Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Montezuma Cruz

Marizelda, a viajante do rio


Marizelda, a viajante do rio - Gente de Opinião

Filha de pequenos agricultores e extrativistas num dos maiores rios do município de Rio Branco é o autêntico retrato da infância amazônica /MONTEZUMA CRUZ

  
 

MONTEZUMA CRUZ
Amazônias

SERINGAL SÃO FRANCISCO DO ESPALHA, Acre – A hélice na lama, os botijões de gás no barco à direita. Lá dentro, porcos, galinhas e castanhas. Eis o cenário com o qual se depara Marizelda em mais um dos seus embarques.

Quietinha, olhar contemplativo, a menina senta-se no chão da canoa, à frente de um galão de plástico cheio de farofa. Daqui a pouco ela viajará para uma das comunidades ao longo do Rio Espalha.

Faz parte da rotina o vaivém dos ribeirinhos às farinheiras dos vizinhos e aos pontos de embarque e desembarque de mercadorias para Rio Branco, capital acreana.

Aos seis anos, a garota habituou-se ao modo de viver da família, que cultiva milho, arroz e castanha nesse seringal distante de tudo – da saúde pública, da escola e dos recursos que só a cidade têm.

Lá atrás, pais e vizinhos conversam. Acertam detalhes de compras e vendas de seus produtos. Combinam tudo direitinho, porque a chuva pode fazer a viagem de um dia demorar pelo menos dois. 

Este é o retrato da vida nesses confins amazônicos ocidentais. Aqui nunca veio um prefeito, nem o governador. As famílias se orientam pelo rádio, cuja transmissão em ondas médias alcança todas as regiões. Ou com o professor e a professora, nomeados a cada ano. Vez ou outra, eles ouvem notícias trazidas por algum visitante. Reclamam pouco, vivem bem a sua realidade.

Vem aí mais um “inverno” no Acre. E a vida segue.

 

LEIA TAMBÉM

Isolamento de famílias no Acre é de fazer dó

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Montezuma Cruz

Rondônia entra com tudo no desenvolvimento do turismo

Rondônia entra com tudo no desenvolvimento do turismo

Com investimentos financeiros e tecnológicos, a Superintendência Estadual de Turismo de Rondônia (Setur) deu início esta semana ao Pacto do Desenvolvi

Lá se vai Odacir, mito rondoniense

Lá se vai Odacir, mito rondoniense

“Preciso falar com você!” – era uma de suas frases costumeiras

Caso de interdição

Caso de interdição

Enquanto dirigia seus absurdos para o mercado interno, Bolsonaro ia levando. Ao disparar contra alvos espalhados pelo mundo, exibe sua estatura lilip

E Bolsonaro perde o bonde chinês

E Bolsonaro perde o bonde chinês

Teve que desistir da reunião para não perder a hora de decolar