Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Osmar Silva

Essa gente vai quebrar a cara


 
Nem sei por que a gente ainda se espanta com os escândalos que pipocam sem parar, em toda parte e em todos os níveis. São tantos que a tantos envolve que, na verdade, arrefece nossa indignação. Esses eventos arrolam agente públicos, empresários e políticos do país descendo até aos mais pobres municípios. Além de encontrar justificativas para os maus feitos, ainda acham defensores nos mais altos níveis da República.

Lembram que quando Sarney esteve no cai-mais-não-cai Lula saiu em sua defesa classificando-o como uma pessoa diferente, especial, fora do comum? Não estamos vendo, mais uma vez, o médico Antônio Palocci no centro do olho do furacão sem explicar a multiplicação por vinte dos seus bens em quatro anos? Não é o mesmo Palocci que mergulhou o governo passado em crise moral, ética e política ao quebrar o sigilo bancário do caseiro Francelino de Brasília? E o que vemos agora? Todo mundo procurando defender, proteger e justificar o enriquecimento relâmpago do importante ministro do Brasil.

Então, se eles podem, todos podem. Assim, em efeito cascata, a roubalheira desce os escalões. Segundo alguns dados, R$ 160 bilhões são desviados anualmente em nosso país. O governador Confúcio Moura, de Rondônia, fez um apelo, através do seu blog, à bancada federal, para que obtenha a liberação de R$ 100 milhões para dar resolutividade a situações crônicas do setor ambiental. Mas o permanente saque da corrupção ao tesouro leva o dinheiro do meio ambiente, dos postos de saúde e do remédio que impediria a amputação do pé machucado do diabético.

Mas não adianta a demagogia que esconde a improbidade. A realidade arranca as máscaras. Outro dia enquanto a autoridade da saúde de Porto Velho discursava na Câmara Municipal loas à sua administração, onde tudo funciona e nada falta, o jornal de uma rede de televisão local exibia ampla matéria com depoimentos de pessoas que não encontravam atendimento médico nem remédios nas policlínicas da cidade. Quem estava falando a verdade, hem? O pior veio em matéria global denunciando mais um ataque da corrupção aos cofres públicos da cidade. A compra de remédios de R$ 1,24 por 9,90 cada unidade. Levantou-se a ponta do tapete.

A justificativa dessa gente segue alguns preceitos como: a) se eles podem, nós também podemos; b) roube bastante para pagar advogado e ficar livre e rico; c) no Brasil todo mundo rouba; d) quem reclama são os derrotados invejosos. Com essa ética, acham que decretam a derrota da honestidade, da ética e da moral. É verdade que a nossa sociedade tem baixa percepção da corrupção em sua volta. Mas sou daqueles que acreditam que esse país está mudando, devagar, mas está mudando. Viram como o Pimenta Neves foi para a cadeia! O povo está mais atento, reforçando valores que exaltam a decência e a vergonha. E a justiça, que não pode claudicar nem ser derrotada, vai vencer. Essa gente vai quebrar a cara!

Osmar Silva
[email protected]

 

Gente de Opinião

Fonte: Jornalista Osmar Silva/DRT 1035 - [email protected]

Gentedeopinião / AMAZÔNIAS / RondôniaINCA / OpiniaoTV / Eventos
Energia & Meio Ambiente
/ YouTube / Turismo / Imagens da História

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Osmar Silva

O Brasil está incendiado

O Brasil está incendiado

É isto mesmo! O Brasil está pegando fogo. E não é incêndio na floresta. É entre os poderes. A harmonia entre os três pilares da Democracia está romp

Retratos do Brasil – Para confundir qualquer um

Retratos do Brasil – Para confundir qualquer um

Temos na presidência do Brasil um ex-Capitão e ex-deputado federal, por cinco mandatos, apontado pela Oposição como anti-democrático, ditador e geno

Aleluia – Tempo de Esperança

Aleluia – Tempo de Esperança

Certo tempo atrás, no mundo onde fui criado e educado, o Sábado de Aleluia era o dia mais esperado e também o mais temido da Semana Santa. Um dia es

A hora, governador, é de atitude

A hora, governador, é de atitude

O coronel Marcos Rocha, governador de Rondônia, gravou e publicou neste sábado, 27, um vídeo para chamar a atenção do povo rondoniense à gravíssima