Porto Velho (RO) segunda-feira, 24 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Osmar Silva

Os todos poderosos - Por Osmar Silva


A euforia coletiva com a Copa do Mundo por conta da anestesia ufanista, aplicada diariamente no inconsciente dos brasileiros, injetando a falsa imagem de que temos a melhor equipe e o melhor futebol do mundo, tem objetivos e razão de ser, amplamente aproveitados pelos poderosos e privilegiados da República.

Eles operam com a convicção de que somos um povinho ordinário e sem memória. Apesar de jovem, somos uma nação atacada pela senilidade, onde esquecemos memórias recentes e só lembramos de coisas antigas. Da Copa de 70, de Rivelino, de Pelé e de Garrincha por exemplo.

Dessa forma, a Copa do Mundo, que coincide com as eleições presidenciais, de quatro em quatro anos, é o apanágio perfeito para todo tipo de velhacaria e sordidez. Sempre em favor de seus interesses. E sempre contra o povo que os alimenta e os mantém no Olimpo.

Também, para que serviria mais esse zé povinho, sem capacidade de reação, que tudo aceita e tudo paga, mesmo que com suor e sangue? Que vive à espera de um Salvador da Pátria que lhes garanta pelo menos o pão de cada dia? E que, quando surge um charlatão que lhes acena com um pedação de pão, fica cego, idolatra e santifica o criminoso, sem perceber que ele rouba as suas esperanças de agora e o futuro dos seus filhos amanhã?

Para esses poderosos a Copa do Mundo é mais que providencial. Eles podem, nesse período, atuar com liberdade e até ares de transparência. Sabe por que? Porque têm certeza que você não está prestando atenção neles. Você está interessado é em ver o jogo da seleção. Você só quer garantir uns caraminguás para o churrasquinho e o molha goela.

Lhes darei um exemplo desta conduta de menosprezo, arrogante e imperial: o ministro do Gilmar Mendes, do STF, mandou soltar, em 1 mês, 21 poderosos corruptos indiciados por todo tipo de ilicitude. E, esse ano, não condenou ninguém. Para estes poderosos, o odiado juiz alarga a interpretação das normas e lhes confere todos os favores das leis. E caga na cara da Nação!

Até 15 de julho, final da Copa, eles fazem o que bem entendem. E, na ressaca da vitória ou na tristeza da derrota, sem querer saber de nada para não estragar a alegria ou não aumentar a dor da alma, todos trabalharemos enviando ao tesouro nacional, no mínimo 30% de tudo que comprarmos, para sustentar os todos poderosos. Nós merecemos. Merecemos?

OsmarSilva – Jornalista-Presidente da Associação da Imprensa de Rondônia-AIRON   

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Osmar Silva

HIPOCRISIA E ARROGÂNCIA - Por Osmar Silva

HIPOCRISIA E ARROGÂNCIA - Por Osmar Silva

Vivemos uma geração de cultuadores de dois monstros do comportamento humano: a hipocrisia e a arrogância. O primeiro dá dinheiro. O segundo representa

Em quem votar? Por Osmar Silva

Em quem votar? Por Osmar Silva

Há exatos 60 dias do 1º turno das eleições, será que você já tem uma noção de em quem votará para presidente da República? Ou para governador do seu e

RUBINHO – Um bom camarada. Por Osmar Silva

RUBINHO – Um bom camarada. Por Osmar Silva

Nós tínhamos uma relação amistosa onde ele me chamava de ‘Osmarzinho’

OS TODOS PODEROSOS - Por Osmar Silva

OS TODOS PODEROSOS - Por Osmar Silva

A euforia coletiva com a Copa do Mundo por conta da anestesia ufanista, aplicada diariamente no inconsciente dos brasileiros, injetando a falsa imagem