E a segurança pública, onde anda?

 

PESO DA LEI

Gente de Opinião

Governo e Judiciário enfim, fizeram o uso duro da lei, pelo menos em uma coisa: contra os ativistas, Black Bloks e outros celerados,  que praticaram atos criminosos e de vandalismo; mataram um cinegrafista e ameaçavam matar mais gente. A ação dos grupos violentos não será aceita pelo Planalto, que quer ver todos atrás das grades. Pena que não haja interesse em usar a mesma dureza, para fazer apodrecer na cadeia os celerados cruéis, que matam velhos, jovens, pais, mães e crianças, na guerra civil do crime contra os brasileiros do bem. Antes de tudo, os direitos humanos dos bandidos!

 

DISCRIMINAÇÃO?

Assinada por representantes do Grupo Gay de Rondônia, a coluna recebeu extensa correspondência alegando que houve discriminação no texto abordado sábado, falando sobre o crescimento da Aids. Traz informações diferentes das que a coluna teve acesso sobre as grandes vítimas da doença, que o Grupo Gay alega não serem apenas os homossexuais. E até ensina que o termo correto é homossexualidade e não homossexualismo.  Grande demais, é impossível publicar todo o texto, mas o registro está feito.

 

TEMA NACIONAL

Obviamente que a coluna não se desculpa, porque em nenhuma linha discriminou os homossexuais ou quem quer que seja. Apenas retratou uma situação divulgada com grande alarde pela mídia nacional (destacando-se a rede de  dezenas de emissoras da Jovem Pan, aqui ouvida em cadeia com a Parecis FM, 98.1) e inúmeros sites. Com relação à terminologia ensinada, embora respeitando todas as opiniões, a coluna também não aceita, porque não considera que haja qualquer diferença (a não ser a forçação de barra para o politicamente correto), entre homossexualidade e homossexualismo.

ALERTA

Fica, ainda, mais uma vez, o alerta: a Aids voltou com força no Brasil, embora esteja caindo em todo o mundo, inclusive na África, onde os números eram estratosféricos. Homossexual ou não; viciado em drogas ou não (os dois grupos que, segundo a Organização Mundial de Saúde, são os que correm mais riscos), é importante que qualquer pessoa redobre seus cuidados. Não é possível que, apenas por descuido, tantas vidas continuem sendo perdidas....

 

REESTREIA DE ODACIR

O experiente Odacir Soares, depois de uma ausência de uma década e meia, volta ao Senado. Segundo suplente de Ivo Cassol, ele estreou (ou reestreou) nesta semana, com um duro discurso pelo descaso com os desabrigados. Odacir cobrou as promessas que a presidente Dilma Rousseff fez quando visitou a Capital, durante a cheia histórica e denunciou que dezenas de famílias estão abandonadas. A volta de Odacir ao palco central da política brasileira foi com competência e bom senso. Ele ficará pelo menos três meses no cargo, até depois da eleição, já que Cassol está trabalhando na campanha ao Governo de sua irmã, Jaqueline.

 

P E R G U N T I N H A

PROMESSAS PARA A DISPUTADA ELEIÇÃO - Gente de Opinião

Quanto tempo vão durar Dunga, seu mau humor e
seu péssimo relacionamento com a mídia e o público,
no comando da Seleção Brasileira?

PROMESSAS PARA A DISPUTADA ELEIÇÃO - Gente de Opinião

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Sergio Pires

Energisa nega cortes ilegais + CPI: os eleitores vão apoiar ou não? + Dona Raquel ataca Rondônia

Energisa nega cortes ilegais + CPI: os eleitores vão apoiar ou não? + Dona Raquel ataca Rondônia

ENERGISA NEGA CORTES ILEGAIS. FIM DO  ABASTECIMENTO É SÓ PARA QUEM FAZ “GATO”A Energisa dá sua versão. Muito criticada, a empresa que comprou a Ceron

Mentir para atingir a família do presidente: é correto ou um ato sem ética de parte do jornalismo decadente?

Mentir para atingir a família do presidente: é correto ou um ato sem ética de parte do jornalismo decadente?

MENTIR PARA ATINGIR A FAMÍLIA DO PRESIDENTE: É CORRETO OU UM ATO SEM ÉTICA DE PARTE DO JORNALISMO DECADENTE?Vamos criar uma situação hipotética. Um j

Faltam 50 milhões de reais para fazer a regularização fundiária  em Rondônia + Assembleia convoca produtores + Belmont: nada de novo

Faltam 50 milhões de reais para fazer a regularização fundiária em Rondônia + Assembleia convoca produtores + Belmont: nada de novo

FALTAM 50 MILHÕES DE REAIS PARA FAZER A REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE 40 MIL IMÓVEIS EM RONDÔNIAA necessidade urgente de se ampliar a Regularização Fundi

Venezuela e Colômbia perto de um confronto armado? + No PT, Fátima tem o poder + Os caminhos para o Hospital do Câncer + Outra greve dos Correios. E daí?

Venezuela e Colômbia perto de um confronto armado? + No PT, Fátima tem o poder + Os caminhos para o Hospital do Câncer + Outra greve dos Correios. E daí?

VENEZUELA E COLÔMBIA PERTO DE UM CONFRONTO ARMADO? E NÓS ESTAMOS PERTO DEMAIS DESSE PERIGO!Uma guerra entre dois dos nossos vizinhos? A situação de