Porto Velho (RO) terça-feira, 26 de maio de 2020
×
Gente de Opinião

Robson Oliveira

Resenha política 08/06/10



 

Articulações

PT, PMDB, PDT, Pcdob, pHs e PMN andam conversando entre si. Neste final de semana todos trocaram loas, mas nada ficou acertado. PMDB e PT já lançaram seus pré-candidatos e dificilmente recuam. O PDT voltou a campo e lançou a pré-candidatura do senador Acir Gurgacz.

 

Jogada

Ontem, depois de um dia intenso de novas conversas, Acir (PDT) e Melki (PHS), além do PMN, decidiram bater o pé e lançar uma chapa majoritária. O movimento foi interpretado nos meios políticos como forma de marcar posição e voltar à mesa das articulações em igualdade de condições. Eles prometem anunciar a jogada imediatamente.

 

Truco

O PMDB voltou a procurar o PCdoB para unir as legendas na campanha majoritária. As conversas evoluíram e tem tudo para um bom acordo político, necessitando ainda de ajustes. Mas as duas legendas continuam procurando atrair as três de cima para a mesma coligação. Conseguindo: é truco eleitoral.

 

Vice

Já Expedito Junior do PSDB corre o trecho na companhia de Mauro Nazif do PSB e Miguel de Souza do PR. Ele tem evitado confronto com os ‘Cassolistas’ (mesmo levando bordoadas) para não inviabilizar uma reaproximação com os governistas num eventual segundo turno.

 

Convenções

O PT proclama Eduardo Valverde candidato a governador na convenção no dia 13. O PMDB Confúcio Moura dia 27. O PSDB de Expedito Júnior dia 26. PC do B dia 27. A coluna ligou para a assessoria de Cahulla (PPS), mas não obteve sucesso.

 

Vices

Ontem, numa reunião na casa de um advogado da capital, Expedito Junior reuniu o tucanato para discutir o nome do vice. Surgiram os de Miguel de Souza (PR), Elisa Gasola (dona da São Lucas) e o ex-vereador Alan Queiroz. Mas JR sonha ainda convencer para a vaga o deputado federal Mauro Nazif (PSB).

 

Sinal

Nos bastidores políticos surge o burburinho que o ex-governador Ivo Ksol (PP), pré-candidato a senador, não é tido mais como imbatível nas urnas. Ele ainda é muito forte no interior, o que não significa que a eleição vai ser um passeio como muitos achavam (inclusive esta coluna). Ele se gaba por onde passa que elege qualquer um e ao cargo que quiser. Há sinal nos comitês indicando que não é bem assim como ele imagina. O sol começa a clarear outros pleitos além do dele.

 

Reclamação

O Chefe da Casa Civil, Guilherme Erse, ligou para este escriba e reclamou das duas notas que colocamos sobre sua unção ao nobre cargo. Paciência.

 

Interpretação

Não houve nenhum comentário desonroso, desrespeitoso ou agressivo contra o Chefe da Casa Civil nesta coluna. Pelo contrário, foram linhas articuladas de forma humorada e com o intuito de registrar a posse do rapaz. Ele interpretou errado e não gostou das notas.

 

Peso

Este cabeça-chata também não gostou da ligação. Pode ser que o peso do cargo sobre os ombros tenha deixado Erse agastado com quem sempre o tratou com respeito. Ou outro peso inconfessável. Nem sempre agente agrada. Quando preciso for à coluna será implacável com ele, assim como afável. E com qualquer outro que esteja na vida pública. É nosso desiderato. Apesar do peso.

 

Sanção

A bancada federal de Rondônia no Congresso Nacional aguarda para este final de semana a sanção (ou veto) do presidente Lula a MP que regulamenta a transposição. Nos bastidores é certo que haverá veto as emendas penduradas ao texto original negociado com o Governo Federal. O feito merecer ser comemorado. Isso não havendo surpresas.

 

Correios

Já comentamos aqui que os Correios chegou a ser orgulho de integração do país. Hoje é sinônimo de ineficiência, perdulária e malfeitos. Para alento de todos Lula está inclinado em demitir toda a diretoria do órgão. Deveria estender a degola aos regionais. O povo agradece. Assim como os leitores das missivas.

 

Falecimento

Registramos com pesar o falecimento do conterrâneo Lucindo Quintans, ex-vereador de Porto Velho. Em 1985, ao desembarcar em Rondônia, este escriba assinou seu primeiro contrato de assessoria no gabinete do edil falecido. Era uma pessoa inteligente, astuta e, como todo paraibano que se preza, boêmio. Deixa saudades. 

 

Ausência

Quem acompanha a pré-campanha estadual percebe a ausência do prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho, nas conversações sobre as coligações. Ele, em reservado, lamenta muito ter sido barrado pelos cardeais do PT para disputar o cargo de governador.

 

Foto

Roberto apareceu no último encontro petista da capital para cumprir a ritual fotográfico de posar ao lado dos ‘companheiros’ Eduardo Valverde e Fátima Cleide. Engajado mesmo ele está nas postulações de Israel Xavier (A Câmara Federal) e de sua ex-secretaria de educação (deputada estadual), Epifânia Barbosa.

 

Credenciais

O presidente do PT, Tácito Pereira, virou duble de comentarista de um programa matinal de TV. As credenciais do nobre ‘comentarista’: ser presidente do PT rondoniense. Assisti ao último programa e não vi um comentário seu. Exceto palpite sobre tudo. E de qualidade duvidosa. O apresentador é quem salva a lavoura pela intimidade com o vídeo. E as palavras.

 

 Opinião

A convite do colega Leo Ladeia, a coluna também passa a ser publicada simultaneamente no site Gente de Opinião. Um convite do eterno amante do rock não poderia ser desprezado, visto que este escriba é fã incondicional do trabalho do colega. Quando retornamos a Rondônia (geralmente as sextas-feiras) almoçamos de olho no programa de Leo Ladeia na TV Record. Aliás, todos do programa merecem elogios pelo profissionalismo, em especial ele e a bela Luanda.

 

Expovel

João do Vale está de parabéns. A Expovel deste ano está sendo considerada uma das melhores em sua organização. Não é fácil tocar um evento da magnitude da Expovel, mas tem sido “café pequeno” para o incansável peão João do Vale. Os preços no parque não são módicos, mas suportável para um público ávido por eventos de qualidade. Ademais, Rondônia passa por um bom momento econômico. Não há miséria. Nem fome.

 

Agonia

Nem os novos aloprados do PT conseguem dar fôlego ao tucano Zé Serra. O mês começou com a Dilma no cangote dele e o sinal é de que ultrapassa na próxima rodada das pesquisas. A agonia tem se estendido aos comentaristas da mídia nacional majoritariamente favoráveis ao ex-governador de SP e que se esmeram para explicar o inexplicável com prognósticos alucinados. 
 

Fonte: Robson Oliveira -  [email protected]  
 
Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /  Siga o Gentedeopinião noTwitter  /   YouTube 
 Turismo   /  Imagens da História

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Robson Oliveira

Ideologização + Contaminação + Infecção + Tragédia + Gambiarra

Ideologização + Contaminação + Infecção + Tragédia + Gambiarra

IDEOLOGIZAÇÃODesde que a pandemia do Covid 19 se instalou no país, ceifando vidas em todos os estados e no mundo, os grupos que se rivalizam nas red

Energisa e o perdão de dois bilhões de reais + Pecaminoso + Pavão misterioso

Energisa e o perdão de dois bilhões de reais + Pecaminoso + Pavão misterioso

ENERGISAO deputado federal Mauro Nazif (PSB) foi no ponto certo: “governador tome vergonha na cara”. O desabafo do parlamentar foi ao abordar o proj

Roleta russa + Lero lero de Fernando Máximo + Rocha culpou a imprensa

Roleta russa + Lero lero de Fernando Máximo + Rocha culpou a imprensa

ROLETA RUSSAA decisão de prefeitos e governadores de flexibilizar o isolamento na maioria das cidades do país pode custar ainda à população em geral

Autogolpe + Coronafest + Isolamento + Forças Armadas

Autogolpe + Coronafest + Isolamento + Forças Armadas

AUTOGOLPEMais uma vez o presidente Jair Bolsonaro testa os limites constitucionais ao incitar seus seguidores no último domingo a ganhar as ruas e p