Porto Velho (RO) sábado, 2 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Sergio Pires

Primeira Mão - 08/10/10


Primeira Mão - 08/10/10 - Gente de Opinião

MAIS IMPORTANTE QUE AS CONVICÇÕES
PESSOAIS, É AGRADAR AO ELEITORADO

 Fernando Henrique Cardoso (foto) sempre  foi ateu, como o é grande número de intelectuais, cientistas e outros com cultura acima da média. Quando candidato à Presidência, mudou ligeirinho. Tornou-se, da noite para o dia, cristão ferrenho. Sabia que se mantivesse suas opiniões em público, jamais venceria uma eleição no Brasil, país em que as religiões, o misticismo e as crenças em qualquer coisa definem os rumos de tudo, inclusive das eleições. Lula aceitou manter um modelo econômico e engoliu vários princípios ideológicos, que sempre combateu, para chegar ao poder. Dilma Rousseff sempre foi a favor do aborto. Está no programa do seu partido a lógica premissa de que a questão é individual e cada mulher deve decidir se quer ou não ter filho. Dilma nunca escondeu isso. Agora, teve que mudar de opinião ligeirinho. Se a mantivesse, certamente estaria correndo sério risco de perder a eleição à Presidência, porque o fanatismo religioso está acima das propostas de melhoria para o país. Aliás, é bom que se diga que Fátima Cleide perdeu a eleição para o Senado em Rondônia também por sua defesa das minorias, principalmente dos grupos gays e outros. Manteve-se firmes em suas convicções mas perdeu, numa terra onde os preconceitos só diminuíram aparentemente e da porta para fora das casas.

José Serra, eterno defensor da iniciativa privada e do desenvolvimento a qualquer custo, nunca deu muita bola para os problemas ambientais. Agora, transformou-se num quase irmão das idéias de Marina Silva, do PV, por causa dos votos que ela pode lhe passar. Enfim, a história do Brasil está recheada de histórias assim. O povo com suas crenças e fanatismo vivendo cada vez pior e os políticos, malandros, engolindo muito do que pensam para não perder votos. Em nome de Deus, faz-se qualquer coisa. ETA, Brasil!

  

BALA NA AGULHA

Confúcio Moura e João Cahulla se mobilizam, reúnem seus grupos, vão à imprensa, fazem reuniões, preparam suas estratégias. O segundo e decisivo turno da eleição em Rondônia começa de fato já neste final de semana. Dia 31 saberemos quem teve mais bala na agulha. No sentido figurado, é claro!  

 

OUTRA ELEIÇÃO

Tanto quanto a disputa pelo governo, os grupos políticos já se movem para uma eleição que só acontecerá no início de fevereiro de 2011: a do novo presidente e da mesa diretora da Assembléia Legislativa. Várias candidaturas já estão postas, incluindo deputados recém eleitos.

 

A LISTA CRESCE

A campanha só não começou abertamente porque muita coisa vai depender de quem será o novo governador. Se Confúcio, a vantagem passa para um grupo; se Cahulla, para outro. Nomes que já estão no páreo: Neodi Carlos, Jesualdo Pires, Valter Araújo e Luizinho Goebel, entre os reeleitos. Adelino Falador, Epifânia Barbosa, Glaucione Nery, entre os novos.

 

ENTRE OS PRIMEIROS

Além de grande sucesso em Rondônia, a deputada reeleita pela quinta vez para a Câmara Federal, Marinha Raupp, tornou-se notícia nacional. Foi ela um dos três nomes com maior votação proporcional no país. Os mais de 100 mil votos conquistados por Marinha a colocaram no patamar dos grandes puxadores de votos. Teve 14,24% dos votos válidos.

 

OUTROS DOIS

Os primeirão (proporcionalmente em relação ao eleitorado de suas bases), foi o brasiliense José Antonio Reguffe, do PDT, considerado um dos políticos de maior futuro do país. Ele teve 18,95% do total de votos válidos. O segundo foi Marcelo Bittar, do PSDB do Acre, com 15,23%.

 

NOTA DE PESAR

O campeão nacional de votos, em termos de números absolutos, infelizmente e para a tristeza de quem leva a política a sério, foi o palhaço Tiririca, com mais de 1 milhão e 300 mil votos. Mas, proporcionalmente, essa enorme votação representou apenas 4% dos votos válidos em sua base, São Paulo.

 

POSSIBILIDADES

Há ainda uma chance do atual deputado Maurão de Carvalho, do alto dos seus mais de 13.900 votos, voltar à Assembléia. Se a Justiça Eleitoral validar os votos dados a Marco Antonio Donadon, aumenta o cociente da coligação. Maurão, que por enquanto está na primeira suplência, entraria. Ruim seria para Edivaldo Soares, de Ji-Paraná.

 

LADOS DIFERENTES

Dois dos nomes mais votados para a Assembléia Legislativa, entram com tudo no segundo turno, defendendo cada um seu candidato ao governo. Valter Araújo, o campeão de votos, percorre o Estado apoiando João Cahulla. O vice, Zequinha Araújo, se concentra na Capital pedindo votos para Confúcio Moura.

 

DE ONDE VEM A DENGUE

Surpresa negativa ocorreu em Porto Velho, dias desses. Foi localizado um depósito clandestino com mais de 30 mil pneus velhos. E incrível: o tal depósito já existia há 15 anos e nunca havia sido “descoberto”. Depois quando a cidade fica lotada de casos de dengue, não se entende bem os motivos de tanta gente doente.
 

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



Fonte: Sergio Pires  - [email protected]
 
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube / Turismo   /  Imagens da História

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Sergio Pires

Rondônia teve 26 mil novas empresas + O vírus ataca com força + Partidos e candidatos fazem pesquisas

Rondônia teve 26 mil novas empresas + O vírus ataca com força + Partidos e candidatos fazem pesquisas

MAIS DE 3 MILHÕES E 500 MIL NOVOS EMPREGOS NO PAÍS EM POUCO MAIS DE TRÊS ANOS. EM RONDÔNIA, TIVEMOS 26 MIL NOVAS EMPRESAS, SÓ EM 2021           Depen

Gravidez na infância e aborto + Um programa de sucesso + Será pior ou melhor?

Gravidez na infância e aborto + Um programa de sucesso + Será pior ou melhor?

GRAVIDEZ NA INFÂNCIA E ABORTO: IDEOLOGIA E HIPOCRISIA, ENQUANTO NOSSAS CRIANÇAS ESTÃO TENDO SUAS VIDAS DESTRUÍDAS          O estupro e a gravidez de

Descontos federais e do ICMS estadual + Corrida ao governo esquenta + O dia de cooperar

Descontos federais e do ICMS estadual + Corrida ao governo esquenta + O dia de cooperar

SE TODOS OS DESCONTOS FEDERAIS E DO ICMS ESTADUAL FOSSEM DADOS À GASOLINA, O PREÇO FINAL PODERIA CAIR PARA 6,10 REAISCaso já tivesse sido repassado t

193 milhões para a Rodovia do boi + Rondonienses correm o risco de perderem tudo + Lucas Follador elogia Mariana Carvalho

193 milhões para a Rodovia do boi + Rondonienses correm o risco de perderem tudo + Lucas Follador elogia Mariana Carvalho

INVESTIMENTO DE QUASE 2 MILHÕES E 300 MIL REAIS POR QUILÔMETRO: SÃO 193 MILHÕES PARA PAVIMENTAR PARTE DA RODOVIA DO BOI          Com pouca divulgaç