Porto Velho (RO) sexta-feira, 5 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Osmar Silva

O VILÃO - Por Osmar Silva



Enfim, vimos uma pessoa pública vir a público, reconhecer seu erro e pedir desculpa ao ofendido e à sociedade. Não fez mais que sua obrigação, diremos todos nós. E é verdade.

Mas você acha que é fácil, depois de torcer o corpo em negativas, voltar atrás e confessar a culpa? Não, não é. Quer ver? Experimente confessar sua traição à cara-metade?   Ou sua esperteza ao seu chefe? Ou o dinheiro surrupiado de quem mais precisa? Ou tombo que você deu alguém? Han! Experimente!

Pois José Mayer fez isso de forma global ontem. Mas essa atitude redime seu erro? Anula seu delito contra a colega de trabalho? Não. De forma alguma. Continua criminoso e culpado. E já está sendo penalizado por isso antes mesmo de aberto processo legal.

Afinal, o galã de décadas da poderosa Rede Globo, está por esta, suspenso de suas atividades. Retirado do ar. Por tempo indeterminado. É um baita castigo. Mas não é só. Responderá ainda, com ampla possibilidade de ser condenado, a processo criminal e processo civil.

E será alvo ainda, do pior de todos os castigos: sua imagem desmonorou, lembremos. Nunca mais será o grande galã que foi. Quando voltar, se voltar ao ar, retornará apontado como o eterno Tião, seu último personagem na televisão global. O vilão. Quer pior para a vaidade de um ator que foi desejado por todas as mulheres?

Mas temos que reconhecer que, em um país onde cidadãos ‘probos e de notável saber’  e altas autoridades, dos três poderes, roubam e não confessam nem sob tortura, uma pessoa pública calçar as sandálias da humildade,confessar seus crimes e pedir desculpa, representa um ato de grandeza e sinaliza que esse país tem cura.

Sou da geração de José Mayer. Não pratico nem concordo com sua conduta. Nem com a de Vitor, o sertanejo do show biz.
 

OsmarSilva – Jornalista – Presidente da Associação da Imprensa de Rondônia-AIRON – [email protected]

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Osmar Silva

Moro sai e o diabo dá cambalhotas

Moro sai e o diabo dá cambalhotas

O rombo no casco do navio do governo do presidente Jair Bolsonaro é grande. A saída do ministro da Justiça e da Segurança Pública, o jurista Sérgio

Mundo de ponta cabeça

Mundo de ponta cabeça

Quem imaginaria ver as praças de Roma, os bares e as gôndolas de Veneza, os cafés de Paris, os estádios e as igrejas centenárias do mundo, vazias?

Tempos estranhos no Estado burro

Tempos estranhos no Estado burro

Estamos vivendo tempos estranhos. Saímos do governo do ‘dou um tostão, levo um milhão” e embarcamos noutro que vem protagonizando várias confusões. Em

Lixo, merda e água contaminada não é ‘missão de Deus’

Lixo, merda e água contaminada não é ‘missão de Deus’

- Governar é missão de Deus! Disse o governador de Rondônia, Marcos Rocha, em recente evento público. A sentença é correta, segundo os princípios cr